Balé Folclórico da Bahia volta ao TCA

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Depois de lotar o TCA em setembro, Balé Folclórico da Bahia volta a se apresentar no teatro nos dias 24 e 25 de outubro
O público baiano vai poder conferir o espetáculo “Herança Sagrada – A Corte de Oxalá”, que já foi aplaudido por mais de um milhão de pessoas no mundo
Depois de ter lotado o Teatro Castro Alves em apresentação única realizada no dia 4 de setembro - com ingressos esgotados em apenas dois dias - o Balé Folclórico da Bahia (BFB) volta a apresentar o espetáculo“Herança Sagrada – A Corte de Oxalá” no TCA. As apresentações serão nos dias 24 e 25 de outubro, sábado às 21h e domingo às 20h. Os ingressos custam R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia entrada) e já podem ser adquiridos na bilheteria do teatro e no site http://www.compreingressos.com
O espetáculo, que conta com direção geral de Walson (Vavá) Botelho e direção artística de José Carlos Santos (Zebrinha), já foi visto por mais de um milhão de pessoas no mundo, tendo sido aplaudido nos Estados Unidos, Europa, Caribe, Oceania e África. No momento, o grupo realiza turnê de quinze dias no México a convite da Embaixada do país no Brasil. No roteiro, as cidades de Tlaxcala, Yanca, Xalapa (onde abrirá o famoso Festival de las Flores) e Cidade do México, onde estreia no tradicional Teatro de La Danza.
Em “Herança Sagrada”, os bailarinos reproduzem com fidelidade sequências de movimentos de alguns dos mais importantes rituais do Candomblé, numa coreografia baseada em danças do culto afro-brasileiro. No palco, 26 bailarinos, músicos e cantores apresentam movimentos vibrantes e sonoridade arrebatadora. A segunda parte do espetáculo reúne coreografias clássicas do repertório do Balé, que traduzem as mais importantes manifestações folclóricas baianas, em “Puxada de Rede”, “Capoeira” e “Samba de Roda”, além de “Afixirê”, coreografia inspirada na influência dos escravos africanos na cultura brasileira.
Única companhia profissional de dança folclórica do país em atividade, o premiado Balé Folclórico da Bahia, que completou 27 de fundação em agosto, já se apresentou em mais de duzentas cidades e 24 países.
“O espetáculo já é consagrado internacionalmente, agora precisa ser conhecido pelos brasileiros”, afirma Vavá Botelho, fundador do Balé Folclórico da Bahia. “Manter uma equipe que se dedica à dança em regime integral, com intenso preparo técnico, físico e muita pesquisa, é uma luta diária. Poucas companhias de dança privadas sem patrocinador regular conseguem existir por tanto tempo, mantendo um nível de excelência técnica tão elevado e respeito do público e da crítica”, afirma Vavá.
O Balé arrebatou a admiração da poderosa Anna Kisselgoff, crítica de dança do The New York Times. "O prazer dos dançarinos, músicos e cantoras em fazer o que eles fazem sobre o palco é tão obviamente parte da vida deles que contagia todo o teatro”, escreveu Kisselgoff. “Eu já assisti seus maravilhosos bailarinos em diferentes países, sempre se comunicando com o público. Crianças e adultos são tomados de imediato pelos ritmos e encantos de sua arte", declarou a jornalista numa das suas criticas para o jornal norte-americano.

Serviço: Espetáculo: "Herança Sagrada – A Corte de Oxalá" - Balé Folclórico da Bahia Local: Teatro Castro Alves (TCA)
Data: 24 e 25 de outubro Horário: Sábado às 21h e domingo às 20h Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia entrada)
Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro e no site http://www.compreingressos.com

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©