1 2

Maestro Keiler Rego prepara Oratório para o Natal

O maestro Keiler Rego resolveu formar um grupo coral para cantar e celebrar os festejos natalinos de Salvador. Trata-se do Oratório de Natal, uma ideia com as mesmas características do Oratório de Santo Antônio, que ele também organiza e já é uma tradição na cidade. O projeto é aberto a todos os interessados, não necessariamente pessoas com experiência em canto. Os ensaios já começam em setembro. Antes disso, no dia 19 de agosto, às 15 horas, no Museu Costa Pinto, o maestro faz o lançamento oficial do coral e do seu repertório, incluindo uma prévia do que será apresentado no Natal.

As inscrições já se encontram abertas. Os inscritos participarão de uma oficina de canto ministrada pelo maestro durante os meses de setembro, outubro e novembro. As aulas contemplarão técnicas vocais e escolha do repertório, que será formado por canções folclóricas e populares de conteúdo natalino, evocando o nascimento de Jesus e outras motivações típicas do período. As apresentações ocorrerão em diversos locais da cidade. Informações: 99972-0551. Vagas limitadas.
Leia mais

Candidata ao Prêmio Nobel da Paz, Paulina Chiziane, virá á Bahia

Com um vasto histórico na defesa de causas que lhe são caras, como a justiça e igualdade nas relações humanas, Paulina Chiziane virá à sétima edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), que acontece entre os dias 5 e 8 de outubro. Reconhecida como a primeira mulher a publicar um romance em Moçambique, a escritora compõe a mesa “A Máxima Potência que Habita as Palavras”, no sábado, dia 07, que terá a mediação de Lívia Natália e a participação de Elisa Lucinda. 
Autora de trabalhos em forma de romance, conto e drama, ganhou o prêmio José Craveirinha pela obra "Niketche", em parceria com Mia Couto; a Ordem Infante Henrique, pelo governo português; a Ordem de Oficial do Cruzeiro do Sul, pelo Governo do Brasil; e o  troféu Raça Negra, edição 2014. Sua obra foi traduzida em vários idiomas, com homenagens nacionais e internacionais, transformadas em dramaturgia, dança, música, artes plásticas e radionovela. 
Seu primeiro livro foi lançado em 1990, o romance "Balada de amor ao vento". Também é autora dos romances "Ventos do apocalipse" (1992), "O sétimo juramento" (2000), "Niketche – uma história de poligamia" (2002) e "O alegre canto da perdiz (2007)”. Em 2008 publicou o livro de contos "As andorinhas". 
"As heroínas sem nome", em coautoria com a angolana Dya Kassembe (2008), e "Quero ser alguém" (2011) são seus livros de entrevistas. Escreveu também os ensaios "Na mão de Deus", em coautoria com Maria do Carmo da Silva (2012), Por quem Vibram os Tambores do Além, com coautoria de Rasta Pita (2013), e "Ngoma Yethu”, com Mariana Martins (2015). Também é autora do drama "Ocupali" (2016). Este ano, lançou os versos poéticos "O Canto dos Escravos". 
Sua obra lhe valeu a nomeação como uma das mil mulheres pacíficas do mundo pelo Movimento Internacional de Paz, One Thousand Peace Women, 2005, publicações de contos em jornais da Europa, Ásia, Africa e América, e participação em conferências de arte e literatura em Moçambique e em diferentes universidades da Europa, Ásia, Africa e América. 
Em 2005, foi candidata ao Prêmio Nobel da Paz pelo movimento One Thousand Peace Womem for Nobel Prize, em reconhecimento ao seu trabalho de escrita militante pela causa da justiça e igualdade nas relações humanas do seu país, reconhecimento do trabalho social na promoção da mulher e dos grupos esfavorecidos. 
Flica 2017 - A sétima edição da Flica, entre os dias 5 e 8 de outubro, segue trazendo para o Recôncavo Baiano influentes nomes da literatura nacional e internacional, com programação para adultos e crianças. Em 2017, estão programados debates literários, lançamento de livros, exposições, apresentações artísticas, contações de histórias e saraus. 
A festa costuma atrair mais de 20 mil visitantes a Cachoeira. Uma novidade deste ano será a curadoria. O escritor e jornalista Tom Correia assume a função ocupada, em 2016, por Emmanuel Mirdad, um dos idealizadores e coordenador geral da Flica. 
Leia mais

Ex-ministro Bresser Pereira fará palestra em ciclo de debates na UFBA

 A Universidade Federal da Bahia realizará nos dias 11, 14 e 24 de agosto, no Campus de Ondina e também no Salão Nobre da Reitoria, o ciclo de debates “Desenvolvimento, Sociedade e Intervenções Governamentais”. O evento contará com uma conferência do economista e cientista político Luiz Carlos Bresser-Pereira, que abordará o tema “A Reconstrução de um Projeto Democrático e Nacional para o Brasil”.

