Advogado Marcos Luiz de Melo é homenageado na Câmara

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

A Câmara Municipal de Salvador homenageou, ontem à noite, no Plenário Cosme de Farias, com a concessão da Medalha Thomé de Souza o advogado criminalista e professor de Direito Penal da Universidade Católica do Salvador (Ucsal), Marcos Luiz Alves de Melo. Grande parte do mundo jurídico foi abraçar o colega, pelo que a casa ficou repleta.
A Medalha Thomé de Souza é concedida a pessoas que tenham prestado relevantes serviços ao município de Salvador, e foi proposta pela Resolução nº 2.517/2016  de autoria do vereador Eliel Sousa (PV), a pedido do vereador Euvaldo Jorge (PPS).

A mesa de honra, presidida pelo Vereador Euvaldo Jorge, foi composta para além do homenageado, pelo ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia e ex-presidente do TRE, desembargador Carlos Alberto Dultra Cintra; procurador de justiça, José Gomes Brito; professor e conselheiro federal da OAB, Fernando Santana; diretor do curso de Direito da Ucsal, David Lourenzo e representante da Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (Abrat) e Associação Baiana de Advogados Trabalhistas (Abat), Jorge Lima.

O vereador Euvaldo Jorge, frisou em seu discurso que o homenageado é um advogado de extrema importância para o Estado. “Como professor e advogado, Luiz Melo já exerceu vários cargos na esfera estadual e na Ordem dos Advogados da Bahia (OAB). Ele representa muito o momento que a gente vive de turbulência na sociedade, pois ele passa confiança a todos aqueles que o procuram”.
Destacou também a contribuição do homenageado na construção do Conjunto Penal de Feira de Santana  e o Centro de Observação e  Colônia Penal do Lafayete Coutinho, em Salvador. “Ele trouxe pra gente trabalhos extraordinários na área penal, por isso temos que agradecer por tudo que ele realizou, por tudo que ele ensinou e que ainda vai ensinar. Por tudo isso, nada mais justo do que oferecer essa medalha a ele”, concluiu Euvaldo.
A Medalha foi entregue a Marcos Luiz Alves de Melo por sua esposa, Kátia Matos, e seu filho, Mateus Melo.
Em seu discurso, o homenageado disse “A Câmara representa um espaço extraordinário na vida da comunidade soteropolitana, e pra mim é uma honra receber essa honraria. Devo muito a indicação do meu amigo Euvaldo Jorge. Com essa homenagem minha responsabilidade aumenta”.
“Mesmo com todas as atividades que fiz e faço, jamais imaginei que teria a concessão de uma honraria, mas a dose de vaidade não me impede de agradecer aos que são os verdadeiros responsáveis: meus pais e demais familiares; mestres; colegas professores; advogados; alunos; estagiários; e companheiros de jornada”, e que de agora em diante terá que contribuir ainda mais com a sociedade para se fazer “merecedor de tal título”.

Marcos Luiz Alves de Melo nasceu em 1950, em Ribeiro Fundo (PE). Veio para Salvador em 1973. No ano seguinte foi aprovado no vestibular de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba), curso que concluiu em 1978. Atuou na Defensoria Pública e na Secretária da Justiça e Direitos Humanos, na Administração Penitenciária e Ressocialização, foi conselheiro na Ordem de Advogados do Brasil (biênio 85/87), e membro do Tribunal de Ética e Disciplina.

Ao final da solenidade o homenageado recebeu os cumprimentos no espaço interno da casa, durante coquetel.
Créditos: Valdomiro Lopes

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©