1 2

Vida e obra de Guilherme Marback são retratadas em livro que será lançado no IGHB

Com distribuição gratuita ao público, o escritor Sylvio Marback lança, nesta quinta - 5 de julho, às 17 horas, no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, o livro “Guilherme Marback: itinerário de uma vida”. A obra narra a trajetória do advogado, professor, desportista, notário, político, administrador, e cidadão, que marcou passagem na vida pública, ocupando os mais expressivos cargos da esfera administrativa do Estado. Antecede o lançamento, um pronunciamento do autor, no auditório do IGHB, que mostrará ao público fotos inéditas de Guilherme Marback.

“A figura de Guilherme Carneiro da Rocha Marback deve ser reverenciada e sua memória cultuada, sendo um exemplo a ser seguido para os que, hoje, infelizmente, fazem da política, uma alavanca de condutas ilícitas, locupletando-se, concorrendo desse modo para o empobrecimento e maculando a vida pública brasileira”, defende o autor, Sylvio Marback, filho do biografado.

O prefácio é assinado pelo ex-governador Roberto Santos, com resumo de cada capítulo do livro, que vai desde a origem da família Marback a cronologia de vida do homenageado. “De várias formas, Guilherme Marback ofereceu o seu apoio a entidades filantrópicas, incluindo a Santa Casa de Misericórdia, o Rotary Club, campanhas contra a tuberculose, a Cruz Vermelha, o Instituto do Cegos e outras atividades semelhantes, que demonstraram “o seu inexcedível amor a Bahia”. De outra parte, foi um colecionador e leitor incansável de livros que alimentaram a sua cultura geral e profissional”, destaca o professor Roberto Santos.

A entrada para o evento é gratuita. O IGHB é apoiado pelo Fundo de Cultura (Secretaria de Cultura do Estado). Funciona de terça a sexta, das 13h às 18h. Mais informações no site www.ighb.org.br

  SERVIÇO 5 DE JULHO de 2018, às 17h
Guilherme Marback: itinerário de uma vida De autoria do escritor Sylvio Marback
Instituto Geográfico e Histórico da Bahia Avenida Joana Angélica, 43 – Piedade
Leia mais

Elvis is Back – Tributo ao Rei do Rock

ELVIS IS BACK: O MAIOR TRIBUTO AO REI DO ROCK DA AMÉRICA LATINA SE APRESENTA EM SALVADOR

Há exatos 41 anos, mais precisamente no dia 16 de agosto de 1977, o mundo se despedia de um dos maiores artistas de todos os tempos: ELVIS PRESLEY. Para recordar o eterno Rei do Rock, a Allcance Produções traz MARK RIO para Salvador o melhor artista em Tributo ao Elvis da América Latina e comprovadamente um dos melhores do mundo. As apresentações acontecerão nos dias 17 e 18 de agosto às 21h no Teatro da Casa do Comércio. Serão apenas duas únicas apresentações com ingressos limitados e preços a partir de R$40,00 para compras antecipadas. Garanta já o seu na bilheteria do Teatro ou através do site ingressorapido.com.br

Mais do que uma justa homenagem, um show completo realizado com o máximo de fidelidade possível, utilizando violão, joias e trajes norte-americanos semelhantes aos usados pelo Elvis nos anos 70 – auge da sua carreira quando realizou incríveis performances.
Vale ressaltar que o show conta com músicos da ETB (Elvis Tribute Band) rigorosamente selecionados para reproduzir, com o máximo de fidelidade possível, cada canção, mantendo as mesmas versões originas e o tom cantado pelo Elvis Presley. 
   
MARK RIO é mundialmente reconhecido pelo esmero e dedicação com que presta essa homenagem ao Rei do Rock. Reconhecido pela BBC de Londres, possui 7 importantes títulos internacionais. Tem também o respeito e o reconhecimento da Elvis Presley Enterprises (empresa que administra todos os bens e direitos de áudio e imagem do Elvis) destacando-se como um dos 4 melhores artistas em tributo ao Elvis pela Memphis USA (concurso sediado nos Estados Unidos). Além disso, é o único artista, da América Latina, selecionado para participar do maior concurso do mundo: O “The World’s Greatest Elvis” promovido pela BBC de Londres. Um momento marcante, na carreira do Mark, ocorreu quando ele foi ovacionado, pelo público americano, durante uma apresentação em Wichita Falls no mesmo palco onde Elvis se apresentou em 1956.

Se você admira o trabalho do Elvis, esta é a oportunidade de assistir a um tributo de qualidade e deixar-se emocionar por suas canções que desafiam o tempo. Uma oportunidade para encontrar outros fãs desse artista que continua mais vivo do que nunca em nossos corações.

SERVIÇO: Elvis is Back – Tributo ao Rei do Rock
Quando: 17 e 18 de agosto Hora: 21h
Onde: Teatro da Casa do Comércio Valor: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia)
Vendas: Bilheteria do Teatro ou pelo site ingressorapido.com.com Informações: 3003-0595
Classificação: Livre Realização: Allcance Produções
Leia mais

Viny Brasil faz nova turnê internacional


cantor e compositor Viny Brasil está de malas prontas para mais uma turnê pela Europa. O artista é atração confirmada ​ no festival ​ Brassefesten na Escandinávia, onde se apresenta entre os dias 13, 21 e 27 de julho e 3 e 4 de agosto. Pelo terceiro ano consecutivo o artista leva seu canto para o ​Brassefestenfestival que homenageia a cultura brasileira. 


Por mais de uma década fazendo shows em toda a Bahia com o forró tradicional, junto a sua banda Zambumbaião, que também dá nome a um dos seus CDs, o som de Viny Brasil vai além da festa e da dança. O cantor busca com a sua música valorizar a poesia e a cultura nordestina seguindo os passos já traçados por suas influências musicais como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, Anastácia, Alceu Valença, Zé Ramalho, Petrúcio Amorim, Xico Bizerra, Gilberto Gil, entre outros. 