O ciclo dá início à programação preparatória do Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da UFBA 2017, que ocorrerá entre os dias 16 e 18 de outubro deste ano. “Tanto o ciclo como o Congresso estão fortemente relacionados à complexidade e dinâmica do contexto atual e têm por objetivo expandir conhecimentos no sentido de contribuir para o fortalecimento do Estado Democrático de Direito no Brasil e para a construção de uma nação justa e fraterna, de acordo com as aspirações de grande parte da sua população”, destaca o professor Murilo Philigret, assessor especial do reitor da UFBA.

O Congresso UFBA 2017, destaca Philigret, também está articulado ao Fórum Social Mundial, que acontecerá na UFBA entre os dias 13 e 17 de março de 2018.  Com o tema “Resistir é criar, resistir para transformar”, o evento mundial reunirá movimentos sociais de todos os continentes com o objetivo de elaborar alternativas para uma transformação social global sob o lema “outro mundo é possível”.

As três sessões que compõem o Ciclo buscam promover reflexões políticas, bem como qualificar os debates sobre a crise atual brasileira. A participação de professores pesquisadores, de profissionais do Governo da Bahia e de estudantes bolsistas, ao longo do ciclo, terá o reforço de especialistas, trabalhos e contribuições de outras universidades e de entidades profissionais, a exemplo do Conselho Federal de Economia. A Edufba também fará parte das sessões, com stands para a venda de livros dos palestrantes e de autores da UFBA.
Leia mais

Divina Valéria e Mario Ulloa apresentam show na casa de Vinicius de Moraes

A musa Divina Valéria e o violonista Mario Ulloa apresentam show musical em 26 de agosto na Casa di Vina, restaurante e memorial localizado na antiga casa de Vinicius de Moraes e Gessy Gesse em Itapuã. A noite contará com a presença especial da própria Gesse, esposa do Poetinha e amiga de Valéria de longas datas.
"Bar da Noite" une música e teatro: no palco, a performer Valéria conta curiosas histórias vividas por ela nos bares da noite, ao lado de personalidades como Maysa, Aracy de Almeida, Vinicius de Morais, Norma Bengell, Lupicínio Rodrigues, Dalva de Oliveira, Nana Caymmi, Emílio Santiago e Charles Aznavour.

No repertório musical, composições de Lupicínio Rodrigues, Vinicius de Moraes, Lúcio Cardim, Noel Rosa, Herivelto Martins, Paulo Vanzolini, Roberto Menescal, Ronaldo Bôscoli e, por que não, Pablo. A interpretação e o estilo únicos de Divina Valéria encontram a sonoridade do violão de Mário Ulloa, em uma noite para afogar as mágoas com estilo e repertório de primeira.

 A apresentação, que faz parte do projeto Noite di Vina, está marcada para as 21h do sábado com couvert a R$ 20,00, e aposta em outras linguagens artísticas, como a poesia, para enriquecer o evento que tem tom de sarau.  "Este é um espaço onde os artistas são convidados a se reunir e onde o público pode apreciar atrações culturais de qualidade", explica a idealizadora do projeto, a atriz Luisa Proserpio.

SERVIÇO: Show Divina Valéria & Mario Ulloa - Bar da Noite
Onde: Restaurante Casa di Vina. Rua Flamengo, 44, Farol de Itapuã, em frente à Praça Vinicius de Moraes
Quando: sábado, 26 de agosto, 21h Quanto: R$ 20,00
Atendimento à Imprensa: Luisa Proserpio (71) 98887-2152  -  luisaproserpio@gmail.com
Leia mais

Atores baianos estreiam nos cinemas com a comédia “A Finada Mãe da Madame”

Com participação da atriz Ângela Vieira, Rafael Medrado e Andréa Nunes encararam o desafio de interpretar personagens cômicos dos anos 1970 

A comédia baiana “A Finada Mãe da Madame” estreia no dia 24 de agosto, com exibição nas principais salas de cinema de Salvador. O filme traz duas estreias: os atores Rafael Medrado, pela primeira vez nas telonas, e Andréa Nunes, que encarou o desafio de fazer comédia pela primeira vez. O longa-metragem narra uma noite bastante agitada na vida de um casal e promete ser muito divertida. O elenco conta ainda com Ângela Vieira, Harildo Déda, João Lima, Margarida Laporte, Alan Miranda e Bertrand Duarte.    

Sobre o diretor – Bernard Attal nasceu na França e mora no Brasil há mais de dez anos. Depois de se formar em economia e direito e de fazer carreira no mundo empresarial, estudou cinema na New School de Nova York, antes de dirigir os curtas-metragens “29 Polegadas” (2005), “Ilha do Rato” (2006) e “Passeio de Bicicleta” (2009), premiados em festivais no mundo inteiro, inclusive Palm Springs, London-BFI e Clermont-Ferrand. Ainda em 2009, Attal dirigiu o documentário “Os Magníficos” (TV Brasil), trabalho premiado pelo programa DOC-TV. Em 2013, o diretor lançou o seu primeiro longa-metragem de ficção, “A Coleção Invisível”, protagonizado por Vladimir Brichta e Walmor Chagas, filme com o qual venceu 14 prêmios no circuito internacional dos festivais.      
“A Finada Mãe da Madame” foi um dos vencedores do edital 2014 do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb) e do Fundo Setorial de Audiovisual da Agência Nacional de Cinema (Ancine).

