Marinha celebra os 152 anos da Batalha Naval do Riachuelo

quinta-feira, 1 de junho de 2017

O Comando do 2º Distrito Naval promoverá, entre os dias 1º e 11 de junho, uma série de eventos em comemoração ao 152º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha do Brasil.
Abrindo a programação, a Banda de Música do Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador apresenta temas consagrados do cinema e da música popular, além de canções militares, em concerto instrumental destinado à Família Naval e convidados, às 20h do dia 1º de junho, no Teatro SESC Pelourinho.
No domingo (4), nadadores civis e militares disputam o troféu Batalha Naval do Riachuelo pela 3ª etapa do Campeonato Baiano de Maratonas Aquáticas, realizada na praia de Inema, na Base Naval de Aratu.
Nos dias 7 e 8 de junho, militares voluntários doam sangue para reforçar os estoques da Fundação Hemoba. Também no dia 7 de junho, por iniciativa do Vereador Téo Senna, a Câmara Municipal de Salvador realizará uma sessão especial alusiva à data, que contará com a presença do Comandante do 2º Distrito Naval, Vice-Almirante Almir Garnier Santos, além de outras autoridades civis e militares.
Às 10h da sexta-feira (9) o Comandante do 2º Distrito Naval e o Presidente da Associação Comercial da Bahia realizam uma aposição floral no Monumento em homenagem aos heróis da Batalha Naval do Riachuelo, na Praça Riachuelo, no bairro do Comércio.
No sábado (10), a tradicional cerimônia militar do aniversário da Batalha Naval do Riachuelo será realizada, pela primeira vez, no Museu Náutico da Bahia (Farol da Barra). A cerimônia contará com a leitura da mensagem presidencial alusiva à data e imposição de condecorações da “Ordem do Mérito Naval” a personalidades e autoridades civis e militares, além de salva de tiros disparados por navio da Marinha.
Também no sábado (10), a partir das 9h, navios subordinados ao Comando do 2º Distrito Naval acompanham a Fragata “Independência” e o Navio Doca Multipropósito “Bahia”, maior navio da Marinha do Brasil, em um desfile naval na Baía de Todos os Santos e no trecho da orla marítima entre o Morro do Cristo e o Farol da Barra. No mesmo dia, das 9h às 17h30, no largo do Farol da Barra, uma exposição, realizada em conjunto com o projeto Ruas de Lazer, da Prefeitura de Salvador, reunirá equipamentos, armamentos, réplicas, vídeos, material de sinalização náutica, informações sobre segurança aquaviária e como ingressar na Marinha e até mesmo um simulador de navegação.
No domingo, dia 11 de junho, a 35ª edição da tradicional Corrida Rústica Riachuelo acontece nos percursos de 5 e 10 km, com largada e chegada em frente ao Farol na Barra. A cerimônia de premiação, que acontece logo após a corrida, será abrilhantada pela Banda de Música do 2º Distrito Naval e acontece também em conjunto com o projeto Ruas de Lazer. Nesse mesmo dia, o Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia” e a Fragata “Independência” estarão abertos à visitação pública, das 11h às 17h, no porto de Salvador.
A 39ª edição da Regata Marcílio Dias, que leva o nome de um dos heróis que tombaram na Batalha Naval do Riachuelo, fecha a programação com competições em cinco categorias náuticas, com largadas na praia do Porto da Barra, Comércio e Inema.

A importância histórica da Batalha Naval do Riachuelo
Considerada pelos historiadores como um momento decisivo na Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), a Batalha Naval ocorreu na manhã do dia 11 de junho de 1865, na foz do Riachuelo, afluente do trecho argentino do Rio Paraná.
Naquele episódio, a Esquadra Brasileira, liderada pelo Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva, travou uma intensa luta contra as forças oponentes. A resistência brasileira foi heroica: no combate, diversos brasileiros lutaram até a morte, dentre eles o Guarda-Marinha Greenhalgh e o Imperial-Marinheiro Marcílio Dias.
Até aquela data, as forças da Tríplice Aliança não detinham a iniciativa na guerra. Com a vitória naquela Batalha, o Brasil assumiu o protagonismo no conflito, bloqueando a navegação adversária e possibilitando aos aliados o acesso aos rios que formavam as principais artérias do teatro de operações de guerra.
Riachuelo representou a primeira grande vitória da Tríplice Aliança no maior conflito armado já ocorrido na América do Sul, sendo até hoje bastante lembrada e justamente comemorada.
__________________________________________________________________________
Serviço:

  • 1º de junho: Concerto da Banda de Música do Comando do 2º Distrito Naval.
Entrada mediante convite, às 20h no Teatro SESC Pelourinho.
  • 4 de junho: Rústica Natatória Troféu Batalha Naval do Riachuelo
Entrada mediante inscrição na Federação Baiana de Desportos Aquáticos, a partir das 8h, na Base Naval de Aratu.
  • 7 e 8 de junho: Campanha de doação de sangue
  • 7 de junho: Sessão especial na Câmara Municipal de Salvador
Entrada mediante convite, na Câmara Municipal de Salvador, a partir das 19h.
·         9 de junho: Aposição floral no Monumento Riachuelo
Aberta ao público, na Praça Riachuelo (Comércio), às 10h.
·         10 de junho: Cerimônia militar
Entrada mediante convite, a partir das 10h, no Museu Náutico da Bahia (Farol da Barra).
·         10 de junho: Parada naval
Aberta ao público, na orla de Salvador (Barra ao Comércio), a partir das 9h.
·         10 de junho: Exposição temática
Aberta ao público, no largo do Farol da Barra, das 9h às 17h30.
·         11 de junho: 35ª Corrida Rústica Riachuelo
Aberta ao público, no Largo do Farol da Barra, a partir das 7h.
·         11 de junho: Visitação pública ao NDM “Bahia” e Fragata “Independência”
Aberto ao público, no porto de Salvador, das 11h às 17h.
·         17 de junho: 39ª Regata Marcílio Dias

Aberto ao público, nas praias do Comando do Com2ºDN, Inema e Porto da Barra, a partir das 8h.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©