“A paleta rítmica da Zabumbaião é uma celebração à musicalidade nordestina e tem como diferencial a vibração e a alegria evidenciadas através do Baião, Xote, Xaxado, Samba de coco e Galope”, explica Viny Brasil.

O artista procura sempre mesclar estilos musicais variados com o forró, fazendo releituras da música popular brasileira e resgatando pérolas do repertório nordestino, desenvolvendo assim um estilo único e pessoal. Além de cantor e compositor, Viny Brasil possui um estúdio musical (Estúdio B), local ao qual dedica boa parte do seu tempo às suas composições autorais e à produção do trabalho de outros artistas. Atualmente, além dos preparativos para a turnê europeia, Viny Brasil trabalha na finalização no seu mais novo projeto, o EP Hebraico Online.
 
Experiência internacional
Adicionando à longa estrada performances na Europa, Viny Brasil ficou em cartaz no Casinosolverde, na cidade portuguesa de Espinho nos verões de 2005 a 2007, e sua música cheia de brasilidade conquistou público e crítica tendo como ponto de destaque uma refinada seleção de repertório, o que rendeu à banda apresentações ao lado de artistas advindos dos mais variados países. Essa permuta cultural proporcionou grande amadurecimento sonoro à Zabumbaião, permitindo uma rica viagem pelos elementos da música internacional contemporânea e realçando a força da música nordestina de raiz.
Agenda: 
Sexta-feira 13/7= Strandcaféet Sandviken=Cidade: Sölvesborg
Sábado 21/7= Brassefesten - Cidade:Sölvesborg
Sexta-feira 27/7=Hanöhus beachbar- Cidade: "Sölvesborg"
Sexta feira 03/08- Pepes Bodega- Cidade: Bästad 
Sábado 04/08-  Badkrukan Beach Club”
Leia mais

Lançamento do DVD de Ferrugem em Salvador


Falta apenas um mês para o lançamento do DVD do cantor Ferrugem em Salvador, e a expectativa já toma conta da cidade. O evento acontece dia 04 de agosto, na Arena Fonte Nova. O público além de curtir o show do cantor carioca, poderá ainda desfrutar das apresentações do grupo Imaginasamba e dos cantores Péricles e Vitinho.

Os ingressos podem ser encontrados nos balcões Pida! Salvador Shopping e no Pida! Piedade, com setores de pista, frontstage, camarote open bar e espaço gold.

 Serviço: Evento: Lançamento do DVD de Ferrugem
Data: 04 de agosto Local: Arena Fonte Nova
Atrações: Ferrugem, Péricles, Imaginasamba e Vitinho
Vendas: Balcões Pida! Salvador Shopping e no Pida! Piedade
Leia mais

Hospital Martagão Gesteira inaugura loja no Center Lapa

Montar uma vitrine, atrair o público e arrecadar mais doações. Essa é a proposta da Loja do Bem, inaugurada na última terça-feira (03), no Shopping Center Lapa. Fruto de uma parceria do shopping com o Hospital Martagão Gesteira, a loja tem como objetivo incentivar a doação de uma forma diferente. Em uma loja, a princípio vazia, as doações entregues pelo público irão preencher os manequins, prateleiras e cabides. Ao final do dia, as peças são retiradas, para no dia seguinte dar espaço a novas doações.

Podem ser doadas roupas, alimentos, brinquedos, fraldas, material de limpeza e de higiene pessoal. Todo material será entregue ao Hospital Martagão Gesteira, que atende mais de 80 mil crianças e realiza mais de 500 mil atendimentos gratuitos, com referência para tratamentos de alta complexidade como neurocirurgia, cardiologia e oncologia.

Para a gerente de voluntariado do Hospital Martagão Gesteira, Márcia Guimarães, a Loja do Bem é uma oportunidade de assegurar mais atendimentos para as crianças. “Essa parceria é muito importante para o hospital, porque as doações conseguem assegurar algumas atividades e necessidades das famílias e crianças que são atendidas. O espaço no shopping é importante como um lugar de mobilização da sociedade, sem a qual não conseguiríamos assistir cerca de 80 mil crianças por ano", afirma Márcia Guimarães.

A Loja do Bem, localizada no piso L1 do Shopping Center Lapa, estará aberta ao longo do mês de julho, como uma celebração ao Dia da Caridade, comemorado em 19 de julho.
Leia mais

Dois de Julho 2018 terá como tema "Luta pela Paz"


 Os preparativos para os festejos da Independência do Brasil na Bahia, em Salvador, estão em fase final pela Prefeitura, através da Fundação Gregório de Mattos (FGM). "Luta pela Paz" é o tema das festividades para o Dois de Julho 2018. Este ano, o evento traz duas novidades: a primeira é a mudança da data e local do Te Deum que será celebrado no dia 02 de julho, às 06h30, na Paróquia da Lapinha; a segunda é o retorno do CONCURSO DE FACHADAS, que vai premiar com R$ 2 mil, R$ 1 mil e R$ 500, as três melhores decorações das fachadas situadas no trajeto do cortejo do 2 de Julho, entre a Lapinha e o Terreiro de Jesus (informações em anexo).

 Luta pela Paz
Fernando Guerreiro, presidente da FGM, trouxe o tema Luta pela paz pelo fato de que “estamos vivendo um período conturbado, muitos conflitos e radicalismo, principalmente no campo das relações humanas. A ideia é destacar esse lado do Dois de Julho, lembrando que esse movimento foi uma luta que objetivava a paz, o desejo de viver em paz e esse mote ficou esquecido... Na luta diária que travamos em nosso País, o que todo o povo brasileiro mais clama, nos dias de hoje, é viver em paz!”.