Elenco
Rafael Medrado (Lúcio)
Andrea Nunes (Terezinha)
Ângela Vieira (Sogra de Lúcio)
João Lima (Prudêncio)
Margarida Laporte (Daiana)
Harildo Deda (Lúcio velho)
Bertrand Duarte (dono da funerária)
Alan Miranda (taxista)          

Ficha Técnica
Direção e roteiro: Bernard Attal
Fotografia: Matheus Rocha
Edição: Marcos Lê
Musica: Silvain Vanot
Som: Alex Reis, Eduardo Ayrosa
Produção: Diana Gurgel e Gel Santana    
Link para trailer: https://vimeo.com/189926581
Leia mais

Show da Capital Inicial em Salvador

No dia 20 de agosto (domingo) a banda Capital Inicial se apresenta em Salvador e o show será realizado na Concha Acústica a partir das 19h. No repertório, o grupo vai embalar o público ao som de hits do CD e DVD ‘Acústico NYC’ que conta com direção assinada por Raoni Carneiro, além das músicas obrigatórias e um resgate a canções de álbuns recentes que não foram trabalhadas como “Ressurreição” e “O Cristo Redentor” e três inéditas: “Vai e Vem”, “A Mina” e “Doce e Amargo”.

 Serviço: Show: Capital Inicial Data: 20 de agosto (domingo)Classificação: 14 anos
Local: Concha Acústica do Teatro Castro Alves Informações: (71) 3003-0595
Abertura dos portões: 17h30 Horário previsto para inicio do show: 19h
Vendas: Bilheterias do TCA, Sac's dos Shoppings Barra e Bela Vista e www.ingressorapido.com.br
Ingressos: Plateia - R$50 (meia) / R$100 (inteira) Camarote – R$100 (meia) / R$200 (inteira)


Leia mais

Congresso discute fotografia social em Salvador

Nomes consagrados da fotografia social brasileira, como Bob Wolfenson, Rafael Fontana, Clício Barroso e Alexandre Sequeira estarão reunidos em Salvador entre os dias 11 e 13 de setembro, na primeira edição do Congresso da Photographia, que será realizado no Teatro Casa do Comércio e no Sheraton da Bahia Hotel. O evento acontece em celebração aos 20 anos de atividades do Instituto Casa de Photographia, espaço criado em 1997 em Salvador com foco no ensino e na pesquisa visando a difusão da arte fotográfica.

O Congresso da Photographia objetiva apresentar novas culturas, novos conceitos, novas técnicas e, sobretudo, novos olhares dos profissionais convidados para apresentarem experiências em seus segmentos de atuação. O grupo de profissionais é integrado também por Patrícia Prado, Digachis, Renato d’Paula e Sérgio Sapía.

SERVIÇO Congresso da Photographia
Dias 11 e 12 de setembro - Teatro Casa do Comércio (palestras)
Dia 13 de setembro - Sheraton da Bahia Hotel (workshops)
Investimento palestras: R$ 599,00 (2º lote) | R$ 699,00 (3º lote)
Investimento workshop: ver tabela no site
www.congressodaphotographia.com

Leia mais

Dia Nacional de Combate ao colesterol. Mas este não é o vilão!

O problema não está no colesterol, afirma especialista!
Médico alerta para a importância de prevenir a inflamação crônica silenciosa através de hábitos saudáveis como a alimentação natural e a prática regular de atividade física.

