Vivo oferece formação online gratuita para educadores

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Fundação Telefônica Vivo oferece formação online gratuita para educadores de todas as séries
Plataforma tem cursos com diferentes temas e cargas horárias para inovar na escola
Bahia é estado brasileiro com maior número de escolas rurais

O dia a dia em sala de aula sempre traz questões que exigem mais do que pressupõe o currículo básico. Com o objetivo de ajudar os educadores a lidarem com esses desafios, a Fundação Telefônica Vivo disponibiliza, por meio de uma plataforma online para formação de professores (www.fundacaotelefonica.org.br/escolasrurais), conteúdos que tratam dos mais variados temas, desde o papel da escola no combate ao trabalho infantil à produção de quadrinhos digitais. Certificados pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), os cursos, todos online e totalmente gratuitos, também abordam a inserção da cultura digital nas mais variadas classes. “A tecnologia torna o ensino mais atraente, além de aproximar educadores e alunos”, comenta Gabriella Bighetti, diretora-presidente da Fundação Telefônica Vivo.

O objetivo é aprimorar o conhecimento em linguagens, matemática, novas metodologias, conscientização ecológica, português, métodos de avaliação, entre outros. Também oferece conteúdos didáticos para estimular o interesse dos alunos pela tecnologia. A plataforma ainda permite a colaboração e a troca de experiências entre os usuários. São inúmeras oficinas para melhorar as práticas pedagógicas. Entre os cursos de destaque estão “Construção de jogos, materiais e atividades de matemática” e “A escola no combate ao trabalho infantil”, com 60 horas de duração e ministrado por especialistas. Os dois estão com vagas abertas, assim como outras 10 opções de curta duração.

Atualmente, a plataforma dispõe de duas modalidades de curso: “Faça você mesmo” e “Curso com Especialistas”. Na primeira categoria, o educador pode se inscrever a qualquer instante nos cursos disponíveis e realizá-los de acordo com a sua agenda. Já as aulas com especialistas são mediadas por profissionais da área, com início e término definido e possuem vagas limitadas. Há lançamento de diferentes cursos durante todo o ano.

Certificado
Para os cursos com carga horária acima de 30h, serão emitidos certificados pela UERGS. Já para as oficinas com tempo inferior a 30h, serão emitidas declarações de comparecimento. E, caso o professor faça, no decorrer do ano, mais de um curso, somando uma carga superior a 30h, também será emitido um certificado.

Inscrições
As inscrições estão abertas pelo endereço www.fundacaotelefonica.org.br/escolasrurais e estão disponíveis para professores de todo o país.

Bahia e Sergipe
O Nordeste tem 37.108 escolas rurais, o que corresponde a 55,3% de todos os estabelecimentos de ensino no campo do Brasil, de acordo com o Censo Escolar 2014 feito pelo Ministério da Educação. A Bahia é o estado brasileiro com mais escolas rurais: são 10.510, o que significa que uma em cada seis escolas rurais do Brasil fica em nosso estado. Sergipe conta com 1.102 escolas na zona rural. O programa da Fundação Telefônica já conta com oito mil professores de todo o país inscritos na plataforma, o que impacta 184 mil estudantes.

Sobre a Fundação Telefônica Vivo
Criada em 1999, a Fundação Telefônica incorporou os projetos do Instituto Vivo em 2011, em função da fusão entre a Vivo e a Telefônica. A Fundação Telefônica Vivo acredita que conectando pessoas e instituições é possível transformar o futuro, tornando-o mais generoso, inclusivo e justo. Utiliza tecnologias de forma inovadora para potencializar a aprendizagem e o conhecimento, contribuindo para o desenvolvimento pessoal e social. Suas principais áreas de atuação são: Combate ao Trabalho Infantil, Educação e Aprendizagem, Inovação Social e Voluntariado. O Grupo Telefônica possui, ainda, fundações em 16 países. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©