Escultura de Irmã Dulce é inaugurada no Largo de Roma

sábado, 7 de janeiro de 2017

Fiéis, devotos e demais admiradores da vida e obra do Anjo Bom da Bahia ganharam um presente nesta sexta-feira (dia 6) com a instalação de uma escultura de Irmã Dulce no alto da sede de sua instituição, no Largo de Roma. Com 6 metros de altura, pesando quase uma tonelada em toda a sua estrutura, e instalada a 20 metros do solo, a imagem foi descerrada em cerimônia nesta sexta, às 18h, em frente ao Memorial Irmã Dulce – abrindo oficialmente o calendário de homenagens de 2017 em memória dos 25 anos de falecimento da freira baiana. Estavam presentes na cerimônia, os secretários de Turismo da Bahia, José Alves Peixoto Jr., e de Cultura e Turismo do município, Cláudio Tinoco, a superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Maria Rita Pontes, além de conselheiros, funcionários, pacientes, voluntários, religiosos e moradores das Obras.

Instalada em um dos pontos mais altos da Cidade Baixa, a escultura poderá ser vista de bairros como a Liberdade, Largo do Tanque, Vitória e Santo Antônio Além do Carmo e durante a travessia Ilha de Itaparica-Salvador. “Lá do alto, Irmã Dulce estará velando por suas Obras e irradiando força espiritual sobre todos nós, conduzindo-nos na direção certa, vendo além do horizonte. A partir de hoje Irmã Dulce é a nossa estrela, um pontinho de luz neste universo sem fim, iluminando a nossa cidade”, disse Maria Rita durante a inauguração.
 Segundo o capelão da OSID, frei Mário Erky, a instalação da escultura sobre a instituição fundada pela Mãe dos Pobres, e em pleno dia em que a Igreja Católica celebra a Festa de Reis, guarda um significado bastante especial: “A Festa de Reis está associada à estrela que guiou os Reis Magos e ter a imagem de Irmã Dulce sobre a sua Obra significa que ela está abençoando e velando os seus filhos. Em qualquer direção que olharmos, vamos sentir ainda mais forte a sua presença. É um presente para todos nós”.

Criada pelo artista plástico Zaca Oliveira, a peça foi produzida em 2012 para um presépio da Arquidiocese de Salvador montado no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Após a desmontagem do presépio, a imagem foi então doada às Obras Sociais Irmã Dulce. Em 2013, ela foi colocada em um antigo campo de futebol, localizado ao lado da sede da OSID, traduzindo na época o desejo da instituição para que o terreno abrigasse uma futura unidade para tratamento do câncer, tornando-se assim um símbolo da campanha – sonho esse que foi concretizado em 2015, com a inauguração da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) Nossa Senhora de Fátima. Admirador da vida e obra da freira, Zaca fala com entusiasmo da instalação da imagem no alto da casa do Anjo. “Era um sonho antigo ver esta escultura na casa onde ela acolheu e encheu de luz a vida de tantas pessoas”, declarou.
 Produzida em fibra e com materiais de modelagem, como carpete, madeira e arame, a peça recebeu um reforço em sua estrutura para suportar a ação do tempo, como peças de metal e um enchimento com fibra e espuma. A escultura trará também uma moderna iluminação cênica.

Turismo religioso – Para o assessor de Memória e Cultura das Obras Sociais, Osvaldo Gouveia, a escultura chega também como mais uma atração para a região da Península Itapagipana, já conhecida pela beleza e quantidade de monumentos históricos e religiosos. “A instalação da imagem de Irmã Dulce no alto de sua obra tem um significado muito grande e isto vai atrair ainda mais turistas para a Cidade Baixa”, destacou.

Irmã Dulce faleceu no dia 13 de março de 1992, aos 77 anos, no Convento Santo Antônio, situado no bairro de Roma. A religiosa fundou uma das mais importantes instituições sociais do país, entidade que abriga hoje um dos maiores complexos de saúde 100% SUS do Brasil, com cerca de 4,5 milhões de atendimentos ambulatoriais por ano a idosos, pessoas com deficiência e com deformidades craniofaciais, pacientes sociais, pessoas em situação de rua, usuários de substâncias psicoativas e crianças e adolescentes em situação de risco social. Irmã Dulce foi beatificada em 2011, recebendo na ocasião o título de Bem-Aventurada Dulce dos Pobres. Atualmente, a freira baiana está em processo de canonização. Para que seja declarada santa, é necessária a comprovação de mais um milagre atribuído à intercessão da beata.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©