O Dia Nacional de Combate ao Colesterol é celebrado nesta terça-feira, dia 08 de agosto e tem como objetivo alertar a população para o combate e controle das taxas de gordura no sangue. O colesterol é um grupo de gorduras necessárias para o organismo exercer algumas funções, como a produção de determinados hormônios, ou seja, precisamos dele, apesar disso, ele é visto como a principal causa do acidente vascular cerebral (derrame) isquêmico e do infarto agudo do miocárdio, grupo de doenças cerebrovasculares que mais matam no Brasil e no mundo. Mas, segundo o médico Caio Meira, não é com as taxas de colesterol que as pessoas devem se preocupar, mas sim com a inflamação crônica silenciosa.
Segundo ele, durante anos vem se sustentando a ideia de que as pessoas devem se preocupar com os níveis sanguíneos de colesterol, visto que em níveis elevados ele seria preditor de doença cardiovascular. Porém, que tem se demonstrado nos últimos anos, através de novos estudos e da análise de estudos antigos é que não existe relação direta entre níveis de colesterol sanguíneo e doença cardiovascular. Ao contrario, já existem estudos na Europa e Estados Unidos que associam maior longevidade com maiores níveis de colesterol sanguíneo, explica Meira. 
Entre os benefícios do colesterol o médico cita sua importância para a formação dos hormônios sexuais, da vitamina D e dos neurônios. Mas, se não é o colesterol o bicho papão que muitos pensam ser, com o que as pessoas devem se preocupar? “Com a inflamação crônica silenciosa, essa sim gera danos cardiovasculares importantes”, afirma o médico. Segundo ele, a melhor forma de evitar e/ou diminuir esta inflamação consiste em ter uma alimentação natural, evitando principalmente alimentos ricos em carboidratos refinados, óleos trans e hidrogenados, açúcares, doces, refrigerantes, eliminando toxinas e praticando atividade física regular.
“A prática regular de atividades físicas, feita de maneira correta e bem orientada, é comprovada como peça importante no controle da inflamação e em promover longevidade, além disso, é aconselhável o uso consciente de suplementação, para oferecer ao nosso corpo o suporte necessário no complemento a carências alimentares e a redução do estresse, seja ele físico, mental ou emocional”, afirma.
De acordo com Alex Wendel, coordenador técnico da Hammer Fitness Club, unidade Barra, isso acontece porque a atividade física eleva a produção de enzimas como a lipoproteína lípase, também conhecida como LPL. Localizada nas paredes dos vasos sanguíneos, nos depósitos de gordura, no coração e nos músculos, estas enzimas contribuem para o aumento da circulação e do fluxo de sangue impedindo que as gorduras acumulem nas paredes arteriais.
Ainda de acordo com o coordenador, para obter os benefícios da prática de atividade é importante que ela se repita pelo menos três vezes por semana, sendo o melhor exercício aquele que proporcione prazer ao praticante.  “É isso que vai garantir que ele se mantenha ativo”, diz. Para finalizar, o médico Caio Meira ressalta que: “o cuidado da saúde de uma forma geral é mais importante que os números laboratoriais”. 
Leia mais

Jorge Portugal lança livro na FLIPELÔ

Por que o Subaé não molha o mapa  é o título do livro que o compositor, professor e atual Secretário de Cultura do Estado da Bahia, Jorge Portugal, vai lançar no próximo dia 11, sexta feira, as 17h30  na Casa das editoras baianas no Pelourinho. O lançamento fará parte da programação da FLIPELÔ.
 O livro que leva o selo da Caramurê Publicações, reúne 15 crônicas e tem como cenário a cidade de Santo Amaro, ou “Santinho”, como carinhosamente cita o autor na dedicatória. Numa abordagem particular e uma linguagem muitas vezes bem humorada, Portugal, consegue mostrar a cidade no seu íntimo, com personagens anônimos e conhecidos se relacionando num misto de ficção e realidade.
 Antes dos autógrafos o autor convida Pasquale Cipro Neto e Roberto Mendes em um bate papo com o público sobre literatura e música.“Portugal é um ícone da cultura da Bahia, ele tem o carisma do educador e alma de compositor, comenta o editor da Caramurê Fernando Oberlaender.

A Caramurê na Flipelô- Além do lançamento do livro de Jorge Portugal vários outros autores da editora estarão participando de eventos na Casa Amarela como: Ruy Espinheira Filho, que junto com Antônio Brasileiro participará de uma mesa de bate papo no dia 10/8, quinta feira ás 20h com o tema “Literatura e perspectivas”. Em seguida Ruy estará autografando o seu livro “Uma Alegria na Família”. Antes, as 15 h, os autores Saulo Dourado e Breno Fernandes estarão na mesa “ Literatura Contemporânea   nas Mídias Sociais”.

No dia 11/8, sexta feira, a agenda será cheia. Além do lançamento a autora Maria Antônia Ramos Coutinho participa da mesa “Mestres dos saberes na literatura infantil” e às 17h Aleilton Fonseca autografa o seu livro “As Marcas da Cidade”.
As 17h30, ​no dia seguinte, (12) ​o poeta José Carlos Capinan bate um papo com Gesse Gesse sobre música e literatura e autografa o seu livro “Vinte Canções de Amor e um Poema quase Desesperado”. E no Domingo, dia 1​3​ /8, com a produção da Caramurê, a autora Emília Nunes faz contação de história e autografa o seu livro “A menina da Cabeça Quadrada”.
Leia mais

Salvador sedia a Challenge Cup 2017

Faltam menos de 15 dias para o fim das inscrições da etapa brasileira da 1776 Challenge Cup, a maior competição de startups do planeta, que acontece em Salvador, no Forte de São Diogo, no dia 16 de setembro. O megaevento vai credenciar a empresa vencedora para disputar a fase global do Challenge Cup 2017, que será realizada em novembro, na cidade americana de Nova York.

