Cantora Tcheca no TCA

quarta-feira, 3 de junho de 2015



​Edita Randová é a solista convidada da OSBA 

CANTO LÍRICO DE EDITA RANDOVÁ, DA REPÚBLICA TCHECA, 
EM CONCERTO DA OSBA REGÊNCIA MAESTRO HELDER TREFZGER
A apresentação integra a Série Jorge Amado e acontece na Sala Principal do TCA no dia 11/06

Mais um concerto inédito da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), pela Série Jorge Amado, será realizado no próximo dia 11 de junho, quinta-feira, na Sala Principal do TCA, às 20h, trazendo desta vez dois convidados especiais: como regente, o maestroHelder Trefzger, titular da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo, e a cantora lírica tcheca Edita Randová, mezzo-soprano de grande prestígio em seu país, reconhecida pelo alcance e tom de voz, expressão artística e excelente técnica. O concerto presta uma homenagem à cantora lírica tcheca Klementina Kalasová (1850-1889), que, entre outros, usava o nome artístico de Clémence Kalas e era uma das favoritas do compositor italiano Giuseppe Verdi (1813-1901). Os ingressos para a apresentação já estão à venda e custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

A ideia da apresentação, fruto de uma parceria entre a Embaixada da República Tcheca, em Brasília, a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-BA), o TCA e a Universidade Federal da Bahia (UFBA), é de resgatar a memória desta mulher que fez sucesso em Salvador quando integrava a companhia de Carlos Gomes (1836-1896). Ela morreu aos 39 anos aqui na capital baiana, vítima de febre amarela. Embora a artista tenha feito carreira internacional, ela não teve o reconhecimento merecido no seu país de origem, embora seja lembrada na Europa. Antes da apresentação, às 19h, no Foyer do TCA, será lançado o livro “Klementina Kalasová - Clémence Kalas: a estrela tcheca que ficou na Bahia”, de autoria de Bohumila Araújo. O prefácio é assinado pelo músico, professor e pesquisador Lucas Robatto, integrante da Orquestra Sinfônica da Bahia.

O programa da noite vai lembrar algumas das mais belas árias de óperas famosas em todo o mundo, de compositores não só da República Tcheca, como também da França e da Itália: de Bedrich Smetana (1824-1884), The Secret (aria Róza) e Vltava (Rio Moldava); de Georges Bizet (1838-1875), Carmen (aria Habanera) e Carmen (aria Seguidilla); Gioacchino Rossini (1792-1868), II barbiere di Siviglia (aria Rosina – Una voce poco fa). Para finalizar o concerto, a OSBA interpretará mais uma obra consagrada, a Sinfonia nº 7, de Antonín Dvorák (1841-1904).  A OSBA é mantida pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-BA) através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e do Teatro Castro Alves.

EDITA RANDOVÁ (SOLISTA) – Intérprete mezzo-soprano, ela começou sua carreira como cantora no Teatro Musical em Karlin e na Ópera Estatal de Praga, na República Checa. Realiza frequentemente concertos com orquestras renomadas em países como a Áustria, Grã-Bretanha, França, Espanha, Portugal, Itália, Hungria, Alemanha, Noruega, Austrália, México, EUA (Carnegie Hall), Canadá e China. Em 2003, foi designada pelo o Ministério dos Assuntos Estrangeiros de seu país para promover a música checa na Austrália.  Em 2009, recebeu o Prêmio Europeu Gustav Mahler por sua excepcional contribuição à música e, em 2010, o prêmio "La Reconnaissance Culturelle Medaile D'Or Internationale. Elogiada pela crítica pelo alcance e tom de voz, expressão artística e excelente técnica, Edita Randová domina um repertório de concerto variado, incluindo oratórios, cantatas, missas, canções e composições contemporâneas.

HELDER TREFZGER (REGENTE) – Maestro Titular da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo (OFES), desde 1992, é Bacharel em Música-Regência pela UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais. Teve como principais professores o maestro e compositor Cláudio Santoro, além dos maestros David Machado e Roberto Duarte. Em 1990 ganhou bolsa de estudos para participar do curso “The Moscow Conservatory in América”, realizado na Rutger’s University (New Brunswick – NJ). Em 1991, foi para a Itália estudar com o maestro Francesco La Vecchia, no Festival de Anzio. Já dirigiu como convidado algumas das principais orquestras brasileiras, como a Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, além da Orquestra Artave (Portugal), New World Young Orchestra (Brasil, Itália e Bulgária) e a Orquestra Sinfônica de Bourgas (Bulgária).  Gravou com a OFES a trilha sonora do filme Lamarca, de Sérgio Rezende, música de David Tygel. 

 SERVIÇO: ORQUESTRA SINFÔNICA DA BAHIA (OSBA) – SÉRIE JORGE AMADO IV
                     Regência: maestro Helder Trefzger                        Solista: Edita Randová (Republica Tcheca) 
Local: Sala Principal do TCA (Campo Grande, s nº / 2626-5071). Data: 11 de junho, quinta-feira.
Horário: 20h Ingresso: R$ 20/R$ 10

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©