Congresso de Dermatologia do Brasil, volta a Salvador após 17 anos

domingo, 3 de setembro de 2017





Dermato Bahia 2017, maior Congresso de Dermatologia do Brasil, volta a Salvador após 17 anos

Especialistas discutem novidades e o futuro da dermatologia
  

           Após 17 anos, a Bahia volta a ser sede do maior Congresso de Dermatologia do País. De 7 a 10 de setembro, Costa do Sauípe receberá o 72º Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Dermato Bahia 2017. O evento, que irá reunir dermatologistas do Brasil e do mundo, discutirá a clínica médica, com enfoque nas doenças negligenciadas como a leishmaniose, a hanseníase, os cânceres cutâneos e várias outras que se beneficiam do desenvolvimento de novas drogas ou intervenções. A cirurgia dermatológica e a cosmiatria também fazem parte da programação.

            A programação científica contará com a participação dos maiores nomes da dermatologia brasileira e internacional.  Dr. Paulo Machado, Presidente do Congresso, afirma que "os médicos dermatologistas inscritos participarão de um congresso bastante especial, com forte programa científico e com tudo de melhor que a Bahia tem a oferecer". Segunde ele, estão programados: 23 cursos teóricos, 36 cursos práticos em vídeo, três PPVs, 76 simpósios, 33 encontros com o mestre, 21 sessões de departamentos, além de onze sessões especiais, um mini Teraderm e um DermaQuiz, toalizando, 216 sessões com mecânicas diversas, conclui.

Além dos palestrantes nacionais, o congresso contará com a participação de 11 convidados internacionais: John E. Harris (EUA), Jean-François Nicolas (França), John Hawk (Reino Unido), Merete Haedersdal (Dinamarca), Bruce Harris Thiers (EUA), Martin Sangueza  (Bolívia), Francisco Bravo Puccio (Peru), Roger Pradinaud (França/Guiana Francesa), Julie Powell (Canadá), Diane Baker (EUA), Dr. Giovanni Pellacani (Itália).

Eles compartilharão conhecimento e experiências sobre doenças dermatológicas. Em destaque estarão o vitiligo, a dermatite atópica, eczemas e imunoterapia, psoríase, e outras doenças responsivas à fototerapia ou relacionadas à exposição solar, laser, laser fraccional associado com "drug delivery", terapia fotodinâmica e tratamento de câncer cutâneo, terapêutica dermatológica, melanoma, nevus, prurigo e diversas áreas da dermatopatologia, dermatologia infecciosa, especialmente HTLV-1, doenças parasitárias migratórias, dermatoses relacionadas ao EBV, entre outras, diagnóstico e tratamento das micobacterioses não tuberculosas, diagnóstico e tratamento da leishmaniose, investigação da doença de Jorge Lobo e importantes estudos relacionados às manifestações cutâneas da Aids entre outros temas.

O Congresso, além do cunho científico, tem compromisso com a comunidade que o acolhe. Por isso, durante quatro meses que antecederam a realização do Congresso, foram estabelecidas parcerias na área de responsabilidade social e ambiental, garantindo legado de educação e saúde para a população local. Desta etapa participaram: Federação dos Pescadores e Aquicultores do Estado da Bahia (FEPESBA), Associação das Pessoas com Albinismo na Bahia (APALBA), Associação de Moradores da Costa do Sauípe, Projeto Tamar, Escola Estadual Alaor Coutinho, Escola Municipal São Francisco e Creche Escola Finn Larsen. 


Assessoria de Imprensa

Assessoria de Comunicação Dermato Bahia 2017
Maria Del Carmen González 
71 98867-0967




--

 


0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©