Para tentar a chance de ir com tudo pago para os Estados Unidos e ainda concorrer a prêmios milionários, a startup brasileira que se inscrever deve desenvolver projetos com impacto social, com a missão de solucionar graves problemas que afetam populações em torno do mundo; e estar  enquadrada nas áreas de Saúde, Finanças, Transporte, Segurança, Educação, Alimentos, Energia e Cidades. As inscrições podem ser feitas até 23h59 do dia 18 de agosto, pelo link http://union.vc/2017-challenge-cup-salvador.

15 startups brasileiras serão selecionadas pela curadoria do evento e essas empresas já terão acesso a mentorias e a uma série de premiações. A vencedora será decidida por um júri especializado, após a apresentação de pitches - demonstrações criativas e objetivas de modelos de negócio - de até dois minutos e em inglês. Desta forma, fomentando o desenvolvimento e aprimoramento de projetos com impacto social, o Challenge Cup movimenta a economia ao mesmo tempo em que contribui para a sustentabilidade do planeta.

A execução da 1776 Challenge Cup 2017 está sendo feita pelo Grupo Rede Mais, presente em Salvador e em Aracaju, que provém uma série de ofertas ao empreendedor, através de serviços de coworking, escritório virtual, aluguel de salas, capacitações e eventos, aceleração de startups, consultorias em inovação, dentre outras ações que contribuem para negócios inovarem e crescerem. Em nível mundial, a competição é promovida pela 1776, uma incubadora e fundo de investimentos com foco em setores que desenvolvem soluções com poder de impactar milhões de vidas.
Leia mais

Escola Olodum oferece pré-vestibular gratuito

Aulas têm início no dia 21 de agosto, do projeto em parceria com a Uneb. Quem estiver regularmente matriculado no 3º ano do ensino médio ou no quarto ano da educação profissional integrado ao ensino médio da rede pública de ensino da Bahia; tenha cursado, em escola pública municipal no Estado da Bahia, o ensino fundamental II (5ª à 8ª séries / atual 6º ao 9º anos) ou modalidades correspondentes pode concorrer a uma das vagas limitadas do pré-vestibular gratuito da Escola Olodum em parceria com a Universidade do Estado da Bahia – Uneb.

As inscrições podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 09h às 17h, na Escola Olodum - Rua das Laranjeiras, nº 30, Pelourinho. As aulas têm início no dia 21 de Agosto, das 18hs e 22h​s, até Dezembro. Para se matricular, o candidato deverá apresentar cópias do RG, CPF, histórico escolar (da quinta série ao terceiro ano) e comprovante de residência. Se menor de idade, a matrícula deverá ser feita pelos pais ou responsáveis. Caso o aluno esteja cursando o terceiro ano deverá levar uma declaração da escola como comprovação.

O curso é presencial, com carga horária de 20 horas semanais e aulas das disciplinas Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia, tendo como objetivo consolidar e aprofundar conhecimentos adquiridos pelos alunos, preparando-os para os processos seletivos de ingresso ao ensino superior.
O pré-vestibular da Escola do Olodum esta inserido no Projeto Universidade para Todos (UPT), criado pelo governo do Estado da Bahia através do Decreto nº 9.149, de 23 de julho de 2004, é coordenado pela Secretaria da Educação e executado em parceria com as Universidades Estaduais (UNEB, UEFS, UESB, UESC).

O Projeto UPT objetiva preparar alunos do 3º ano do ensino médio e egressos da rede pública do Estado da Bahia, para o processo seletivo de acesso ao Ensino Superior, por meio de aulas ministradas por monitores, sob a orientação e coordenação de professores da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).
Leia mais

A história do Esporte Clube Bahia em cartaz no Teatro Jorge Amado

Dias  04 e 11 de agosto, sextas-feiras, às 20h, o Teatro Jorge Amado, na Pituba, vira um grande estádio de futebol e a plateia uma arquibancada  pintada de azul,  vermelho e  branco. É que está em cartaz “A Voz do Campeão - A História do Bahia”, peça com direção de Edvard Passos e texto de João Alfredo Reis e Edvard Passos, que coloca em cena a história do Esporte Clube Bahia contada por torcedores apaixonados. No palco eles serão representados pelos atores Agnaldo Lopes, Alan Miranda, Daniel Farias, Leandro Villa e Talis Castro, que são de gerações diferentes, e narram, a partir do ponto de vista de quem vive a história do seu time do coração da arquibancada, com radinho no ouvido, com o coração palpitando, sendo feliz ou sofrendo, mas sempre fiel ao Esquadrão de Aço. É a história do Bahia contada pelaturma tricolor ! Os ingressos estão à venda pelo www.compreingresso.com.br e na bilheteria do teatro ( 71 3235-9720 ), a R$ 50,00 / R$ 25,00 meia.

