Domingo no TCA apresenta “Lub Dub” do BTCA

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Sessão será no dia 16 de julho, às 11h, na Sala Principal do TCA, com ingressos a R$ 1,00

Percussivo como as batidas do coração: assim é o espetáculo “Lub Dub”, do Balé Teatro Castro Alves (BTCA), que se apresenta no projeto Domingo no TCA, no próximo dia 16 de julho, às 11h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA). O público terá mais uma oportunidade de assistir à mais nova montagem, estreada em abril passado, deste que é um corpo artístico do Estado da Bahia há 36 anos. Com criação do dançarino, coreógrafo e compositor sul-coreano Jae Duk Kim, a coreografia é uma intensa alternância de movimentos de tração e estremecimento, dinamismo e relaxamento, ritual e contemporâneo. Os ingressos custam R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia) e são vendidos apenas no próprio dia do espetáculo, a partir das 9h, com acesso imediato ao teatro.

Dez dançarinos em cena têm a percussão como motivação sonora e física. A estrutura coreográfica se desenvolve pelas características peculiares do coreógrafo: ele oscila do silêncio absoluto à vertigem, em questão de instantes, sempre em estreita relação com a trilha sonora. O próprio Jae Duk Kim assina a trilha, que tem como base instrumentos percussivos das culturas oriental e ocidental, efeitos incidentais, canto e sons ao vivo.

O curioso nome do espetáculo é uma referência ao som das batidas do coração. Para a medicina, os dois primeiros (ou principais) sons cardíacos são denominados ‘lub’ e ‘dub’, que representam a bolha produzida pela abertura e fechamento das válvulas que permitem a passagem do sangue. Assim, o título é uma metáfora dos sons e batidas da vida, da própria humanidade e sua energia vital, que motiva e sustenta o movimento do corpo: o corpo que pulsa, medita, protesta e luta.

O Domingo no TCA é uma iniciativa do Teatro Castro Alves, equipamento da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), que se compromete em ampliar e diversificar o seu público frequentador, oferecendo-lhe acesso a espetáculos qualificados, das mais diversas linguagens artísticas. Ao longo de 10 anos e mais de 100 edições, o projeto engloba apresentações de música, teatro, dança, circo, cinema, de variados estilos e proposições estéticas, da Bahia, do Brasil e do mundo.

Jae Duk Kim – Artista experimentalista, Jae Duk Kim, 37 anos, é diretor da Modern Table Dance Company, com sede em Seul, que tem participado de diversos festivais e eventos em países como o Japão, Indonésia, Nova Zelândia, Singapura, Suíça, Alemanha, Brasil, Argentina e Colômbia. Crescido num ambiente artístico, Duk Kim foi dispensado do serviço militar em seu país depois de ganhar um concurso de dança. Seu trabalho coreográfico é desenvolvido a partir de uma prioridade: “Quero dar à cultura do meu país o mundo”, diz ele. “Criei coreografias porque não gostava de nada do que era feito para juntar a tradição ao contemporâneo”, completa o coreógrafo.

O convite para a parceria foi resultado do encontro de Antrifo Sanches, diretor artístico do BTCA, com Marcelo Zamora, presidente da La Red de Promotores Culturales de Latinoamérica y el Caribe e coordenador geral do Fórum Internacional de Dança do Estado de São Paulo (FIDESP), durante uma Rodada de Negócios do VIVADANÇA Festival Internacional. Foi na 11ª edição deste evento, que tem apoio financeiro do Governo da Bahia, que “Lub Dub” fez sua estreia.

SERVIÇO: Domingo no TCA apresenta: “Lub Dub”, do Balé Teatro Castro Alves (BTCA)
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves Quando: 16 de julho (domingo), 11h
Quanto*: R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia) * Vendas somente no dia, a partir de 9h, com acesso imediato do público.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©