Câmara homenageia Cássia Magalhães

terça-feira, 13 de setembro de 2016

A Câmara Municipal de Salvador concedeu a Comenda Maria Quitéria a Cássia Magalhães, pedagoga e militante política  na noite de segunda-feira (12). A honraria é concedida pela Câmara Municipal de Salvador a mulheres que, graças ao trabalho, abnegação e desprendimento social, prestam relevantes serviços ao povo de Salvador. A outorga aconteceu em sessão solene presidida pelo vereador Sílvio Humberto (PSB), autor da indicação.

O Plenário da casa ficou completamente lotado com muita gente em pé, tendo a  execução do Hino ao Dois de Julho sido feita pelo Coral Casa Pia sob regência do maestro Fred Dantas.
A mesa da sessão solene contou com a participação da senadora Lídice da Mata; da professora Edísia Espinheira, da Associação Latino Americana do Saber. e representante do Conselho Gestor das Obras de Assistência Social Anna Sironi da Paróquia de Santo André, Ana Castro, para além dos citados.

O vereador Sílvio Humberto em seu pronunciamento disse “A Comenda Maria Quitéria é um reconhecimento à luta de Cássia pela educação de qualidade. Ela crê, assim como Paulo Freire dizia, que a educação transforma as pessoas. Ela acredita nisso de forma intransigente e trabalha para que essa transformação aconteça”, "ela é um exemplo de quem pensa e age para o coletivo". “Esta Comenda é apenas um singelo reconhecimento desta Casa por seu grandioso trabalho comunitário, político e profissional”.

 A entrega da medalha foi feita pelo ex-deputado federal Domingos Leonelli (PSB) .

Rita de Cássia dos Santos Magalhães é pedagoga de formação e atualmente coordena a Escola Municipal Maria Amália Paiva, no Nordeste de Amaralina. Militante política desde os 12 anos filiou-se ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) aos 18, onde desde então atua nas lutas por melhorias na educação e nas questões de gênero.

Em seu discurso de agradecimento, a homenageada disse:“Quando eu cheguei ao Nordeste de Amaralina e me deparei com aquela opressão eu vi que o caminho era a luta. A opressão piorou nesse período, mas tivemos mais vitórias que derrotas. Tivemos algumas baixas nessa luta, mas o balanço final dá um saldo positivo que me faz continuar lutando”, afirmou a homenageada.
Moradora do bairro há mais de 30 anos, Cássia luta por melhorias nos serviços de transporte e colabora com a organização do Carnaval do bairro. Também coordenou a implantação dos cursos profissionalizantes do Centro Tecnológico Carlos Correia de Menezes Santana e do Programa Abrindo Espaço, realizado em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).
Crédito: Valdemiro Lopes

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©