Negócios Inovadores - O quê que a Bahia tem?

sábado, 16 de setembro de 2017


O quê que a Bahia tem?

*Por Eduardo Fiuza Lobo.

 

É um clichê dizer que a Bahia é a terra da felicidade e do carnaval, somos e seremos eternamente assim, esse "slogan" amplamente explorado pela publicidade para atrair turistas. Temos as costas: do Dendê, das Baleias, do Descobrimento, do Cacau, dos Coqueiros isso só falando sobre o litoral. Muito além das belezas naturais, do mercado bilionário do turismo, dos polos industriais e de sua cadeia de serviços em constante evolução, temos em nosso Estado um potencial criativo sem igual para a inovação, se levarmos em consideração a carência de investimento na educação empreendedora, nos damos conta de como é importante valorizar e investir em inovação na Bahia.

 

Nos últimos 04 anos houve um crescimento acelerado do Ecossistema de empreendedorismo e negócios inovadores, como as famosas Startups, tanto em quantidade como em tamanho e qualidade, esse crescimento começou a movimentar e chamar a atenção de todos os grandes agentes do mercado. O SEBRAE, SENAI/CIMATEC, Governo do Estado e Prefeitura de Salvador, iniciaram diversos trabalhos para apoiar essas Startups baianas nascentes com um olhar mais cuidadoso e preocupado, com isso diversas iniciativas começaram a desabrochar, inclusive trazendo representantes de investidores da Anjos do Brasil para a Bahia, competições e eventos mundiais como o Challenge Cup, Get in the Ring, Baanko Challenge organizados pela REDE+, entre diversas outras iniciativas importantes que fomentam o ecossistema. Recentemente foi criada a Associação Baiana de Startups que tem o intuito de aproximar esses agentes para convergirem em uma agenda integrada anual, voltada para as Startups e empreendedores de inovação, facilitando a aproximação e aprendizado com ecossistemas mais desenvolvidos como os de Florianópolis, São Paulo, Minas Gerais e Recife, além de promover eventos, conteúdos e capacitações durante todo o ano para ajudar a acelerar o crescimento de Startups baianas e incentivar o surgimento de novas, sendo ainda uma instituição representativa dos interesses dos negócios deste seguimento.

 

A Bahia tem Startups de alto impacto, com negócios inovadores tracionando e escalando, outros em estagio inicial de ideação, sendo muito importante a união e trabalho conjunto de todos para que elas tenham melhores oportunidades e possibilidades do que seus antecessores. Iniciativas como o novo curso de MBA em empreendedorismo e inovação tecnológica do CIMATEC, são extremamente importantes e reforçam ainda mais a presença e participação de grandes instituições no apoio aos empreendedores.

 

A educação é um dos caminhos mais importantes para a transformação social profunda e consistente que precisamos, com educação e capacitação teremos pessoas melhores, pessoas melhores fazem negócios melhores, esses negócios geram impacto social positivo, beneficiam a sociedade e isso é um ciclo positivo que quando começa não para mais, todos ganham: as pessoas, as Startups, as empresas, a sociedade e o governo.  

 

Muito mais do que buscar atrair os turistas, a Bahia tem que atrair a atenção e olhares de investidores, grandes empresas e pessoas com talento que possam contribuir para escalar esse ambiente de negócios inovadores que tem crescido muito nos últimos anos. O quê que a Bahia tem? Pelo menos 80 Startups que lançaram seu produto no mercado sem nenhum ou pouco apoio e investimento e que estão ajudando a revolucionar o mercado e contribuindo para mudar a vida das pessoas para melhor, isso é o que a Bahia tem até agora. O que ainda podemos construir juntos para um futuro melhor?

 

Caso ainda tenha alguma dúvida, deixe um comentário ou me mande um e-mail, contato@abastartups.com.br

*Eduardo Fiuza Lobo é sócio fundador e CEO da QRPOINT,  fundador e atual Presidente da ABASTARTUPS (Associação Baiana de Startups).




--

 


0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©