 O artista convidado para criar a marca deste ano foi Ray Vianna, que afirma considerar o 2 de julho “uma data muito simbólica para a Bahia. Representa a constante busca pelo direito à liberdade, a uma vida digna e a união de um povo. Pra mim como artista ligado às coisas de rua, as manifestações culturais públicas, fico muito honrado em poder contribuir. Particularmente acho uma festa linda, com o povo participando decorando suas casas e se fantasiando. Gosto muito de seguir o cortejo.”.

Programação
A programação das datas que marcam as lutas pela independência do Brasil na Bahia tem início no próximo dia 30 (sábado), com a saída do Fogo Simbólico da Cidade de Cachoeira, passando pelas cidades de Saubara, Santo Amaro da Purificação, São Francisco do Conde, Candeias, Simões Filho, com destino ao bairro de Pirajá em Salvador, conduzido pelos Soldados do Exercito e Atletas Baianos. O município de Cachoeira, ponto de partida da chama, teve extrema importância na luta pela libertação, por ter rompido com a Coroa Portuguesa em 25 de junho de 1822 e ter se tornado quartel general das tropas libertadoras que lutaram na Bahia contra a esquadra de Portugal.

No dia 1º de julho (domingo), os atos comemorativos começam às 16h, com a chegada do fogo simbólico ao bairro de Pirajá. No mesmo horário, haverá o acendimento da Pira, no Largo de Pirajá, o hasteamento das bandeiras por autoridades e a colocação de flores no túmulo do General Labatut.

 No dia 2 de julho (segunda), ápice das comemorações, uma alvorada com queima de fogos na Lapinha, às 6h, abre a programação da data. Às 06h30, tem inicio a celebração religiosa do Te Deum que, este ano, vai homenagear a arquiteta e historiadora Socorro Martinez, autora do livro 2 de Julho: a Festa é Historia. Às 07h30, Hasteamento das Bandeiras por Autoridades, com a execução do Hino Nacional pela Banda de Música da Marinha do Brasil, com a presença do Governador da Bahia, Rui Costa, do Deputado Estadual Ângelo Coronel - Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, do Prefeito de Salvador Antônio Carlos Peixoto de Magalhães Neto e do Presidente do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), Eduardo Morais de Castro.

Em seguida, acontece a Colocação de Flores no monumento ao General Labatut pelo Governador, Prefeito, Presidente da Assembleia, Presidente da Câmara de Vereadores de Salvador e Comandantes Militares e na sequência os carros emblemáticos do Caboclo e da Cabocla serão entregues pelo presidente do IGHB, para que desfilem pelas ruas do bairro da Liberdade, Santo Antônio Além do Carmo, Pelourinho e Avenida Sete de Setembro em direção ao Largo Dois de Julho (Campo Grande). O cortejo cívico que acompanha os carros do caboclo e da cabocla sai da Lapinha.

O 195º ano de comemorações do Dois de Julho será finalizado por volta das 17h, no Campo Grande, em ato simbólico de hasteamento das bandeiras do Brasil, Bahia e Salvador, colocação de coroas de flores no monumento ao 2 de julho pelas autoridades presentes e acendimento da Pira do Fogo Simbólico pelo pugilista Acelino “Popó” Freitas, atleta baiano que projetou internacionalmente o nome de seu estado e este ano terá produzida uma série sobre sua vida.

 Programação cultural – O dia 2 de julho será celebrado também com diversas atrações culturais. Uma delas é o XXVI Encontro de Filarmônicas sob regência do Maestro Fred Dantas, que ocorrerá das 17h30 às 21h30 da segunda-feira (02), no Campo Grande. Também no Campo Grande, na terça-feira (03), o público vai poder participar do Baile da Independência com a Orquestra do Maestro Fred Dantas, das 18h às 21h30.

Excepcionalmente numa quarta-feira (04), às 18h, o Espaço Cultural da Barroquinha apresenta o décimo quarto encontro da série Patrimônio É..., roda de conversa mensal sobre educação patrimonial que, desta vez, será dedicada especialmente à data magna da Bahia, com o tema Rotas da Independência. As celebrações serão encerradas às 18h30 do dia 5 de julho com a volta dos Carros Emblemáticos à Lapinha. O ato contará com a participação da orquestra do maestro Reginaldo de Xangô, Fanfarras e Grupos Culturais (ver programação completa em anexo).

Leia mais

Adriana Calcanhotto traz sua nova turnê "A Mulher do Pau Brasil" para Salvador


Com um repertório composto por seus grandes sucessos, releituras de canções como “As Caravanas” de Chico Buarque e canções inéditas, Adriana Calcanhotto traz sua nova turnê para Salvador, em única apresentação, dia 18 de agosto às 21h no Teatro Castro Alves. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro; nos SAC dos Shoppings Barra e Bela Vista e pela internet através do site www.ingressorapido.com.br

Intitulado “A Mulher do Pau Brasil”, o show estreou em Portugal e, a partir de agosto, irá percorrer as principais cidades do Brasil.

Um dado curioso, sobre esse novo show da artista, é que ele foi idealizado como “concerto-tese”, ou seja, uma conclusão da residência artística de ADRIANA CALCANHOTTO na Universidade de Coimbra, onde esteve nos últimos dois anos entre cursos e apresentações.

A imensa repercussão do show gerou uma turnê, que começou pela Europa, e agora chegou ao Brasil. Acompanhada por BEM GIL e BRUNO DI LULLO, Adriana elaborou um roteiro com músicas compostas durante sua estada no país lusitano; releituras (a exemplo da recente ‘As Caravanas’, de Chico Buarque), além dos seus já conhecidos clássicos como ‘Inverno’, ‘Vambora’, ‘Esquadros’ e etc.

A inédita canção-título abre o show em tom autobiográfico (‘Nasceu no Sul / Foi para o Rio / E amou como nunca se viu’) e também retoma o nome de um espetáculo do início da carreira de Adriana (‘A Mulher do Pau Brasil’), ainda em Porto Alegre nos anos 80. Foi quando começou a ser instigada pelo ‘Manifesto da Poesia Pau Brasil’, do modernista Oswald de Andrade e toda a sua influência no movimento tropicalista décadas depois. Tais temas sempre estiveram presentes em sua obra e ressurgiram com intensidade no período português.

