Gafieira com o Maestro Fred Dantas

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Setembro é tempo de céu azul, dias frescos e noites quentes ! É tempo de Gafieira com o Maestro Fred Dantas ! Então, toda quinta-feira, a partir das 20h, no Teatro do SESC-SENAC é hora de dançar ao som dos clássicos do chorinho e do samba apropriados para a dança de salão (Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Abel Ferreira Ataulfo Alves e Chico Buarque), muito bolero, samba canção e beguine e para acaber de fazer o salão pegar fogo, rumba, salsa e lambadas do Amazonas ! Tudo isso com Fred Dantas no trombone, Davi Brito no trompete, Maxwel Fragoso no sax, Henrique Barreto na guitarra, Reinan Proença no contrabaixo, Lucas Paulo na bateria, Luan Badaró na percussão e a linda voz de Irma Dantas e com ingressos a R$ 20,00 e R$ 10,00. 
A primeira vez que Fred Dantas tocou mesmo numa gafieira foi sob o comando do saxofonista e maestro Paulo Moura, que o convidou a integrar o seu grupo em Paris, onde entre outros lugares, fez uma temporada de sucesso em um espaço chamado “Chapelle dês Lombards”, na Bastilha. Depois Fred Dantas seguiu com Paulo Moura tocando  numa gafieirachamada “Magia Tropical”, no Rio de Janeiro, mas de volta à Bahia ficou pensado: “- se lá fora as pessoas dançam animadas com a música brasileira, porque aqui em Salvador não existe uma gafieira?” Pesquisando sobre o assunto, Fred Dantas lembrou do Clube da Guarda Civil, na Baixa dos Sapateiros, a última gafieira a funcionar na cidade onde existiu o Sandoval, o Rumba Dancing e o Cassino Tabaris.
Quem pode viver bem os anos 80 em Salvador lembra que Fred Dantas teve  comandou a  memorávelGafieira do Ad Libitum, no Rio Vermelho, e fez apresentações no Restaurante Vagão e no Pelourinho. Mas com o sucesso da Orquestra Fred Dantas passou a me dedicar à orquestra, que tem muitos músicos, um repertório internacional e é muito requisitada para eventos sociais. Recentemente, no Café Teatro Rubi, no Sheraton Bahia Hotel fez uma temporada de três meses, onde consolidou a presente formação, onde constam músicos jovens, mas muito talentosos.
Sobre o maestro Fred Dantas - Frederico Meireles Dantas nasceu em Salvador a 12 de novembro de 1959, filho da professora Edith Meirelles Dantas e do médico Dorivaldo Dantas. Trombonista, membro da Orquestra Sinfônica da UFBA, tem seu nome fortemente ligado à preservação das bandas de música, tanto que fundou em 1982 a Oficina de Frevos e Dobrados, instituição que mantém uma Filarmônica Jovem, em parceria com o Fundo de Cultura do Estado da Bahia. Em 1984 se graduou em Composição, em 1986 em Instrumento, é mestre-em-música em Etnomusicologia , tudo pela Universidade Federal da Bahia, onde é doutor em Música (Composição).
Na Escola de Música da UFBA  foi aluno de Ernst Widmer, Lindembergue Cardoso e Walter Smetak. Etnomusicólogo, efetivou com pesquisas de campo, gravações e transcrição, a série de oito Cds “Bahia Singular e Plural”,produzida pelo Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia, cobrindo manifestações da cultura popular em todo o estado da Bahia. O trabalho ganhou o Prêmio Rodrigo de Melo Franco, pelo IPHAN.
Fundou a Escola Ambiental, no Litoral Norte da Bahia e sua Filarmônica Ambiental onde 200 crianças. em tempo integral, recebem educação básica em parceria com o município e aulas de música, capoeira e artesanato. Fundou a Lira de Maracangalha, no município de São Sebastião do Passé, onde cerca de 250 crianças e adolescentes participam de uma filarmônica, que em seu trabalho procura reunir o resgate da rica memória musical da localidade, com a orientação a esses jovens em busca de uma cidadania plena.

Participa do movimento de música instrumental na Bahia, eventualmente toca com grandes nomes baianos de projeção internacional, a exemplo de Daniela Mercury e integra o movimento dos amigos do choro brasileiro. Mantém em permanente atividade a Orquestra Fred Dantas, especializada em dança de salão e arranjos para a moderna música da Bahia, a Oficina de Frevos e Dobrados e a Orquestra Brasileira de São Salvador.

Serviço : Nova Gafieira do Maestro Fred Dantas
Todas as quintas de setembro, a partir das 20h, no Teatro SESC-Senac Pelourinho – ingressos a R$20,00 e R$10,00

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©