Escritor Baiano vai palestrar na ONU

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

O jornalista Valdeck Almeida de Jesus é um dos convidados de encontro que acontece na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, de 29 de novembro a 04 de dezembro, promovido pela Associação Internacional dos Poetas. 

Poeta e escritor, Valdeck Almeida fará uma palestra sobre 'A resiliência das minorias no Brasil',  leitura de poemas e lançamento do livro 'Poesias ao Vento: vinte poemas de amor e uma crônica desesperada', com texto em português e espanhol, tradução da venezuelana Gladys Medía e revisão do poeta colombiano Júlio Bustos. A coletânea foi ilustrada pelo grafiteiro baiano Zezé Olukemi e relata uma paixão iniciada através de cartas que evoluiu para redes sociais e telefone, mas jamais se concretizou. "Este livro foi baseado em minha memórias afetivas, e atravessa mais de trinta anos de inspiração e desejo e, na verdade, a personagem principal é a fusão de duas pessoas. Uma morava em Uberlândia-MG e trocamos correspondências. A outra, mora em Salvador-BA, é natural de Uberlândia também, mas eu nunca a encontrei pessoalmente", esclarece o poeta. Os textos refletem esse amor não concretizado, agora tornado público, mas a identidade das musas o poeta guarda em segredo.

Sobre a palestra, o jornalista adianta: ''Vou falar das minorias no Brasil, como se dá a resiliência, e farei uma abordagem sobre a violência simbólica e física que grupos minoritários sofrem aqui". Será a estreia de Valdeck Ameida de Jesus na ONU, onde ele vai "aproveitar a oportunidade para falar também da resistência da poesia negra e periférica, que resiste, tem muita força, luta por autoestima, cidadania, contra extermínio da juventude negra, legalização do aborto, respeito às religiões de matriz africana etc", aponta. Além da exposição artística, o jornalista será homenageado com uma medalha de honra ao mérito pela Associação de Poetas e pela ONU durante o evento. 

Mecenas, ativista cultural, poeta, jornalista, editor, Valdeck Almeida de Jesus é membro do Conselho Diretivo do Plano Municipal do Livro, da Leitura e da Biblioteca (PMLLB) de Salvador-BA, membro-fundador do Projeto Fala Escritor e da União Baiana de Escritores (UBESC), participa das Academias de Letras de Jequié-BA, Teófilo Otoni-MG e outras, e circula por muitos saraus de poesia em Salvador, a exemplo do Sarau da Onça, Sarau da JACA - Juventude Ativista de Cajazeiras, Sarau da Paz, Sarau do Gheto e Sarau Enegrescência. 

Programação - o encontro na ONU tem, ainda, participação da atriz carioca Rogéria Gomes, que vai palestrar sobre '9 Mulheres e o Teatro Brasileiro' e 'Pensando a Cultura no Século XXI', o pós-doutor cabo-verdiano Antonio Andrade Lopes Tavares, com o tema 'A Cultura da Paz da Multipolaridade', além de uma grande quantidade de artistas renomados como a violonista Ana El Achkar, Grupo Roda de Bamba – Maculelê e Roda de Samba, violonista Marcelo Loureiro, Marcelo Fernandes e Ana Gaborim (voz e violão), Ismael Machado, Airton Reis, Aurineide de Alencar, Dorothy de Brito Steill, Terezinha Manczak, Betty Barcellos, Zélia Balbina Puri, Werner Daspet, Marisa Cajado, dentre outros.

A Associação Internacional de Poetas é uma entidade sul-mato-grossense criada em junho de 2010 por Delasnieve Daspet e que tem por objetivo principal aflorar a paz interior nas pessoas, através do culto, incremento à divulgação da cultura de todos os povos, sem quaisquer vinculações sectárias, filosóficas, políticas ou religiosas, de fins não econômicos.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©