Folia do Centro Histórico começa com a “Lavagem Cultural”

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

A folia no Centro Histórico de Salvador começa com a Lavagem Cultural, promovida por servidores da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e que chega à sua 27ª edição no dia 22.02, quarta-feira, a partir das 15h. O cantor Felipe Pezzoni (banda Eva) e a cantora Solange Almeida, em carreira solo, participam do desfile que parte do Palácio Rio Branco, sede da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e segue para o Largo de Tereza Batista, no Pelourinho. No final do percurso eles serão coroados rei e rainha da Lavagem. O ator Luís Miranda receberá uma homenagem especial nesta edição. 

A Lavagem Cultural proporciona um momento de integração e confraternização, tanto para os funcionários da Funceb e da SecultBA – que lidam o ano inteiro com eventos culturais da Bahia –, quanto para baianos e turistas que queiram curtir e dançar ao som do axé e demais ritmos carnavalescos. Quem quiser aderir pode obter informações com Jorjão Oliveira, funcionário da Fundação, que junto a outros antigos servidores organizam o evento. 

Soberanos – Anualmente artistas de destaque prestigiam a Lavagem, sendo coroados rei e rainha. A cantora Solange Ameida, que inicia carreira solo após o final deste mês de fevereiro, já está se dedicando aos trabalhos em torno do registro musical da nova fase da carreira. Para a gravação do DVD conta com o nome das divas baianas Ivete Sangalo e Claudia Leitte. O cantor Felipe Pezzoni é, desde fevereiro de 2013, o vocalista da banda Eva, que forma junto com o tecladista/arranjador/produtor musical Marcelinho Oliveira. Entre os sucessos com sua voz estão Brindar e Sem você. 

O ator Luís Miranda, baiano de Santo Antonio de Jesus, recebe homenagem especial nesta edição da Lavagem. O comediante muito é conhecido do público baiano por sua atuação, em várias temporadas, no espetáculo 7 Contos. Depois de papeis em teatro e no cinema, em 2014 fez sua estreia em telenovelas, atuando como a protetora e elegante transexual Dorothy Benson em Geração Brasil.  

Acesso à festa - Todos são convidados a integrar o folguedo nas ruas. Já o acesso à festa no Largo de Tereza Batista, no Pelourinho, espaço administrada pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), é permitido somente aos portadores da camisa padronizada do evento.
Na caminhada, os seguidores são conduzidos por baianas estilizadas e bonecões, que dão o tom ritualístico da Lavagem e colorem o cortejo. Os foliões são também animados pelas bandas de sopro e percussão do Maestro Reginaldo de Xangô, Bandão Aurora e Afoxé Filhas de Gandhy.

Origem – A primeira Lavagem Cultural da Funceb aconteceu em 1989, quando a instituição, hoje localizada no Centro Histórico, ainda funcionava na Biblioteca Pública do Estado da Bahia, no bairro dos Barris. De lá para cá, a Lavagem prosseguiu apoiada pela comunidade, funcionários, familiares, convidados e celebridades como Ivete Sangalo, Regina Dourado, Daniela Mercury, Gilmelândia, Carlinhos Brown, Armandinho, Elba Ramalho, Preta Gil, Licia Fabio, Tatau, Levi Lima, Denny, Alinne Rosa, Ana Mametto, dentre muitos outros.
O evento faz parte do calendário oficial carnavalesco do Governo do Estado e reúne carros alegóricos, afoxés, funcionários, turistas e a população em geral.
Largo de Tereza Batista, no Pelourinho, administrada pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI)

Serviço: 27ª Lavagem Cultural Quando: 22.02, quarta-feira, a partir das 15 horas 
Onde: Do Palácio Rio Branco, na Rua Chile, ao Largo de Tereza Batista, no Pelourinho 
Informações com a comissão de organização: Jorjão Oliveira – 71 3324-8524 | jorjao.oliva@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©