Neojibá homenageia 70 anos da UFBA em concerto no TCA

sábado, 12 de novembro de 2016

O Programa Neojibá (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) homenageará os 70 anos da UFBA na próxima quarta-feira, dia 16 de novembro, às 20h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves. Será o sétimo concerto neste ano do Ciclo Beethoven do Neojibá, que trará em seu repertório três composições de músicos e professores baianos ligados à UFBA. Sob a regência de Eduardo Torres, diretor musical da orquestra e ex-aluno e ex-professor substituto da Universidade, o grupo tocará a Sinfonia nº 7 de Beethoven e obras de compositores da Escola de Música da UFBA de três gerações: Ernst Widmer, Paulo Costa Lima e Jamberê.

Compositor suíço radicado no Brasil, Widmer foi um dos primeiros professores do curso de música da UFBA, entre as décadas de 1950 e 1980, e diretor dos históricos Seminários Livres de Música promovidos pela Universidade. Dele, será apresentada a “Sinfonia 2, do Médio São Francisco, op. 139”.  De Paulo Costa Lima, professor da Escola de Música da UFBA há quase 40 anos e atualmente assessor especial da Reitoria, a orquestra faz a estreia baiana de “Sete Flechas, um Batuque Concertante para Piano e Orquestra, op. 102”, tendo Aleyson Scopel como solista.

A obra de Paulo Lima, que recebeu o primeiro prêmio nacional na XXI Bienal de Música, foi apresentada pela primeira vez também pela Juvenil da Bahia em outubro de 2015, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. “O Sete Flechas homenageia o caboclo do 2 de Julho, e reúne a força da resistência cultural baiana. Ao final da obra, o solista percorre a orquestra tocando vários instrumentos e conclama a todos: ‘XêTruá’, os músicos respondem com esse grito de guerra... um final performático”, antecipa Lima.
O mais jovem compositor da noite é Jamberê, membro fundador do Neojibá e ex-aluno da Escola de Música da UFBA. Do colega, os músicos farão a estreia mundial de “Festa de Largo – Concertino para Orquestra”. Haverá ainda uma exposição temática no foyer do teatro, homenageando também o ex-reitor da UFBA Roberto Santos. Os ingressos custarão R$ 2,00 e já estão à venda.
Programa Neojibá
Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o Neojibá tem por objetivo promover o desenvolvimento e a integração social, prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletiva. O programa beneficia cerca de 4.600 crianças, adolescentes e jovens em todo o estado da Bahia. É uma ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e seu diretor fundador é o maestro e pianista Ricardo Castro.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©