Sempre com seu “olhar interessado no comportamento da torcida”, o diretor-autor Edvard Passos aponta os momentos da história do clube que foram eleitos para a cena de “A Voz do Campeão”: início da década de 30, o ato solene de fundação em 10 de janeiro de 1931, após árduo processo de extinção, no ano anterior, e junção dos dois times Associação Atlética da Bahia e Bahiano de Tennis. Com jogadores desempregados, os times antes rivais se juntam na adversidade, para formar o Esporte Clube Bahia, que ainda era chamado de Baianinho, quando a equipe mista ainda jogava com a camisa de um time e calção do outro. O diretor comenta:

- Eram jogadores excelentes, chamados à época de ‘palha da seda’. Não é à toa que o time já nasceu ganhando todas as partidas. O grande adversário era o Ipiranga e o slogan do novo clube, “Nascido para vencer!”.

Outro momento destacado na peça é a conquista do primeiro campeonato brasileiro, em 1959. A Taça Brasil foi para o Esporte Clube Bahia, que venceu o Santos, mesmo com o craque Pelé na equipe. Retratando outro período, o espetáculo se concentra na rivalidade Bahia-Vitória, acirrada sobremodo entre 1973 e 1979, quando o tricolor foi seguidamente campeão baiano. A dramaturgia de “A Voz do Campeão” dá destaque ainda à segunda conquista do título no campeonato nacional, em 1988, quando o escudo-símbolo do time ganha a segunda estrelinha. E, por fim, a peça focaliza o momento contemporâneo, em que a torcida comemora a ascensão do time à Séria A e com ele está em verdadeiro idílio, ainda mais agora que acaba de receber o prêmio de Torcida de Ouro da CBF.

O texto construído em parceria por João Alfredo Reis e Edvard Passos  faz justa homenagem ao principal patrimônio do clube de futebol baiano: a sua torcida, estimada hoje em seis milhões de pessoas. A elaboração dramatúrgica demandou intensa dedicação, incluindo pesquisa de campo desde 2002, quando surgiu a ideia aos autores em meio à realização de uma partida na Fonte Nova. Daí em diante, muitos jogos compartilhados e muitas fontes consultadas, entre livros e outros registros bibliográficos, videográficos e fonográficos.

Além de livros-referência da octogenária história do time tricolor, os criadores do espetáculo “A Voz do Campeão” tiveram a felicidade de contar com imagens do colecionador Álvaro Brandão, que reúne em seu banco de vídeos, registros de jogos antológicos, depoimentos de torcedores e comentaristas, a partir de 1914. Do Bahia em particular, as imagens mais antigas datam de 1961, que mostram a disputa com o Santos, decidindo o Campeonato Brasileiro. O acervo conta ainda com fotos fixas da época da fundação do clube.

Outra fonte importante, sobretudo para a feitura da trilha sonora assinada por Marcos Carvalho, foi o disco editado pelo radialista esportivo Oldemar Seixas, que traz músicas compostas e ou interpretadas por artistas-torcedores do time tricolor. Nele há clássicos como “Campeão dos Campeões”, do compositor Zé Pretinho, e interpretações de Caetano Veloso e Novos Baianos. Os sucessos musicais de épocas marcantes do time e que ajudam a contextualizar o período fazem parte do material da trilha, que inclui ritmos diversos, a exemplo de marchinhas, boleros, samba, música-disco dos anos 70, frevo e hits do carnaval baiano. Locuções futebolísticas tanto historicamente reais, como as ficcionais da trama dramatúrgica estão na teia de audições do espetáculo. “Nascido para vencer!”
Leia mais

Prêmio Caymmi de Música apresenta inovações artísticas da Bahia

A Prefeitura apresenta no dia 11 de agosto a cerimônia do Prêmio Caymmi de Música, que terá como tema a “Tropicália”, um dos movimentos culturais brasileiros mais transformadores, reconhecido mundialmente. A cerimônia de premiação acontece após votação de júri técnico em cima do trabalho de 110 artistas da música. O objetivo da premiação é reconhecer e valorizar artistas novos e contemporâneo. O mote do prêmio este ano foi "Música em Movimento", e dentre todos os trabalhos serão escolhidos apenas 22.

Para realizar a festa, foi convidado como diretor artístico Márcio Meirelles. No projeto dele, o espetáculo abordará a liberdade criativa, misturando tradição e modernidade. O evento será protagonizado por 17 artistas e bandas finalistas na categoria "Show", que subirão juntos ao palco numa formação inédita, com as participações especiais do tropicalista Tom Zé e do cantor Saulo. “A ideia é que seja um espetáculo conceitual com audiovisual, artistas, solistas, coletivos, dentro de um grande espírito colaborativo e com o espírito tropicalista de fusões de superposições, de entrechoques de culturas, de gostos e tendências estéticas”, declara Márcio.

