Projeto de assessoria às filarmônicas baianas é lançado na Bahia

segunda-feira, 27 de março de 2017

A partir deste mês de março, as mais de 180 bandas filarmônicas existentes na Bahia poderão contar com um importante canal de informação que irá auxiliá-las na manutenção de suas atividades no mercado da música. Trata-se do lançamento do projeto SAC – Serviço de Atendimento à Cultura, uma iniciativa de caráter estruturante que irá disponibilizar, através do blog homônimo – no endereço http://sac.filarmonicasdabahia.com.br/ –, ferramentas e conteúdos para estimular o empreendedorismo, a promoção de carreiras, a comunicação estratégica e a captação de recursos entre os integrantes das filarmônicas baianas.

Uma intensa produção de conteúdos, a ser desenvolvida durante 12 meses, incluirá apostilas, tutoriais e videoaulas, além de assessorias personalizadas de acordo com a demanda de cada agremiação. Para ter acesso aos serviços de consultoria, as filarmônicas deverão se inscrever preenchendo um formulário disponibilizado no próprio blog, que terá como objetivo facilitar o diagnóstico das necessidades de cada grupo.  
Contemplado através do Edital Setorial de Música 2016, o Projeto SAC, administrado pelo coletivo Casa de Taipa, conta com o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural e Secretaria de Cultura. Em parceria com a Federação das Bandas Filarmônicas da Bahia (Febaf), o serviço pretende alcançar todas as filarmônicas associadas à entidade, além das sociedades avulsas espalhadas por todo o estado.

Atividades integradas e ações estratégicas - Ao todo, seis temáticas centrais serão enfocadas no blog: desde a modelagem de projetos culturais até a construção de planos de carreira e de negócios, passando ainda por formalização profissional, empreendedorismo, captação de recursos, comunicação estratégica e marketing cultural. O SAC tem como meta ajudar na sustentabilidade de grupos que cumprem papel primordial na formação artística e cultural de um grande contingente populacional, principalmente aquele que reside fora das grandes metrópoles.

Na Bahia, é expressiva a quantidade de filarmônicas que, apesar das inúmeras dificuldades, conseguem manter suas atividades, muitas vezes de forma precária, integrando diferentes manifestações populares, como cortejos religiosos e desfiles cívicos. Não raro, essas agremiações são responsáveis pela educação musical e cidadã de crianças, jovens e adultos que, de outra forma, não estariam inseridos em nenhuma atividade voltada para o desenvolvimento humano e profissional.   O projeto prevê, portanto, 1.500 horas de prestação de serviço de consultores especializados, com foco na ampliação do conhecimento em áreas específicas que podem transformar a realidade profissional desses músicos, abrindo, por sua vez, oportunidades de negócios em prol da salvaguarda de 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©