Não é à toa que ‘Vamos Comer Caetano’, composta para o disco ‘Maritmo’ (1998), foi retomada no repertório e sublinha o conceito antropofágico da apresentação, através da ideia de devorar, se apropriar e reinventar a informação  que vem de fora.

“Costumavam me perguntar se eu já tinha virado portuguesa e eu sempre respondia que não. Nunca me senti tão brasileira como agora”, conta Adriana, que foi nomeada Embaixadora da Língua Portuguesa da Universidade de Coimbra no final de 2015.

SERVIÇO: Adriana Calcanhotto – Show “A Mulher do Pau Brasil”
Quando: 18 de agosto (sábado) Hora: 21h
Onde: Teatro Castro Alves – Sala Principal
Valor: R$ 150 (inteira) e R$ 75 (meia) das filas A a P
           R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia) das filas Q a Z6
           R$ 90 (inteira) e R$ 45 (meia) das filas Z7 a Z11

Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro, no SAC do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br
Informações: 3535-0600  Classificação: Livre Realização: Allcance Produções
Leia mais

Estatísticos apontam Espanha como país vencedor da Copa do Mundo


O Centro de Estudos do Risco do Departamento de Estatística da UFBA vem desenvolvendo cálculos em torno dos resultados da Copa do Mundo, elencando os times com mais chances de vitória. O projeto, que congrega também pesquisadores da USP e Ufscar, já definiu o vencedor da competição: a Espanha. O Brasil amargaria uma quinta colocação, sendo superado pelas seleções de Portugal, Bélgica e França e Espanha. As previsões do grupo foram certeiras em relação ao primeiro e segundo lugar das últimas três Copas do Mundo.

 Pelos cálculos dos técnicos, a final mais provável da Copa do Mundo acontecerá entre Portugal e Espanha, com 10,88% das probabilidades. E nem Cristiano Ronaldo, cinco vezes eleito como melhor jogador do mundo, conseguiria salvar o time português de uma possível derrota na maioria das simulações.

A metodologia do Centro de Estudo, que tem atualmente oito integrantes, faz uso da estatística bayesiana, que trabalha a probabilidade a partir de uma medida condicional de incerteza, considerando múltiplas variáveis. “Fazemos o casamento de informações objetivas e subjetivas. As objetivas são as pontuações da seleção no ranking de seleções publicada pelo ranking Fifa. As subjetivas são opiniões, palpites de especialistas para cada jogo da Copa. Trabalhamos com jornalistas esportistas, mas também aficionados por futebol”, explica Paulo Henrique da Silva, do Departamento de Estatística da UFBA, que considera essa junção como a grande vantagem do modelo.

Um exemplo de fatores subjetivos é a demissão do técnico da Espanha, já no início da competição. “Perder um comandante às vésperas da Copa traz um impacto sobre os jogadores”, diz Ricardo Rocha, outro membro da equipe. A contusão do jogador egípcio Salah ou do brasileiro Daniel Alves são outros fatores que influenciam nos resultados. “Para fazer os cálculos, consideramos todas essas variáveis e levamos em conta também a opinião dos especialistas”, explica Hugo Santana, professor da UFBA.

Para encontrar as probabilidades de vitórias e derrotas, são simuladas 100 mil copas fictícias, por meio de um programa de computador desenvolvido pelo centro de estudos. As previsões, que tiveram início antes mesmo da bola rolar, são atualizadas a cada rodada, incrementando os dados e aumentando as probabilidades de acerto..
Leia mais

Henrique Trindade da ARSAL homegeado na Câmara


A Câmara Municipal de Salvador, por iniciativa do vereador Henrique Carballal (PV), concedeu a Medalha Thomé de Souza ao diretor-presidente da Agência Reguladora e Fiscalizadora de Serviços Públicos de Salvador (Arsal), Henrique Gonçalves Trindade. A sessão solene foi realizada com o Plenário Cosme de Farias, na noite de 11 de junho.

"Quando a Câmara presta homenagem a um homem como Henrique Gonçalves Trindade demonstra a importância e a força dos exemplos. O trabalho só consegue frutos se for feito de forma coletiva. Considero o homenageado como um irmão e aprendi a admirá-lo. Tudo o que ele fala sobre ética, não fica só no discurso. O dia de hoje é uma homenagem a um homem de bem. A saída das sombras da nossa sociedade é pela prática", destacou Henrique Carballal,

Emocionado, após receber a honraria, Henrique Trindade falou sobre a sua trajetória e agradeceu a esposa Luciana e os quatro filhos por todo o apoio nos momentos mais difíceis. "Sem a minha família, não seria nada. Vocês são meu princípio meio e fim", disse.

Formado em Economia e em Direito, Henrique Trindade já exerceu os cargos de secretário da Promoção Social e Combate à Pobreza de Salvador, no período de abril de 2014 a março de 2015, e de coordenador do projeto de capacitação de Secretária Municipal da Educação e da Secretária Estadual da Educação (Fundação Luís Eduardo Magalhães).

Especialista em Direito Tributário e Direito Empresarial, Henrique Trindade também já ocupou a chefia da Assessoria Jurídica do Instituto de Previdência de Salvador, entre os anos de 1997 e 1999. O advogado, que é membro do Rotary Club Salvador, já presidiu a entidade por duas vezes, de 2011 a 2012 e de 2014 a 2015. Atualmente, ele exerce o cargo de governador do Distrito 4550 do Rotary Club.




Leia mais

Domingo no TCA apresenta Maviael Melo

No mês de junho, o Teatro Castro Alves (TCA) transforma o Domingo no TCA num ambiente de valorização da cultura popular nordestina com o show “Áries da Canção”, de Maviael Melo. O espetáculo será no dia 17, às 11h, e os ingressos custam R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia), vendidos apenas no dia do evento, a partir das 9h, com acesso imediato ao teatro.

