Matilde Matos - 90 Anos de Vida em exposição itinerante

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

A exposição “90 Olhares para Matilde - 90 Anos de Vida” será inaugurada no dia 12 de dezembro (terça-feira), às 17h, na Galeria Fast Frame, Ladeira da Barra, agora como uma exposição itinerante.
A exposição tem curadoria e produção de Claudine Toulier (filha de Matilde) e Leonel Mattos e foi iniciada, em setembro, no Studio de Leonel Mattos, obras de 90 artistas em pinturas, esculturas e objetos com diversas técnicas, que foram doadas por esses artistas numa forma de homenagear a crítica de arte Matilde Matos, que tanto fez pela carreira de artistas famosos e iniciantes.
A renda da primeira exposição foi revertida para a saúde de Matilde, que fez 90 anos, em maio, e o mesmo será feito com a renda da nova exposição, que conta com obras de  Carybé, Bel Borba, César Romero, Justino Marinho, Terciliano Jr, Fernando Oberlaender, Juraci Dórea, Graça Ramos, Pedro Arcanjo, J. Cunha, José Henrique Barreto, Luiz Cláudio Campos, Darlene Bezerra, Viga Gordilho, Giovana Dantas, Juarez Paraíso, Chico Mazzoni, Leonel Mattos,  Edison da Luz entre outros grandes nomes da arte baiana e brasileira.
Alguns artistas que tiveram seus trabalhos vendidos em setembro doaram novas obras para essa exposição, que irá até 20 de janeiro, das 9h às 18h, de segunda à sexta-feira, e, das 9h às 13h, aos sábados, para visitação pública.
Matilde Augusta de Matos nasceu em 1927, em Caicó, no Rio Grande do Norte, e fixou residência, em 1933, na Bahia, de início, em Serrinha e Feira de Santana e, a partir de 1943, passou a residir em Salvador. Em 1959, passou a assinar crônicas no Jornal da Bahia, coluna que manteve até 1962, quando foi morar no Rio. Em 1968, voltou para a Bahia e para o Jornal da Bahia, onde tinha uma coluna que saía aos domingos e abordava assuntos artísticos e culturais. Fazia entrevistas, reportagens, comentava os trabalhos dos artistas e divulgava a arte que se fazia à época. Fez inúmeras críticas e centenas de apresentações para catálogos de diversos artistas, publicou a obra Fernando Oberlaender – Pintura e Tradução Poética, em 2001, o livro de crônicas A Cidade e as Gentes em 2004, 50 Anos de Arte na Bahia, em 2010, e Água Reflexo da Arte na Bahia, em 2012. Em 2014, fez a doação da “Coleção Matilde Matos” com 80 obras para o Estado da Bahia, que estão abrigadas no Palacete das Artes.
Segundo o artista e crítico César Romero: "Matilde sempre esteve longe dos preconceitos, seja na arte, seja na vida. Sua ampla liberdade em ser, pensar e atuar eram exemplos para os artistas. Sempre falava que seu maior critério era a qualidade de um criador".

SERVIÇO: Exposição “90 Olhares para Matilde –Exposição Itinerante”, com trabalhos de 90 artistas plásticos
Local: Galeria Fast Frame Moldura na Hora – Ladeira da Barra, 3416
Período: segunda à sexta-feira, das 9h às 18h, e sábados, das 9h às 13h. Entrada franca

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©