Balé Jovem de Salvador estreia "Solos Baianos"

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Projeto reúne trabalhos inéditos de grandes coreógrafos contemporâneos

Elenco da Cia Balé Jovem de Salvador estreia "Solos Baianos" no Teatro Gregório de Matos e outros espaços da capital 

 
Os coreógrafos Cristina Castro, João Perene, Jorge Alencar, Jorge Silva, Lia Robatto e Mestre King estão reunidos em um único projeto e com trabalhos inéditos. Trata-se da proposta “Solos Baianos” que o Balé Jovem de Salvador apresenta em agosto em diversos espaços culturais da capital. A estreia acontece no dia 4/8, no teatro Gregório de Matos, onde permanece até o domingo, dia 7/8, sempre às 19h, com ingressos a R$20 e R$10 (meia). Nos dias 12/8, sexta, às 19h e 13/8, sábado, às 16h, a companhia se apresenta no Centro Cultural Plataforma, com entrada franca. O final da temporada acontece no Espaço Cultural Alagados, nos dias 19/8, sexta, às 19h; e 20/8, sábado, às 16h, também gratuitamente.

A iniciativa do bailarino, coreógrafo e diretor da companhia, Matias Santiago, teve como foco, majoritariamente, propor uma retroalimentação da cadeia produtiva da dança, promovendo o encontro entre coreógrafos consagrados e jovens bailarinos em ascensão.

A primeira etapa do projeto consistiu na realização de workshops de criação em dança, capitaneados pelos seis coreógrafos convidados, com duração de quatro semanas, destinados ao elenco completo do BJS e também abertos à comunidade. Na etapa seguinte, com base nos resultados obtidos nos workshops, os bailarinos e os coreógrafos sinalizaram com quem gostariam de trabalhar e, a partir da intersecção desses interesses, foram compostas as duplas de solistas para cada montagem.

O resultado da proposta são montagens com referências e expressões diversas, tais quais seus criadores e executores, mas que se interseccionam quando tocam na ambivalência do indivíduo e da Humanidade, nos seus movimentos para dentro e para fora, mitos e estereótipos, debilidades e potências.

Os bailarinos Brisa Carrilho, Clara Boa Sorte, Danillo Queiroz, Edwin Carvalho, Fernanda Cristall, Igor Vogada, Johnny Santos, Luiza Agra, Lukas DiJesus, Matheus Ambrozi, Ruan Wills e Thor Galileo se revezam durante a temporada, o que torna cada apresentação única e diferente.

Programa
Em A ProcuraMestre King explora a eterna busca humana, a ânsia do encontro com o eu e com a divindade, os cruzamentos entre espiritualidade e religiosidade.

Lia Robatto cria um personagem esquizofrênico, um eco do ego, em Reflexa Cabala, solo executado por dois bailarinos.

Jorge Alencar evoca entidades, (anti) heróis e drags para tratar de superpoderes e vulnerabilidades, mutações e incorporações, nos solos Joohnny em Chamas e Thor.

Lock é uma saudação de João Perene à obra de Édouard Lock, coreógrafo canadense, criador da La La La Human Steps, importante companhia de dança contemporânea que encerrou as atividades em 2015.

Em PSDBJorge Silva toca nas feridas e marcas pessoais e sociais do corpo negro, para tratar de genocídio e estigmatização, de perdas e injustiças.

Cristina Castro parte das turbulências e instabilidades pessoais dos bailarinos, permeadas pela inconstância e vulnerabilidade das relações humanas em um mundo líquido, para compor seus dois solos.

O projeto Solos Baianos foi contemplado pelo edital Arte em Toda Parte - Ano III.
FOTO: IVES PADILHA

SERVIÇO
Onde: Teatro Gregório de Mattos
Quando: 4/8 a 7/8, quinta a domingo, às 19h
Ingressos: R$20 e R$10 (meia)

Onde: Centro Cultural Plataforma
Quando: 12/8, sexta, às 19h; 13/8, sábado, às 16h
Entrada franca

Onde: Espaço Cultural Alagados
Quando: 19/8, sexta, às 19h; 20/8, sábado, às 16h
Entrada franca

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©