 Poeta, cantador, músico, compositor, cordelista e arte educador, Maviael Melo nasceu em Iguaraci, Pernambuco, no primeiro dia de Áries. De puro impulso e fogo, ele busca estar na vanguarda da música regional do Nordeste, na qual representa dois estados: o de seu nascimento e a Bahia, onde vive.

 Em “Áries da Canção”, Maviael assume toda a força do seu signo. O nome do espetáculo também batiza o álbum, gravado em maio do ano passado, que inclui CD, DVD, LP e um livro de poesias. No repertório, composições autorais e inéditas se mesclam com declamações de poesias. As canções vêm com arranjos do violinista Marcelo Fonseca e a direção artística é de Andrezão Simões. O show é repleto de sopros e cordas, em uma vibrante mistura entre o popular e o erudito.

 DOMINGO NO TCA – O Domingo no TCA é uma iniciativa do Teatro Castro Alves, Funceb e SecultBA, que se compromete em ampliar e diversificar o seu público frequentador, oferecendo-lhe acesso a espetáculos qualificados, das mais diversas linguagens artísticas. Ao longo de 10 anos e mais de 100 edições, o projeto engloba apresentações de música, teatro, dança, circo, cinema, de variados estilos e proposições estéticas, da Bahia, do Brasil e do mundo.

 DOMINGO NO TCA Maviael Melo – Áries da Canção
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Quando: 17 de junho (domingo), 11h
Quanto*: R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia)
* Vendas somente no dia, a partir de 9h, com acesso imediato do público.
Leia mais

Reitor da UFBA lança livro de filosofia

O reitor da Universidade Federal da Bahia, João Carlos Salles, lança nesta quarta-feira, 13 de junho, às 17 horas, na Reitoria, o livro Análise & Gramática: mais estudos sobre Ernest Sosa e Wittgenstein (Quarteto Editora, Salvador, 2018). São seis textos, alguns publicados individualmente em periódicos em 2017 e 2018, sendo que três lidam com trabalhos de Sosa nas origens de sua epistemologia das virtudes, e três debruçam-se sobre Wittgenstein, tanto o do Tractatus Logico-Philosophicus quanto o da Anotações sobre as cores.

 O retorno de João Carlos Salles a esse segundo trabalho que ele editou, anotou e traduziu há quase duas décadas, traz uma série de novas contribuições à compreensão e aos desdobramentos dessa “devastadora crítica de Wittgenstein à análise fenomenológica de Goethe” em Doutrina das cores, e expostas tanto no texto de título irônico Para não dizer que não (mais) falei das cores quanto em O paradoxo de Goethe.

Leia mais

Chaves e Chapolin já superam a marca de 1 milhão de streamings

Isso, isso, isso, isso! Só 15 dias depois de chegarem no NOW, as aventuras de Chaves e Chapolin já superam a marca de 1 milhão de streamings na plataforma. É muita astúcia desses dois personagens queridos e suas turmas.

A exibição acontece todos os dias, às 23 horas, pelo Multishow (42 e 542 HD), com episódios inéditos e em ordem cronológica, que entram no NOW sempre no dia seguinte e ficam disponíveis por mais 30 dias para os assinantes curtirem quantas vezes quiserem, ainda que seja ‘sem querer, querendo’.

 Para acompanhar Chaves e Chapolin no NOW, os clientes da NET e Claro TV acessam a plataforma pelo site nowlonline.com.br ou app para tablets e smatphones. Os NETs, com pacote HD, também assistem os episódios pelo canal 1 do controle remoto.
Leia mais

Henrique Trindade homenageado com a Ordem do Mérito Naval


Em solenidade realizada nesse sábado (09/06), no Farol da Barra, em Salvador, o advogado Henrique Gonçalves Trindade, presidente da Arsal Salvador - Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador e governador do Rotary Internacional Distrito 4550, recebeu das mãos do Vice - Almirante Almir Garnier, a medalha da Ordem do Mérito Naval – Marinha do Brasil.


Além da medalha da Ordem do Mérito Naval, Henrique Trindade foi admitido no Grau de Cavaleiro, por seus serviços prestados à Marinha, e recebeu o diploma comemorativo, expedido pelo comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacelllar.


A Ordem do Mérito Naval foi criada em 11 de julho de 1934 e destina-se a premiar os Millitares da Marinha e personalidades civis e militares que prestaram relevantes serviços à Marinha do Brasil.
Leia mais

Miguel Rio Branco expõe na Galeria Paulo Darzé

A Galeria Paulo Darzé abre nesta sexta exposição "cabisbaixo no paraíso" de Miguel Rio Branco, às 19,00 h.
Leia mais

Marinha homenageia Henrique Trindade


MARINHA DO BRASIL HOMENAGEIA HENRIQUE

GONÇALVES TRINDADE COM A ORDEM DO MÉRITO NAVAL


Em solenidade realizada nesse sábado (09/06), no Farol da Barra, em Salvador, o advogado Henrique Gonçalves Trindade, presidente da Arsal Salvador -  Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador e governador do Rotary Internacional Distrito 4550, recebeu das mãos do Vice - Almirante Almir Garnier, a medalha da Ordem do Mérito Naval – Marinha do Brasil.
Além da medalha da Ordem do Mérito Naval, Henrique Trindade foi admitido no Grau de Cavaleiro, por seus serviços prestados à Marinha, e recebeu o diploma comemorativo, expedido pelo comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacelllar.
A Ordem do Mérito Naval foi criada em 11 de julho de 1934 e destina-se a premiar os Millitares da Marinha e personalidades civis e militares que prestaram relevantes serviços à Marinha do Brasil.



