Encob 2017 acontecerá em Brasília

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

            A 19ª edição do Encontro Nacional de Comitês de Bacias (Encob), que acontecerá em outubro de 2017, em Brasília (DF), já tem seu tema central: “Os Comitês no Fortalecimento do Sistema de Gerenciamento de Recursos Hídricos”. A definição temática ocorreu na semana passada, durante reunião do Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (FNCBH), realizado na capital federal. A reunião contou com a participação do secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente, Ricardo Soavinski, que demonstrou disposição em estreitar as relações e parcerias com o colegiado.

Soavinski considerou importante o fortalecimento dos comitês de bacia, lembrando que esses entes formam a base do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos. O coordenador-adjunto do Fórum e presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, considerou como “satisfatório” o encontro com Soavinski. “Porque a Secretaria tem papel estratégico na gestão dos recursos hídricos e esteve afastada de um diálogo mais próximo com os comitês nos últimos anos”, explicou Miranda. Na conversa, da qual também participaram o coordenador do FNCBH, Affonso Albuquerque Júnior, e o secretário do Fórum, Luiz Carlos Souza, o presidente do CBHSF também defendeu uma maior integração do governo do Distrito Federal nas questões relacionadas à gestão hídrica, especialmente por também estar inserida na bacia do São Francisco.

            Anivaldo Miranda fez um relato sobre a vitória obtida pelo Comitê no tocante ao atendimento de uma velha demanda relativa ao relançamento do programa da revitalização. A referida demanda, conforme acentuou Miranda, foi atendida pelo presidente Michel Temer, ainda durante a interinidade, fato que foi elogiado, não só porque o CBHSF passou a ser parte integrante da gestão do programa, como também porque em menos de dois meses o novo governo federal cumpriu uma promessa que se arrastava havia mais de quatro anos.

             A crise hídrica que atinge duramente as bacias hidrográficas no Distrito Federal também foi tema de discussão no encontro. O presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa), Paulo Sérgio Bretas de Salles, externou sua preocupação com o problema. Salles aproveitou para considerar a importância dos comitês de bacia, especialmente na resolução de conflitos, como o vivenciado atualmente na região. “Em 2018, quando acontecerá o 8º Fórum Mundial da Água, os comitês deverão ser os protagonistas do processo”, considerou.       

    A reunião do FNCBH também aprovou o calendário de atividades do colegiado para 2017, que inclui reuniões preparatórias para o Encob; inserção política do Fórum junto aos tomadores de decisão, a exemplo do Congresso Nacional, da Secretaria Nacional de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente, Agência Nacional de Águas (ANA) e ministérios; fortalecimento dos fóruns estaduais, incentivando a criação de comitês onde ainda não existem, entre outros ítens. O encontro foi realizado entre os dias 20 e 22 de setembro.

            O CBHSF foi representado no evento pelo secretário da CCR do Submédio do São Francisco, Almacks Luiz Silva, e pelo membro do colegiado Marcelo Ribeiro.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©