Compadre de Ogum volta ao Espaço Cultural da Barroquinha

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

O público soteropolitano terá a chance de rever um dos espetáculos de maior sucesso do teatro baiano nos últimos dois anos. Adaptação da obra de Jorge Amado assinada por Edvard Passos, Compadre de Ogum terá curta temporada de verão no período de 27 de janeiro à 18 de fevereiro, sextas e sábados, às 19h, no Espaço Cultural da Barroquinha, com ingressos a R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia).
A obra, que já ganhou versão na televisão, em 1994, narra a história do biscateiro Massu das Sete Portas: um homem negro que, com a ajuda de amigos, organiza o batizado na igreja de seu filhinho “galego". Até aí seria pouca novidade se o padrinho da criança não fosse Ogum, que anuncia o batizado dentro da igreja católica. Convivência de credos, diversidade étnica em Salvador e o valor da amizade verdadeira são elementos que permeiam a divertida trama.

A encenação de Edvard, bem recebida pelo público e pela crítica especializada, foi um dos destaques do Prêmio Braskem de 2015 e, devido à peculiaridade de sua espacialização, foi debatida mundo afora em eventos internacionais de peso como a Quadrienal de Praga (PQ of Performance, Space and Design), a Conferencia Anual IFTR (Federação Internacional de Pesquisa em Teatro), em Hyderabad, na Índia e na conferencia Dramatic Architectures, na cidade de Porto, em Portugal.

O espetáculo tem elenco composto por artistas já consagrados do teatro baiano como Luis Pepeu (Trampolim do Forte, Consciência, 2 de Julho – A Ópera da independência, Los Catedrásticos,  Paixão de Cristo) e Zé Carlos Junior (Volpone, Os Iks, Vixe Maria: Deus e o Diabo na Bahia), por representantes da nova geração de talentos como, Danilo Cairo (Amnésis), Luisa Muricy (Outra Tempestade), Leandro Villa (Amor Barato), Amós Heber (Ó Paí Ó), Everton Machado (Barrela) e revelações do Curso Livre de Teatro 2013: Felipe Tanure e Thiago Almasy (Rebola, Troilus e Créssida).
A técnica conta com nomes de peso como Rodrigo Frota e Hamilton Lima – cenografia, Luciano Bahia na direção musical, Zuarte Júnior no figurino,  Fernanda Mascarenhas e Alisson de Sá no projeto de iluminação  e Nildinha Fonseca na coreografia.

Serviço: Espetáculo Compadre de Ogum Datas: 27 de janeiro à 18 de fevereiro, sextas e sábados, 19h
Valores: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia) Local: Espaço Cultural Barroquinha 
vendas: www.sympla.com.br ou no local a partir das 17h, apenas no dia das apresentações.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©