Salvador sedia workshop para discutir agilidade e eficácia em situações de risco

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Uma cidade resiliente consegue resistir e se recuperar das consequências de um desastre natural, a exemplo das chuvas. O detalhe é que tudo isso é feito de maneira eficaz e organizada, com o objetivo maior de prevenir vidas e salvar os bens materiais da população em situações de risco. Na capital baiana, o workshop Salvador Cidade Resiliente discutirá o assunto no dia 20 de abril, na Casa do Comércio. Em um dia inteiro de programação, das 8h30 às 17h, políticos, pesquisadores, engenheiros e demais autoridades irão debater estratégias eficazes para momentos de emergência.


O Sistema Georreferenciado de Riscos (SIGR) da Codesal, desenvolvido pelo Centro de Projetos Fraunhofer-UFBA, é um exemplo de tecnologia que está dando certo em Salvador e também será mencionado no encontro. “O SIGR é um sistema mobile, usado através de um tablet, que permite aos engenheiros da Codesal agilidade no envio de informações técnicas em relação às vistorias de imóveis e encostas”, explicam os pesquisadores do Fraunhofer-UFBA, Leila Magalhães e Tássio Vale, que também estarão no evento. Além da iniciativa do workshop, Salvador está integrando a Rede Mundial de 100 Cidades Resilientes, por meio de uma parceria com a Fundação Rockerfeller, dos Estados Unidos, que tem dentre os objetivos estimular a pesquisa no exterior.
                                                   
Para participar do workshop os interessados precisam fazer a inscrição no gabinete da Defesa Civil.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©