Projeto Gameleira insere PGE à agenda do Novembro Negro

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

A Procuradoria Geral do Estado realizará, ao longo do mês de novembro, quando se comemora o Dia da Consciência Negra, ações voltadas para a discussão de questões raciais e valorização da cultura negra.
 A PGE promoverá, no próximo dia 16, às 15h, no Auditório Paulo Spínola, na sede do órgão, no Centro Administrativo da Bahia, um painel de discussões para tratar do tema ‘Reflexões jurídicas sobre a legislação baiana de promoção da igualdade racial’.

O evento, que tem por objetivo promover reflexões acerca das políticas públicas para a promoção da igualdade, apresentando diversos olhares sobre a questão, contará com palestras da promotora de Justiça Lívia Maria Santana e Sant’ana Vaz, do professor e ex-secretário estadual de Promoção da Igualdade, Elias Sampaio e do advogado e também professor universitário Samuel Vida.
 Ainda na ocasião, o público assistirá a  apresentações artísticas do Coral PGE Encanto, do grupo ‘Vozes D’África’ e do cantor e compositor Tonho Matéria.

À convite do procurador geral do Estado, Paulo Moreno Carvalho, comporão a mesa de abertura do evento a secretária de Promoção da Igualdade Racial, Fábya Reis, a secretária de Política para as Mulheres, Olívia Santana, representações do legislativo estadual e municipal, além da procuradora-geral de Justiça, Ediene Santos Lousado e do defensor público-geral da Bahia, Clériston Cavalcante de Macêdo.

Ações - A programação do mês novembro negro na PGE inclui também uma oficina de turbantes, que acontecerá na manhã do dia 16, na área de convivência do órgão, apresentação de poesias e exposição de fotografias. Com a chamada ‘Somos muitos e estamos aqui’ durante todo mês serão postadas na mídia interna retratos de procuradores, servidores, terceirizados e estagiários que se autodeclararam pretos e pardos.
 A apresentação de poesias e a exposição de fotografias ocorrerão ao longo do mês de novembro nas dependências da PGE.

O projeto gameleira foi pensado coletivamente por procuradores e servidores da PGE, com a colaboração de empregados terceirizados e estagiários. A proposta é promover reflexões jurídicas, no mês comemorativo da Consciência Negra – novembro/2016, com a participação de todo o quadro da Procuradoria Geral do Estado a partir de ações concentradas durante todo o mês e a realização de um painel com palestrantes convidados para oferecerem contribuições jurídicas sobre ações afirmativas previstas na legislação baiana, em especial a Lei Estadual 13.182/2014.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©