Fim de semana no Palacete das Artes

quinta-feira, 23 de março de 2017

O Palacete das Artes informa ao público que o horário de funcionamento no sábado, domingo e feriado será das 14h às 18h, permanecendo sem alteração de terça a sexta (das 13h às 19h). Na agenda do fim de semana (24 a 26 de março) tem cinema, exposição e aula de yoga. Confira, visite e participe. 

CINEMA - Nesta sexta (24 de março), às 17h, o cinema no museu exibe o filme “Cinzas e Diamantes”, do diretor Andrzej Wajda. O filme polonês conta que no último dia da Segunda Guerra Mundial, um jovem rebelde ligado à frente nacionalista, recebe a missão de assassinar Szczuka, um líder comunista. Perturbado pela transformação repentina de aliados em inimigos, ele decide aproveitar a vida por uma noite, quando se apaixona por uma garçonete e pensa em desistir da luta. 
YOGA – Domingo (26), das 8h30 às 9h30 é dia de deixar o corpo perceber o movimento, silenciar e vivenciar as possibilidades da sua postura. Na aula de yoga, gratuita, coordenada pela professora Carla Dantas, basta trazer algo para forrar o chão, e boas energias. Depois, é só olhar o mundo com mais tranquilidade. 

EXPOSIÇÕES – Na Galeria Mansarda a mostra Panteon, do artista plástico Francisco Santos, apresenta 20 obras em acrílico sobre tela, com coleção dos orixás, em cores e movimentos. O objetivo é divulgar a cultura afro, retratando a saga dos deuses do Panteon. 
Até o dia 26 (domingo), Mulheres e Artivismos, da artista visual Nadia Benavides, está instalada no segundo pavimento do museu. Contempla 35 obras, incluindo acrílicos sobre tela e pinturas digitalizadas, além de um acervo ilustrativo, fotográfico e documental. A exposição é concebida como registro visual, e comemora a diversidade das mulheres, inspirada na memória das civilizações pré-colombianas. 

Na Sala Contemporânea está à disposição do público até o dia 16 de abril, a exposição Tropicália – Régua e Compasso. A mostra apresenta peças de artistas da música, dança e das artes visuais em evidência nos anos 60, como Lina Bo Bardi, Walter Smetak, Yanka Rudzka, Carybé, Juarez Paraíso, Lênio Braga, Jenner Augusto, Pierre Verger e fotos dos acervos de Lia e Silvio Robatto, recentemente doados ao Centro de Memória da Bahia. O projeto foi idealizado por Fernanda Tourinho, diretora da Funceb e a exposição tem curadoria de Murilo Ribeiro, diretor do Palacete. Em paralelo, são realizados projetos como “Sopa de Maria”, “Essa noite se improvisa” e “Uma ideia na Cabeça”, todos para evidenciar e comemorar os 50 anos da Tropicália.  

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©