Festival Salvador Instrumental neste final de semana

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

1ª edição do Salvador Instrumental acontece nesta sábado e domingo, dias 29 30 de outubro no Wet N’ Wild, a partir das 15 horas. Nestes dias, nomes como Carlos Malta, Trio Corrente, Letieres Leite, Sexteto 1 de Cada, o saxofonista Júnior Maceió, Tito Oliveira, o percussionista Gabi Guedes com seu grupo Pradarrum e os SKAnibais se apresentarão gratuitamente. Com estacionamento amplo e opções gastronômicas, a ideia é atrair as famílias para uma programação gratuita e qualificada. O evento tem como objetivo, fomentar, difundir e valorizar a música instrumental e sua diversidade na Bahia.  No sábado, 29, subirão ao palco o maestro Letieres Leite com seu quinteto, o grupo Sexteto 1 de Cada e o saxofonista Júnior Maceió, além de Carlos Malta. Já no domingo, 30, apresentam-se o percussionista Gabi Guedes com seu grupo Pradarrum, o baterista Tito Oliveira com o show Magiô, os SKAnibais e Trio Corrente.

Carlos Malta é multinstrumentista, compositor, orquestrador, educador e produtor, dono de um estilo totalmente original e criativo. Para Salvador, virá com seu Quarteto formado por ele, no sex e flauta, Cliff Corman piano, Augusto Mattoso baixo, Renato Massa bateria. Aqui apresentarão o show "Saravá com Pimenta", um misto de repertório de “Pimenta”, como homenagem a “Pimentinha” Elis Regina, recriando clássicos eternizados pela voz da cantora, com os AfroSambas de Baden e Vinícius. Na sua trajetória musical, lançou vários CDs, entre eles Rainbow, em duo com o violoncelista suíço Daniel Pezzotti, indicado ao Prêmio Sharp. O CD Carlos Malta e Pife Muderno foi indicado ao Grammy Latino. 

Formado por Fábio Torres, Paulo Paulelli e Edu Ribeiro, o Trio Corrente é considerado hoje um dos maiores nomes da música instrumental do Brasil. Ganhadores do Grammy Award e do Latin Grammy em 2014, ambos na categoria Melhor Álbum Latin Jazz, os músicos interpretam de forma única os clássicos do choro e da MPB. A maioria das composições é de artistas consagrados como Jobim e Pixinguinha, passando por Djavan, Caymmi e Chico Buarque.

Com cerca​ de 30 anos de carreira, o músico e compositor Letieres Leite  apresenta o Letieres Leite Quinteto. Com as mesmas raízes de pesquisa da Orkestra Rumpilezz, o Quinteto é formado por Baixo Acústico, Piano, Bateria, Sax e Flauta e Percussão. Juntos, Ldson Galter, Marcelo Galter, Tito Oliveira e Luisinho do JeJe executam as composições autorais, tendo como referência a cultura percussiva da Bahia, com repertorio totalmente autoral.

O baiano Tito Oliveira apresenta o show Magiô, que leva o nome do seu primeiro CD instrumental. O repertório é baseado em ritmos afro- brasileiros, com a influência do jazz e a riqueza da percussão da Bahia, mas com uma identidade própria.  O show é composto por um Quinteto de músicos baianos renomados e pesquisadores: Tito Oliveira (bateria), Ldson Galter (baixo), Marcelo Galter (piano), Reinaldo Boaventura (percussão), Joander Cruz ( sax).

A Pradarrum foi criada por Gabi Guedes e tem o objetivo de proteger e preservar o toque sagrado do candomblé. Utilizando ritmos como Ilú, Alujá, Agabi e Kabila, o artista explorou o som de nações como Angola, Ketu, Gêge e misturou com a salsa, samba, funk e jazz. Nascido no Alto do Gantois, cresceu ao lado da Iyalorixá Mãe Menininha. Atuando como percussionista, no Corpo de Balé do Teatro Castro Alves, criou ritmos e trilhas sonoras para grandes espetáculos da companhia. Tocou na banda de Jimmy Cliff por nove anos, quando participou de turnês mundiais ao lado de Burnning Spear e The Wailers Band.
 Em atividade há três anos, o Skanibais faz uma enérgica fusão entre o ska, as filarmônicas do recôncavo e reggae baiano. Além das composições autorais, eles reinterpretam clássicos do ska, do reggae, da MPB e do samba, alternando entre temas instrumentais e hits cantados. O Skanibais é formado por João Teoria (voz/trompete), Matias Traut (trombone/direção musical), Ito Bispo (saxofone), Kiko Souza (sax /flauta), Leo Couto(sax barítono), Gilmar Chaves (trombone), Nelmário Marques (contrabaixo), Juliano Oliveira (teclado), Marco Oliveira (guitarra) e Uirá Nogueira (bateria).

O curador do festival, Alexandre Lins é músico, produtor musical e diretor artístico. Também assinou a produção musical do primeiro álbum de Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz, lançado em 2009 pela gravadora Biscoito Fino. Alexandre dirigiu e produziu a maior parte dos trabalhos da cantora Ivete Sangalo, com destaques para o CD/DVD “MTV Ao Vivo”, vencedor do Grammy Latino como melhor álbum de música regional ou de raízes brasileiras e o DVD “Multishow Ao Vivo Ivete Sangalo no Madison Square Garden”, vencedor do Prêmio Multishow como melhor DVD.
 A realização é da Salvador Produções, responsável pela realização de grandes shows e eventos consagrados e aclamados pelo público e pela crítica, que aposta agora em um evento mais conceitual e cultural de um segmento da música brasileira ainda não explorado pela produtora.

​Serviço​: 
Festival Salvador Instrumental Dia: 29 e 30 de outubro​ (sábado e domingo)​Horário: a partir das 15 horas
Onde: Área Verde do Wet N’ Wild End.: Av. Luiz Viana Filho, 8951 Censura livre Evento gratuito

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©