Heitor Pedra Azul lança livro no Museu de Arte da Bahia

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Heitor Pedra Azul lança no próximo dia 20.01, às 19h, no Museu de Arte da Bahia, seu livro "O Direito à Vida". O maestro Fred Dantas faz as honras da casa e toca durante o lançamento, junto com o autor.

O livro "O Direito à Vida" é uma revista/viagem sobre o trabalho "Brésil Sertão et Mer", iniciado em 2000 na França, pelo autor, compositor e intérprete, nascido no Sertão de Minas Gerais,  Heitor Pedra Azul. Escrito em português e francês e ilustrado pelo pintor/artista-plástico francês Yvan Jourdain, é composto por  poemas e letras de músicas.  “Brésil Sertão et Mer” ganhou o mundo e fez nascer o Grupo, a Temporada Cultural e o Concerto e a Association Brésil Sertão et Mer. “Foi uma verdadeira revolução cultural franco/brasileira!”, resume ele, que já publicou 14 livros, e tem músicas gravadas por Dércio Marques, Saulo Laranjeira, Grupo Raízes, Cláudio Cartier, Cartier & Burnier e Orquestra Sinfônica de Sidney ( Austrália ), Charles Perrone,  Damien Hennicker e pelo próprio Heitor de Pedra Azul.

Heitor de Pedra Azul traz consigo a experiência do campo, do gado, da agricultura, da mineração, dos rios, das florestas e do litoral brasileiro. Experiência também das noites das grandes cidades e da solidão das caatingas e chapadas. Da mistura natural de cores, ritmos e sons é que vem a musicalidade que escolheu para se apresentar ao público europeu: um Brasil mestiço na raça e nas canções, onde a alma cabocla voa ao lado do espírito mulato, onde a natureza do índio brasileiro dá espaço aos batuques negros para compor o canto nativo do Brasil de hoje.

O concerto "Brasil Sertão e Mar" é uma evolução musical que passa pelos sambas, toadas, lundus, serenatas, cantos de trabalho, baião, xotes, emboladas e boleros latinos, numa verdadeira viagem pelo interior e pelas praias, entre o bucólico-lírico-romântico-épico, uma verdadeira epopeia do povo brasileiro. É um show do campo e da cidade. Um movimento constante e renovador. Heitor de Pedra Azul é um menestrel, um poeta dos improvisos, um infinito aberto, sem barreiras. Suas canções são canções de muitas canções, "porque nunca é cedo para amar e jamais é tarde para amar de novo". E assim é o "Brasil sertão e Mar": um concerto onde o lado social da justiça é muito claro e, evidentemente, um recado musical aberto às mentes e aos corações.

LANÇAMENTO DO LIVRO “O DIREITO À VIDA”no Museu de Arte da Bahia, na Vitória
Dia 20.01, às 19h, Show com o maestro Fred Dantas Entrada gratuita

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©