Leia mais

Brasil, Cabo Verde e Portugal realizam 7ª edição do projeto K Cena de Teatro Lusófono

A iniciativa estimula o protagonismo criativo, a criação colaborativa, a formação cidadã e o desenvolvimento de experiências literárias para a valorização da escrita e da língua portuguesa. O Teatro Vila Velha (Salvador/BA) representa o Brasil na iniciativa, juntamente com o Teatro Viriato (Portugal) e o Instituto Camões/Centro Cultural Português - Pólo do Mindelo, com o apoio local da Mindelact – Associação Artística e Cultural (Cabo Verde)
Criado em 2012, o núcleo de encenadores do "K CENA – Projeto Lusófono de Teatro" é formado por Graeme Pulleyn e Paulo Miranda (Portugal), João Branco (Cabo Verde), Marcio Meirelles e Chica Carelli (Brasil), diretora que será responsável pela montagem de "Temporal", peça escrita pelos portugueses Gabriel Gomes e Sofia Moura, pelo brasileiro Rafael Medrado e pela caboverdiana Lisa Reis, sob o título "Tempostade".
"O texto é uma reflexão sobre a humanidade e sua relação com o tempo. Como projetamos o que virá, com base em nossas experiências, em tudo o que já passou; numa relação dinâmica entre passado, presente e futuro", comenta o autor Rafael Medrado, acrescentado que "há um foco considerável nas impressões sobre o tempo durante nossa juventude, quando tínhamos menos experiências que na vida adulta. Essas mudanças de expectativa também são importantes para nosso argumento", conclui. O espetáculo será apresentado nos dias 25 e 26 de Junho, 20h, na sala principal do Teatro Vila Velha. Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

Esta sétima edição do K Cena dá continuidade aos processos entre esses três pólos de intercâmbio; incluindo nesse novo ciclo soteropolitano participantes de todas as idades, a partir dos 17 anos. Tomando como base um tema, peça ou mote comum, experiências e referências dos grupos locais, são criadas releituras e dramaturgias muito singulares para cada país. Todas envolvendo pessoas de diferentes realidades e contextos socioculturais, mas ligadas pela língua portuguesa, quarta mais falada do mundo (por 244 milhões de pessoas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP) formada por nove Estados-Membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Portugal, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
"O projeto de intercâmbio K Cena tem tudo a ver com a própria essência do teatro: o encontro de pessoas com diferentes culturas, experiências de vida e de fazer artístico, que se reúnem pra refletir sobre o mundo neste momento. Claro que toda montagem é uma aventura, no sentido que nunca sabemos onde iremos chegar, mas para mim tem sido incrível", avalia a diretora Chica Carelli.
Nesse trânsito dos encenadores entre os três países integrantes do programa, Carelli também dirigiu em 2017 o espetáculo "Somos Todos UBU", criado a partir dos textos de "O Rinoceronte" (Eugène Ionesco) e "Ubu Rei" (Alfred Jarry); e em 2016 montou o espetáculo "A Grande Ressaca", em conjunto com Pulleyn e Branco, na cidade de Viseu (Portugal), a partir dos textos de Matéi Visniec ("Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias").
Em 2018, o Teatro Nacional D. Maria II, de Lisboa, e o Teatro Nacional São João, do Porto, embarcam nessa nova etapa, através do primeiro encontro de Dramaturgia K Cena, para o qual foram convidados Gabriel Gomes, Sofia Moura, Rafael Medrado e Lisa Reis. Dessa forma, nasce "A Tempostade", texto que serve de ponto de partida para três espetáculos distintos em Salvador (BR), no Mindelo (CV) e em Viseu (PT). "Foi incrível a ligação desde o início e a facilidade com que remamos todos para o mesmo lado neste barco, que foi a escrita do espetáculo. As ideias de todos fluíam de forma tão natural que, hoje, por vezes já nem nos lembramos quem escreveu o quê, quem inventou que personagem, quem sugeriu que ideia", relembra Gabriel Gomes.
O ator baiano Rodrigo Lelys, ex-participante do K Cena em 2015 e 2017, retorna novamente nesse intercâmbio como assistente de direção. A partir dessas edições, até a atual, a universidade LIVRE de teatro vila velha se torna um parceiro regular do projeto. "Você acaba tendo acesso a uma outra cultura, a outros tipos de teatro, vamos criando mais repertório. A gente acaba se familiarizando com textos de compreensão mais complexas através do Teatro", conclui Lelys.
Há mais de 10 anos no K Cena, Graeme Pulleyn vê com muito otimismo esse projeto. "Esperamos no futuro próximo alargar para outros países lusófonos, trazendo diferentes formas de fazer teatro, num projeto que atravessa o Atlântico em três sentidos", comenta.
O encenador e diretor artístico do Teatro Vila Velha, Márcio Meirelles, que já dirigiu três montagens do K Cena, tanto em Portugal quanto em Cabo Verde, reconhece no projeto o seu grande potencial de formação cidadã. "É um projeto bonito, que lida com a juventude e com a formação de possíveis atores, artistas de teatro ou possíveis frequentadores de teatro, mas com certeza futuros seres humanos melhores, mais ricos, com uma visão mais complexa do mundo, com questões que podem ajudar a ser melhor, sempre, mesmo que eles não estejam no palco ou na plateia", ratifica Meirelles.
A primeira etapa dessa sétima edição do K Cena ocorreu na cidade de Viseu (Portugal), no mês de abril, com as apresentações do espetáculo "Tempostade", sob a direção de Pulleyn.