No palco, os artistas formarão juntos o "Bandão Caymmi" em show com direção musical de Alexandre Lins e que terá como base o disco Tropicália ou Panis et Circenses, lançado, em 1968. Entre os finalistas confirmados para o show estão: Achiles, Aiace, Caian, Duo Bavi, Filipe Lorenzo, Flavia Wenceslau, Jr Maceió, Kalu, Lívia Nery, Luedji Luna, Pirombeira, Renata Bastos, Santini e Trio, Silvio de Carvalho, Skanibais e Tabuleiro Musiquim.

“A Prefeitura não poderia ficar de fora de uma realização dessa magnitude. O Prêmio Caymmi de Música resgata nossa autoestima musical e elenca grandes profissionais da música que temos em nosso estado, de cantores aos técnicos que ninguém vê, mas que garantem a realização dos grandes shows, dos cenários, da iluminação. O projeto é muito especial e a cerimônia será um verdadeiro espetáculo”, comenta o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington.

Entre as categorias que receberão o prêmio, quatro principais – Show, Canção, Música Instrumental e Videoclipe – se somarão a outras 18 subcategorias técnicas. Para as categorias principais, além do troféu, os ganhadores receberão uma premiação em dinheiro: R$ 10 mil para melhor Show e R$ 5 mil para as outras três categorias. Dos finalistas, destaques para o grupo Pirombeira, indicado em oito categorias, e os artistas Larissa Luz, Filipe Lorenzo e Livia Nery, todos com seis indicações cada. A lista completa dos indicados está disponível no site oficial www.premiocaymmi.com.br.

"O Prêmio Caymmi de Música vem radiografar um momento de incrível riqueza musical na cidade. Misturando tendências, gêneros e estilos, a Cidade da Música pulsa talento e diversidade em cada esquina, gueto, praça, num caldeirão de ritmos e canções da melhor qualidade. A Prefeitura está colada com este movimento, que poderá ser conferido no grande show a ser realizado na Concha. Salvador continua cada vez mais tropicalista. Viva Tom Zé, Viva Saulo e todos os artistas participantes desta efusão cultural baiana e brasileira”, expressa o presidente da Fundação Gregório de Mattos (FGM), Fernando Guerreiro.

Nesta segunda edição do Prêmio, o público também poderá participar da cerimônia, que ano passado foi apenas para convidados. Para participar, é preciso garantir ingresso a preços populares no site www.ingressorapido.com.br. O evento acontece na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, às 19h.
Visite nosso site http://saltur.salvador.ba.gov.br/
Leia mais

Aloha Spirit Festival, o maior festival de esportes aquáticos da América Latina em Salvador

Salvador vai receber pela segunda vez o Aloha Spirit Festival, o maior festival de esportes aquáticos da América Latina. Esse é o nono ano da história do evento que, por aqui, será entre os dias 22 e 24 de setembro, na Praia do Porto da Barra. A capital baiana recebe a terceira e última etapa deste ano, do festival, que já passou por Ilhabela (São Paulo) e Cabo Frio (Rio de Janeiro). Em cada uma das arenas (SP e RJ), o festival contabilizou, em média, 1.500 atletas de todas as partes do Brasil e um público de 4.000 pessoas circulando.

Em Salvador, o Aloha Spirit contará neste ano, com provas de sete modalidades diferentes: Canoa Havaiana, Stand Up Paddle, Natação em águas abertas, Paddleboard, Surfski, Triathlon Waterman e Apneia. As inscrições para os atletas que tenham interesse em participar das provas, já estão abertas no site do evento. Além das provas aquáticas, o público ainda poderá curtir uma ação paralela de cultura, que é o Festival Aloha Spirit de Cinema, que vai transformar as areais do Porto da Barra em um cinema a céu aberto.

 Serviço: Aloha Spirit Festival Salvador, Bahia - Praia do Porto da Barra, Avenida Sete de Setembro.
22, 23 e 24 de Setembro de 2017

Valores: Valores para apenas uma prova
Lote 1 (05/07 até 05/08) - R$150,00 + taxa
Lote 2 (06/08 até 20/08) - R$170,00 + taxa
Lote 3 (21/08 até 04/09) - R$190,00 + taxa

Valores para duas ou mais provas
Lote 1 (05/07 até 05/08) - R$190,00 + taxa
Lote 2 (06/08 até 20/08) - R$210,00 + taxa
Lote 3 (21/08 até 04/09) - R$230,00 + taxa
Inscrições e informações: www.alohaspirit.com.br ou através do APP Aloha Spirit nas lojas iOS e Android
Leia mais

