Caboclos – símbolos da liberdade! é o tema do 2 de Julho deste ano

quarta-feira, 22 de junho de 2016


Evento cívico mantém a tradicional programação, com algumas novidades

Este ano, o evento cívico do 2 de Julho mantém a tradicional programação, com algumas novidades em seus preparativos, homenagem ao historiador Luiz Henrique Dias Tavares e uma programação especial para as crianças.

Caboclos – símbolos da liberdade! – Todo ano o povo brasileiro é louvado no desfile, sendo representado por dois grandes monumentos que percorrem todo trajeto, que são o caboclo e a cabocla. Este ano, o tema é uma homenagem a esses ícones, que representam os povos indígenas que participaram das lutas pela Independência da Bahia e do Brasil, bem como os mestiços das cidades do Recôncavo que deram suas vidas e sacrifício pela liberdade de toda nação. Segundo J Cunha, “o símbolo remete a 1823, começo das lutas e a 2016, comemoração pelos 193 anos de libertação. A figura do Caboclo/a é o tradicional símbolo da liberdade que percorre as ruas, coroado com um cocar que traz as cores das bandeiras: baiana e brasileira. Salve, Salve o 2 de Julho!”.

O percurso tradicional no Centro Histórico de Salvador terá parte da decoração feita por alunos de escola municipal. Trata-se do resultado da oficina “Ações Criativas”, realizada em junho por J Cunha, artista responsável pelo tema e elementos decorativos deste ano, a convite da Fundação Gregório de Mattos. Algumas peças foram confeccionadas por alunos voluntários do 1º ao 5º ano - fundamental I da Escola Municipal Vila Vicentina, localizada no bairro da Liberdade, para alegrar ainda mais as ruas do cortejo, envolvendo as crianças e jovens no contexto histórico e cultural da sua cidade. Além de Jota, a pedagoga Cássia Cristina e o historiador professor Casemiro Rafike coordenam as ações unindo arte e educação.


Programação Cultural – Sábado (2), após o desfile acontece o tradicional Encontro de Filarmônicas, em sua XXV edição, com o Maestro Fred Dantas. Domingo (3), das 16h às 18h, a criançada tem programação especial com o Grupo ViaPalco e o espetáculo “Um Dia de Palhaçada”. A partir das 18:00 começa o Baile da Independência – com a Orquestra do Maestro Fred Dantas e participação da Orquestra Paulo Primo, até as 21h:30. Terça-feira (5), às 17h, acontece a volta dos Carros Emblemáticos, com a Orquestra do Maestro Reginaldo de Xangô, Fanfarras e Grupos Culturais.

 Te Deum faz homenagem especial - No dia 1º, a partir das 9h, é realizado o “Te Deum”, na Igreja de São Pedro dos Clérigos, localizada no Terreiro de Jesus. Este ano, será feita uma homenagem ao historiador Luís Henrique Dias Tavares, autor, dentre outros livros, "Independência do Brasil na Bahia" (Coleção Bahia de Todos. Salvador: EDUFBA, 2005), edição distinta das anteriores, datadas de 1977 e 1982, "A Independência do Brasil na Bahia" (Rio de Janeiro: Civilização Brasileira; Brasília: Instituto Nacional do Livro).  As obras do professor são fundamentais para os novos estudos a respeito da história da Bahia até a segunda metade do século XX. Aos 90 anos de idade, confirmou presença na solenidade. Às 11h, a Câmara Municipal promove um tributo aos Heróis da Independência. A chegada do Fogo Simbólico em Pirajá está prevista para as 16h.

O evento que comemora os 193 anos de Independência da Bahia e do Brasil contará com a participação de grupos culturais de diversas cidades da Bahia, banda de fanfarras, bem como bandas de música da Marinha, Exército, Aeronáutica, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, autoridades políticas e sociedade em geral que se reúnem para celebrar a data mais importante do calendário cívico local.

Na quinta-feira (30), começam as comemorações com a saída do Fogo Simbólico de Cachoeira, passando pelas cidades de Saubara, Santo Amaro da Purificação, São Francisco do Conde, Candeias, Simões Filho, com destino ao bairro de Pirajá em Salvador, conduzido pelos Soldados do Exercito e Atletas Baianos.

No sábado (2), a programação do desfile começa às 6h, quando acontece a Alvorada com queima de fogos no Largo da Lapinha. Às 8h, é feita a organização do Cortejo Cívico, que se inicia às 9h30 e segue em direção à Praça Thomé de Souza, local onde os Carros Emblemáticos dos Caboclos são recolhidos por volta das 11h30.

No período da tarde, às 14h30, acontece a Cerimônia Cívica no 2º Distrito Naval. Às 14h, começa a organização para o cortejo, saindo às15h. Às 16:30h, os carros emblemáticos chegam ao Campo Grande, onde serão realizadas as últimas homenagens das autoridades políticas e militares. Este ano, quem acenderá a pira do Fogo Simbólico será o Profº Dr. Hélio Carneiro de Campos, representando o meio esportivo e acadêmico. Em comemoração aos 70 Anos da UFBA, acontece às 17:30h abertura da exposição “Índios: Os Primeiros Brasileiros” no Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE/UFBA), com a presença do Prefeito.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©