ESPETÁCULOS JÁ MONTADOS PELO K CENA
2018 - TEMPOSTADE (Graeme Pulleyn/Portugal)
2017 - A BESTA (Graeme Pulleyn/Brasil); SOMOS TODOS UBU – UMA COMÉDIA ABSURDA (Chica Carrelli/Cabo Verde); UBULÂNDIA (Paulo Miranda e João Branco/Portugal).
2016 - A GRANDE RESSACA (Chica Carelli, Graeme Pulleyn e João Branco/Portugal)
2015 - DO-EU (João Branco/Brasil); ANATOMIA DO MEDO (Graeme Pulleyn/Cabo Verde); VOCÊ TEM MEDO DO ESCURO? (Márcio Meirelles/Portugal)
2014 - DQ2014 (Graeme Pulleyn/Brasil); EM DEFESA DAS CAUSAS PERDIDAS (Márcio Meirelles/Cabo Verde); DULCINEIA JÁ NÃO MORA AQUI (João Branco/Portugal).
2013 - QUARTO DO NUNCA (João Branco/Brasil); PANDEMÓNIO – UM OLHAR CRIOULO SOBRE O PETER PAN (Graeme Pulleyn/Cabo Verde); SEMPRE EM FRENTE ATÉ AO AMANHECER (Márcio Meirelles/Portugal).

Leia mais

Marinha celebra a Batalha Naval do Riachuelo

Vários eventos em Salvador celebram os 153 anos da Batalha Naval do Riachuelo     Entre os dias 6 e 17 de junho, o Comando do 2º Distrito Naval promoverá uma série de eventos em comemoração ao 153º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha do Brasil. Nesta quarta-feira (6), a partir das 19h, a Câmara Municipal de Salvador realiza uma sessão especial alusiva à data, no plenário Cosme de Farias. Às 9h da sexta-feira (8) o Comandante do 2º Distrito Naval e o Presidente da Associação Comercial da Bahia realizam uma aposição floral no monumento em homenagem aos heróis da Batalha Naval do Riachuelo, na Praça Riachuelo, no bairro do Comércio. No sábado (9), a tradicional cerimônia militar será realizada, a partir das 10h, no Forte de Santo Antônio da Barra (Farol da Barra), com a leitura da mensagem presidencial alusiva à data e imposição de condecorações da "Ordem do Mérito Naval" a personalidades e autoridades civis e militares, além de salva de tiros disparados por navio da Marinha. Também na manhã do sábado (9), navios subordinados ao Comando do 2º Distrito Naval realizam um desfile naval no trecho da orla marítima entre o Morro do Cristo e o Farol da Barra. No mesmo dia, entre 9h e 17h30, no largo do Farol da Barra, uma exposição reunirá equipamentos, armamentos, réplicas, material de sinalização náutica, informações sobre segurança aquaviária e como ingressar na Marinha, além de um simulador de navegação.   No dia 16 de junho, a 40ª edição da Regata Marcílio Dias, que leva o nome de um dos heróis que tombaram na Batalha Naval do Riachuelo, reúne veleiros nas categorias oceano e monotipo, com largadas na praia junto à Capitania dos Portos da Bahia, no Comércio, a partir das 12h. No dia 17 de junho, a partir das 7h, a 36ª edição da tradicional Corrida Rústica Riachuelo fecha a programação, com percursos de 5 e 10 km e corrida representativa de pelotões, com largada e chegada em frente ao Farol na Barra. A cerimônia de premiação, que acontece logo após a corrida, será abrilhantada pela Banda de Música do 2º Distrito Naval.   A importância histórica da Batalha Naval do Riachuelo Considerada pelos historiadores como um momento decisivo na Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), a Batalha Naval ocorreu na manhã do dia 11 de junho de 1865, na foz do Riachuelo, afluente do Rio Paraná, próximo à cidade de Corrientes na Argentina. Naquele episódio, a Esquadra Brasileira, liderada pelo Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva, travou uma intensa luta contra as forças oponentes. A resistência brasileira foi heroica: no combate, diversos brasileiros lutaram até a morte, dentre eles o Guarda-Marinha Greenhalgh e o Imperial-Marinheiro Marcílio Dias. Até aquela data, as forças da Tríplice Aliança não detinham a iniciativa na guerra. Com a vitória naquela Batalha, o Brasil assumiu o protagonismo no conflito, bloqueando a navegação adversária e possibilitando aos aliados o acesso aos rios que formavam as principais artérias do teatro de operações de guerra. Riachuelo representou a primeira grande vitória da Tríplice Aliança no maior conflito armado já ocorrido na América do Sul, sendo até hoje bastante lembrada e justamente comemorada.
   Serviço:   · 6 de junho: Sessão Especial na Câmara Municipal de Salvador Entrada mediante convite, na Câmara Municipal de Salvador, a partir das 19h. · 8 de junho: Aposição Floral no Monumento Riachuelo Aberta ao público, na Praça Riachuelo (Comércio), às 9h.   · 9 de junho: Cerimônia Militar Entrada mediante convite, a partir das 10h, no Museu Náutico da Bahia (Farol da Barra). · 9 de junho: Desfile Naval Aberta ao público, na orla de Salvador (orla Barra - Ondina), a partir das 9h. · 9 de junho: Exposição Temática Aberta ao público, no largo do Farol da Barra, das 9h às 17h30. · 16 de junho: 40ª Regata Marcílio Dias Aberto para participantes na Capitania dos Portos da Bahia, a partir das 12h. · 17 de junho: 36ª Corrida Rústica Riachuelo Aberta ao público, no Largo do Farol da Barra, a partir das 7h.
Leia mais

Brasil, Cabo Verde e Portugal realizam Teatro Lusófono


A iniciativa estimula o protagonismo criativo, a criação colaborativa, a formação cidadã e o desenvolvimento de experiências literárias para a valorização da escrita e da língua portuguesa. O Teatro Vila Velha (Salvador/BA) representa o Brasil na iniciativa, juntamente com o Teatro Viriato (Portugal) e o Instituto Camões/Centro Cultural Português - Pólo do Mindelo, com o apoio local da Mindelact – Associação Artística e Cultural (Cabo Verde)
Criado em 2012, o núcleo de encenadores do "K CENA – Projeto Lusófono de Teatro" é formado por Graeme Pulleyn e Paulo Miranda (Portugal), João Branco (Cabo Verde), Marcio Meirelles e Chica Carelli (Brasil), diretora que será responsável pela montagem de "Temporal", peça escrita pelos portugueses Gabriel Gomes e Sofia Moura, pelo brasileiro Rafael Medrado e pela caboverdiana Lisa Reis, sob o título "Tempostade".
"O texto é uma reflexão sobre a humanidade e sua relação com o tempo. Como projetamos o que virá, com base em nossas experiências, em tudo o que já passou; numa relação dinâmica entre passado, presente e futuro", comenta o autor Rafael Medrado, acrescentado que "há um foco considerável nas impressões sobre o tempo durante nossa juventude, quando tínhamos menos experiências que na vida adulta. Essas mudanças de expectativa também são importantes para nosso argumento", conclui. O espetáculo será apresentado nos dias 25 e 26 de Junho, 20h, na sala principal do Teatro Vila Velha. Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

