RESULTADO DO EDITAL DE FOMENTO À PRODUÇÃO AUDIOVISUAL BAIANA

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

IRDEB ANUNCIA Em parceria com a Ancine, mais de R$ 6 milhões estão sendo destinados para produção de projetos inéditos de documentários e telefilmes, além de obras seriadas, no Edital de Fomento à Produção Audiovisual Baiana 2014.

O IRDEB - Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia divulgou hoje o resultado do Edital de Fomento à Produção Audiovisual Baiana 2014, realizado por meio da Chamada Pública 01/2014 da Agência Nacional do Cinema - ANCINE, que tem como objeto suplementar recursos financeiros aportados por órgãos da administração pública direta ou indireta estadual. O Edital disponibiliza um valor global de R$ 6.300 mi (seis milhões e trezentos mil reais) para produção de projetos de documentários, telefilmes de ficção e obras seriadas de ficção, documentais e de animação, com destinação e exibição inicial em televisão. Os projetos contemplados têm janela assegurada de exibição na TV Educativa da Bahia, mas as produtoras podem negociar posteriormente suas obras com outros canais, atendendo assim a demanda por conteúdos regionais da lei da TV Paga.

Os vencedores são:

CATEGORIA A - OBRA SERIADA ANIMAÇÃO – 26 episódios de 1´30´´- “Bill, O Touro”, da produtora Origem Comunicação, de Lauro de Freitas (Ducca Rios e Maria Luiza Barros) e “Natureza do Homem”, da Inspirar Comunicação, de Salvador (Caó Cruz Alves e Fausto Júnior)

CATEGORIA B - OBRA SERIADA FICÇÃO – 13 episódios de 3´- “A Professora de Música”, da Voo Audiovisual, de Ipiaú (Edson Bastos e Henrique Oliveira)   e “Botecam”, da Sereia Filmes, de Salvador (Cristian Lopez).

CATEGORIA C - OBRA SERIADA FICÇÃO – 13 episódios de 26´ – “Francisco só Quer Jogar Bola”, da DOC Doma, de Salvador (Sofia Federico e João Rodrigo Mattos).

CATEGORIA D - OBRA SERIADA DOCUMENTAL DE CINCO EPISÓDIOS DE 26´ – “O Senhor das Jornadas”, da Truq Vídeo, de Salvador (Jorge Alfredo) e “Diversidade”, da Dois Arroz, de São Félix (Leandro Santos Rodrigues e  Elen Linth).

CATEGORIA E – DOCUMENTÁRIO COM DURAÇÃO MÍNINA DE 50`E MÁXIMA DE 120´- “1798 : A Conspiração e a Devassa, da Portfolium, de Salvador (Antônio Olavo) e “A Cidade do Futuro”, da Coisa de Cinema, Salvador (Cláudio Marques e Marília Hughes).

CATEGORIA F – TELEFILME FICÇÃO COM DURAÇÃO MÍNIMA DE 50´ E MÁXIMA DE 120 ´ - “Café com Canela”, da Rosza Filmes, de São Félix (Ary Rosa e Glenda Nicário) e “A Finada Mãe da Madame”, da Santa Luzia, de Salvador (Bernard Attal).

Para o diretor-geral do IRDEB, José Araripe Jr, é cada vez mais constante e intensa a produção de curtas e longas para o cinema na Bahia, que entra numa nova era, a de produzir séries pra TV, tendência nacional prevista na nova lei de TV a cabo. “Com este edital, é isso que a SECOM/IRDEB, junto com a ANCINE proporciona às produtoras independentes baianas. Esta nova fronteira de produção de conteúdos dinamiza a criação, impulsiona a cadeia econômica, oferecendo assim mais oportunidades de empregos para os profissionais baianos do audiovisual”, ressalta o diretor.

Ainda este ano, a Ancine junto com a TV BRASIL, pretende lançar mais um edital que contemplará também a região Nordeste,  para produção de conteúdos para as TVs Públicas. A SECOM/IRDEB também prepara novo edital para o segmento. No ano de 2014 o governo do estado da Bahia/SECULT, já realizou investimento via Fundo de Cultura no valor de R$ 6,5 milhões para o audiovisual baiano.

No Edital de Fomento à Produção Audiovisual Baiana 2014, aberto em julho de 2014, pela Secretaria de Comunicação Social do Estado, através do IRDEB, 1/3 dos recursos serão disponibilizados pelo IRDEB e os outros 2/3 serão investidos pelo Fundo Setorial do Audiovisual - FSA da ANCINE, por meio do Programa Brasil de Todas as Telas. O investimento para obras seriadas será de R$ 4.1 mi (quatro milhões e cem mil reais) e para documentários e telefilmes será de R$ 2.2 mi (dois milhões e duzentos mil de reais).

0 comentários:

Postar um comentário

 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©