CIEB faz 50 anos e homenageia empresas

segunda-feira, 28 de novembro de 2016


O Centro das Indústrias do Estado da Bahia (CIEB) completou 50 anos de criação, e aproveitou a ocasião para homenagear cinco empresas a ele associadas desde sua fundação: Construtora Norberto Odebrecht, Água Mineral Dias
D’Ávila, Cerâmica Bloco Forte, Biscoitos Tupy e Eternit S/A. A solenidade contou com a presença de empresários, dirigentes da FIEB e do CIEB, representantes do governo do estado e de universidades parceiras, e aconteceu no último dia 25 de novembro, no edifício sede da FIEB.


Criado em plena época da ditadura militar e, desde então o CIEB vem desempenhando um papel complementar ao da Federação das Indústrias do Estado da Bahia, estimulando o processo de interiorização industrial. Atualmente, conta com 1.300 indústrias associadas. “O CIEB procura vivenciar o dia a dia da empresa, ouvindo-a e apresentando soluções para seus problemas. Nós as apoiamos a partir da compreensão de seus problemas”, destacou o presidente do CIEB, empresário Reginaldo Rossi.
“Desde meados de 2015 até o momento realizamos 92 cursos vários em municípios do interior baiano, capacitando mais de 2.800 empresários, e atendemos a centenas de demandas da indústria. Além disso, para beneficiar nossas associadas, temos também 120 empresas parceiras em 52 segmentos, que oferecem serviços com descontos. Esse tem sido um trabalho gratificante”, avaliou Reginaldo Rossi. O 1º vice-presidente da FIEB, Carlos Gantois, lembra que o CIEB ajuda no fortalecimento das indústrias de pequeno e médio porte, sem perder de vista a grande empresa. 


HOMENAGENS - A primeira homenageada com placa comemorativa foi a empresa Biscoitos Tupy e seu fundador, Wenceslau Alban Corujeira. Agradecendo a homenagem, seu filho, Ricardo Alban, e atual presidente da FIEB, afirmou que “o trabalho que fazemos aqui é a melhor forma de homenagear meu pai.”
Outro homenageado da noite, o empresário Felipe Porto dos Anjos, proprietário da Cerâmica Bloco Forte, lembrou que sua empresa é uma das poucas que surgiram com a criação do Centro Industrial de Aratu e que ainda permanecem em atividade, “sem dever nada a ninguém” destacou.
A empresa Eternit também recebeu a placa através de seu representante. As empresas, Construtora Norberto Odebrecht e Água Mineral Dias D'Ávila, não marcaram presença.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©