Esta sétima edição do K Cena dá continuidade aos processos entre esses três pólos de intercâmbio; incluindo nesse novo ciclo soteropolitano participantes de todas as idades, a partir dos 17 anos. Tomando como base um tema, peça ou mote comum, experiências e referências dos grupos locais, são criadas releituras e dramaturgias muito singulares para cada país. Todas envolvendo pessoas de diferentes realidades e contextos socioculturais, mas ligadas pela língua portuguesa, quarta mais falada do mundo (por 244 milhões de pessoas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP) formada por nove Estados-Membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Portugal, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
"O projeto de intercâmbio K Cena tem tudo a ver com a própria essência do teatro: o encontro de pessoas com diferentes culturas, experiências de vida e de fazer artístico, que se reúnem pra refletir sobre o mundo neste momento. Claro que toda montagem é uma aventura, no sentido que nunca sabemos onde iremos chegar, mas para mim tem sido incrível", avalia a diretora Chica Carelli.
Nesse trânsito dos encenadores entre os três países integrantes do programa, Carelli também dirigiu em 2017 o espetáculo "Somos Todos UBU", criado a partir dos textos de "O Rinoceronte" (Eugène Ionesco) e "Ubu Rei" (Alfred Jarry); e em 2016 montou o espetáculo "A Grande Ressaca", em conjunto com Pulleyn e Branco, na cidade de Viseu (Portugal), a partir dos textos de Matéi Visniec ("Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias").
Em 2018, o Teatro Nacional D. Maria II, de Lisboa, e o Teatro Nacional São João, do Porto, embarcam nessa nova etapa, através do primeiro encontro de Dramaturgia K Cena, para o qual foram convidados Gabriel Gomes, Sofia Moura, Rafael Medrado e Lisa Reis. Dessa forma, nasce "A Tempostade", texto que serve de ponto de partida para três espetáculos distintos em Salvador (BR), no Mindelo (CV) e em Viseu (PT). "Foi incrível a ligação desde o início e a facilidade com que remamos todos para o mesmo lado neste barco, que foi a escrita do espetáculo. As ideias de todos fluíam de forma tão natural que, hoje, por vezes já nem nos lembramos quem escreveu o quê, quem inventou que personagem, quem sugeriu que ideia", relembra Gabriel Gomes.
O ator baiano Rodrigo Lelys, ex-participante do K Cena em 2015 e 2017, retorna novamente nesse intercâmbio como assistente de direção. A partir dessas edições, até a atual, a universidade LIVRE de teatro vila velha se torna um parceiro regular do projeto. "Você acaba tendo acesso a uma outra cultura, a outros tipos de teatro, vamos criando mais repertório. A gente acaba se familiarizando com textos de compreensão mais complexas através do Teatro", conclui Lelys.
Há mais de 10 anos no K Cena, Graeme Pulleyn vê com muito otimismo esse projeto. "Esperamos no futuro próximo alargar para outros países lusófonos, trazendo diferentes formas de fazer teatro, num projeto que atravessa o Atlântico em três sentidos", comenta.
O encenador e diretor artístico do Teatro Vila Velha, Márcio Meirelles, que já dirigiu três montagens do K Cena, tanto em Portugal quanto em Cabo Verde, reconhece no projeto o seu grande potencial de formação cidadã. "É um projeto bonito, que lida com a juventude e com a formação de possíveis atores, artistas de teatro ou possíveis frequentadores de teatro, mas com certeza futuros seres humanos melhores, mais ricos, com uma visão mais complexa do mundo, com questões que podem ajudar a ser melhor, sempre, mesmo que eles não estejam no palco ou na plateia", ratifica Meirelles.
A primeira etapa dessa sétima edição do K Cena ocorreu na cidade de Viseu (Portugal), no mês de abril, com as apresentações do espetáculo "Tempostade", sob a direção de Pulleyn.

ESPETÁCULOS JÁ MONTADOS PELO K CENA
2018 - TEMPOSTADE (Graeme Pulleyn/Portugal)
2017 - A BESTA (Graeme Pulleyn/Brasil); SOMOS TODOS UBU – UMA COMÉDIA ABSURDA (Chica Carrelli/Cabo Verde); UBULÂNDIA (Paulo Miranda e João Branco/Portugal).
2016 - A GRANDE RESSACA (Chica Carelli, Graeme Pulleyn e João Branco/Portugal)
2015 - DO-EU (João Branco/Brasil); ANATOMIA DO MEDO (Graeme Pulleyn/Cabo Verde); VOCÊ TEM MEDO DO ESCURO? (Márcio Meirelles/Portugal)
2014 - DQ2014 (Graeme Pulleyn/Brasil); EM DEFESA DAS CAUSAS PERDIDAS (Márcio Meirelles/Cabo Verde); DULCINEIA JÁ NÃO MORA AQUI (João Branco/Portugal).
2013 - QUARTO DO NUNCA (João Branco/Brasil); PANDEMÓNIO – UM OLHAR CRIOULO SOBRE O PETER PAN (Graeme Pulleyn/Cabo Verde); SEMPRE EM FRENTE ATÉ AO AMANHECER (Márcio Meirelles/Portugal).

Leia mais
 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©