Novo espetáculo do BTCA

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

BTCA ESTREIA “AGÔ ARERÊ! POR FAVOR, NÃO APERTE O MAMÃO” COM DUAS APRESENTAÇÕES NA SALA PRINCIPAL DO TCA
 Cidade de Salvador, música de Caymmi e imagens de Miguel Rio Branco inspiram a nova coreografia que será apresentada nos dias 13 e 14 de dezembro no Teatro Castro Alves

O novo projeto coreográfico do Balé Teatro Castro Alves (BTCA), “Agô Arêrê! Por Favor, Não aperte o mamão”, traz em cena a cidade de Salvador, seus conflitos, mazelas, belezas, contradições, clichês e o seu povo. Com direção coreográfica do mineiro Tuca Pinheiro, em parceria com a dramaturga Carmen Paternostro, o espetáculo estreia em dezembro com apresentações somente nos dias 13 e 14 (sábado e domingo), às 20h, no Teatro Castro Alves. Os ingressos para o espetáculo custam R$ 20 e R$ 10 e poderão ser adquiridos a partir do dia 03 de dezembro (quarta-feira) nas bilheterias do teatro. O público também poderá assistir o ensaio aberto no dia 12 (sexta-feira), às 15h, com acesso gratuito.

Para retratar a cidade de Salvador, o projeto se inspira livremente na visão de dois artistas: o cantor e compositor Dorival Caymmi (1994-2008) e o artista plástico Miguel Rio Branco (1946). “Quando Jorge Vermelho, diretor artístico do BTCA, me convidou para dirigir a nova montagem da companhia, imediatamente me veio o desejo de falar de Salvador, da baianidade, tomando como referência o olhar autoral e contundente de dois artistas que retrataram a cidade de formas diferentes: Dorival Caymmi e Miguel Rio Branco” ressalta Tuca Pinheiro.

Para o bailarino e coreógrafo mineiro, o título da peça está associado ao seu olhar diante da cidade, em especial à Feira de São Joaquim. “Minha primeira parada: Feira de São Joaquim! Foi amor à primeira vista! Cheiros, sons, imagens. E foi lá que vi, numa barraca de frutas, escrito num pedaço de papelão: ‘Por favor, não aperte o mamão!’. Estava ali o primeiro indicativo: não fale daquilo que você não tem conhecimento! Uma advertência aos pré-conceitos”, revela o coreógrafo.

Entre os elementos incorporados no processo criativo da companhia também estão o sincretismo religioso, os terreiros e a importância da vanguarda cultural dos anos 50. Além disto, o novo espetáculo conta com a trilha sonora criada pelo cantor Gerônimo Santana. Distante da dimensão folclórica e dos regionalismos panfletários, a nova coreografia cria diversos olhares com o objetivo de perceber, entender e traduzir Salvador em diferentes perspectivas.

Com a estreia desta nova coreografia, o Balé do TCA encerra 2014 com repertório renovado e com a marca de ter realizado cinco projetos inéditos só este ano. A companhia de dança com 33 anos de trajetória tem atualmente como curador artístico Jorge Vermelho e Ivete Ramos na assessoria artística. A companhia baiana de dança contemporânea é mantida pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-BA) através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e do Teatro Castro Alves.  

SERVIÇO: 
AGÔ ARERÊ! POR FAVOR NÃO APERTE O MAMÃO – NOVA COREOGRAFIA DO BTCA
 Data: 13 e 14 de dezembro (sábado e domingo) Horário: 2h Local: Sala Principal do TCA
Ingressos*: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) *Vendas nas bilheterias do TCA a partir do dia 03 de dezembro

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©