Jô Soares será imortal da Academia Paulista de Letras

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

O apresentador, ator, comediante, diretor, produtor, dramaturgo e artista plástico Jô Soares toma posse dia 10 de novembro como mais novo membro da Academia Paulista de Letras (APL). Jô foi eleito em 04 de agosto último e vai ocupar a cadeira de número 33, que pertenceu ao escritor Francisco Marins. Ao ser escolhido, Jô disse que o convite lhe foi feito pelo jurista Ives Gandra e que ficou extremamente feliz com a escolha de seu nome: “Me senti lisonjeado e muito impressionado com o respeito da APL por mim”. O presidente da Academia Paulista de Letras, Gabriel Chalita, declarou que “a Academia ficará ainda mais bonita com a participação do Jô, que certamente tornará os debates da entidade ainda mais ricos”.
Francisco Marins nasceu em São Manuel em 23 de novembro de 1922 e morreu em abril deste ano na cidade de Botucatu. Ele ocupou por 50 anos a cadeira 33, que tem como patrono Teófilo Dias de Mesquita.
Com 58 anos de carreira, José Eugênio Soares, ou simplesmente Jô Soares, como é conhecido, nasceu no Rio de Janeiro em 16 de janeiro de m 1938. Escreveu os livros "O Xangô de Baker Street" e "O Homem que Matou Getúlio Vargas". Atualmente, comanda o "Programa do Jô", talk-show que apresenta há 16 anos na TV Globo. Jô estudou nos Estados Unidos dos 12 aos 18 anos de idade e começou sua carreira artística como ator no filme “O Homem do Sputinik”, de Carlos Manga, em 1958.
Sua posse está marcada para o dia 10 de novembro, às 19h, no Teatro da Academia Paulista de Letras, no Largo do Arouche 312. Ele será saudado pelo acadêmico Ives Gandra da Silva Martins.
(Fred Pontes)

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©