César Romero exposição 50 anos

terça-feira, 18 de outubro de 2016

ARTISTA PLÁSTICO CÉSAR ROMERO CELEBRA 50 ANOS DE CARREIRA COM EXPOSIÇÃO NA CAIXA CULTURAL

Mostra expõe obras que retratam a cultura popular nordestina e inclui trabalhos inéditos na Bahia


Foto: Fagner Gordiano​ 
“50 Anos: Um Resumo”. Esse é o tema da exposição que marcará os 50 anos de carreira do artista plástico, fotógrafo e crítico de arte, César Romero. A mostra, que reúne diversas fases de sua trajetória, será aberta no dia 25 deste mês, às 19h, na CAIXA Cultural Salvador. Serão mais de 100 peças expostas ao público, como telas, fotografias, gravuras, totens, janelas e desenhos, que apresentam o universo do trabalho autoral do artista.

A obra de César Romero, que se autodefine como baiano, nordestino, brasileiro e universal, tem na marca cultural do Brasil sua principal referência. Ele busca, através das peças, reviver e valorizar a cultura do Nordeste, em suas características, tradições e peculiaridades. O público vai poder conhecer um pouco da atmosfera interiorana, igrejas, brinquedos populares, cerâmica, o carnaval, as festas de largo, os festejos juninos, o circo, as lendas e a religiosidade do lugar – tudo isso sob a ótica do artista.

Para tanto, foram selecionadas obras que retratam e exalta a cultura popular, através de 15 subtemas nos quais foi estruturada a produção. A curadoria da exposição é de Mirian de Carvalho. A noite de abertura contará com a presença do curador e crítico de arte Jacob Klintowitz, que fará uma visita guiada para o público. As visitações podem ser feitas do dia 26 de outubro a 27 de novembro, na CAIXA Cultural Salvador, das 9h às 18h, com acesso gratuito e livre para todos os públicos.

“Fiz questão de mostrar o erro e o acerto. Tenho um trabalho autoral, sanguíneo e único em sua pluralidade. Tive um só tema ao longo desses anos: O Nordeste. Dei ao Brasil uma imagem originalíssima, única e emblemática. E hoje posso dizer – eu tenho uma obra”, afirmou ele.

Crítico e artista premiado
César Romero de Oliveira Cordeiro estreou no mundo das artes em 1966, aos 16 anos, ainda estudante, com um trabalho vencedor de prêmio na escola onde estudava. De lá para cá, acumula mais de 500 exposições coletivas e 47 individuais, somente em território brasileiro. No exterior, participou de 50 mostras coletivas e expôs individualmente em 12 oportunidades, em países como Estados Unidos, Alemanha, Espanha, França, Uruguai e Argentina.

Romero, que está presente no acervo de 48 museus brasileiros, já obteve 44 prêmios de pintura, cinco de fotografia e quatro Salas Especiais. Crítico de arte, filiado à Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) e à Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA), recebeu por duas vezes da ABCA, em 2001 e 2007, o Prêmio Mário Pedrosa, como artista de linguagem contemporânea. Em outras duas ocasiões, nos anos de 2004 e 2010, recebeu o Prêmio Gonzaga Duque (ABCA), como atuação do ano.

Em 2015, recebeu o Prêmio Destaque Especial ABCA pelos 40 anos nos quais escreve ininterruptamente na imprensa baiana, um recorde nacional. Seu acervo crítico abarca mais de 130 textos sobre arte brasileira e 12 estrangeiros.

Serviço: Artes Visuais “César Romero – 50 Anos: Um Resumo”Abertura: 25 de outubro, às 19h
Local: CAIXA Cultural Salvador – Rua Carlos Gomes, 57, Centro – Salvador (BA)
Conveniência: Estacionamento gratuito ao lado da CAIXA Cultural Salvador, no dia de lançamento.
Período: de 26 de outubro a 27 de novembro 2016 Horário: das 9h às 18hEntrada franca



0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©