Milton Nascimento se apresenta na Concha Acústica em Salvador

Neste domingo (6), tem Milton Nascimento em Salvador. De volta aos palcos com o show “Semente da Terra”, o cantor vai se apresentar na Concha Acústica às 19h. Completando 50 anos do seu primeiro disco, o artista de premiada carreira internacional vai mostrar ao público baiano um repertório escolhido através de uma seleção com forte conotação política e social que foi sendo afiada em suas três últimas turnês: “Uma Travessia - 2012”, “Linha de Frente” - em parceria com Criolo em 2014, e a Tour “Tarde”, realizada em 2015. Ter colocado o nome “Semente da Terra” neste novo show, também tem relação direta com a campanha de Milton - iniciada ainda em 2016 - que pretende repassar parte do lucro obtido com a venda de camisetas de sua marca (Nascimento) diretamente para tribos Guaranis de Mato Grosso do Sul. Com direção musical de Wilson Lopes (que também toca violão) o show conta ainda com a presença de seu irmão, Beto Lopes (sete cordas), do baterista Lincoln Cheib, além do contrabaixo de Alexandre Ito, dos vocais de Barbara Barcellos, do piano de Kiko Continentino e dos metais de Widor Santiago.

Além de ter músicas importantes das principais lutas de Milton, como “Milagres dos Peixes”, “Terceira Margem do Rio” e “Lá- grimas do Sul”, o set list agrupa também seus principais parceiros: Fernando Brant, Ronaldo Bastos e Márcio Borges. Chico Buarque e Caetano Veloso ambos profundamente ligados à Milton (e a assuntos ecológicos e políticos) estão presentes. O canto latino e a Voz da América (Mercedes Sosa) marcam presença em “Sueño con Serpientes”. Uma sessão dedicada somente a canções de trabalho: “Canção do Sal” e “Caxangá”. O samba “Me Deixa em Paz”, de Monsueto e Aírton Amorim, apresenta uma dualidade dos tempos atuais, pois representa tanto desamores como desgovernos. 
A abertura do evento ficará por conta de um desfile de moda na escadaria da Concha assinado pela estilista Mônica Anjos que vai apresentar o lançamento da sua nova coleção. 

Serviço: Show: Milton Nascimento Data: 6 de agosto (domingo) Local: Concha Acústica 
Abertura dos portões: 17h30 Horário previsto para início do show: 19h Classificação: 14 anos
Informações: (71) 3003-0595 Vendas: Bilheteria do TCA, SAC's Shoppings Barra e Bela Vista www.ingressorapido.com.br
Valores: Plateia - R$50,00 (meia) / R$100,00 (inteira) Camarote – R$100,00 (meia) / R$200,00 (inteira) 
Leia mais

Diogo Nogueira e Martinho da Vila no TCA

Depois de lotar a Concha Acústica em seu último show com Maria Rita, Diogo Nogueira volta a Salvador para apresentar, ao lado do sambista Martinho da Vila, o show “Samba, Samba, Minha Gente”. Os artistas farão shows separados com o melhor de seus repertórios e, em um momento especial da noite, irão interpretar músicas juntos.  Com realização da Allcance Produções e Música e Mídia, o show acontecerá no dia 12 de agosto (sábado), às 19h na Concha Acústica do Teatro Castro Alves.  Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro, nos SAC dos Shoppings Barra e Bela Vista e via internet através do site www.ingressorapido.com.br

Conhecido como um dos maiores sambistas desse país, o cantor e compositor Martinho da Vila apresentará ao público seus clássicos sambas-enredo e sucessos de sua carreira, como Grande Amor, Mulheres, Casa de Bamba, Ex­ Amor e Disritmia. Martinho também interpretará músicas do seu mais recente trabalho, De Bem Com a Vida, gravado no primeiro semestre de 2016, e ganhador do Grammy Latino de melhor disco de samba.

O cantor Diogo Nogueira irá apresentar o show de seu novo DVD, Alma Brasileira, lançado em setembro do ano passado. O roteiro musical da apresentação inclui todo o repertório do mais recente trabalho, incluindo sucessos como Porta Voz da Alegria, Alma Boemia, Clareou e Pé na Areia, além de músicas de Djavan, Cazuza, Gonzaguinha, Milton Nascimento, Tim Maia e Zeca Pagodinho, e de seu pai João Nogueira.

SERVIÇO: Diogo Nogueira e Martinho da Vila em “samba, samba, minha gente!”
Quando: 12 de Agosto (sábado) Onde: Concha Acústica do Teatro Castro Alves Hora: 19h
Valores: Pista R$100 (inteira) e R$50 (meia)    Camarote: R$250 (inteira) e R$125 (meia) 
 Informações: 3535-0600 Classificação: Livre Realização: Allcance Produções e Música e Mídia
 *Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro, no SAC do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br 
 ** Cumprindo a LEI DA MEIA ENTRADA, apenas 40% dos ingressos desse show serão comercializados com desconto de meia. 
Leia mais

Ruy Espinheira Filho será o homenageado da Flica

Dono de diversos prêmios, o baiano Ruy Espinheira Filho será o homenageado da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), que em 2017 acontece entre 5 e 8 de outubroSua mesa, “A poesia em suas infinitas estações”, será no dia 5, às 19 horas, com mediação da poeta e professora de Letras, Mônica Menezes

Nascido em Salvador, em 1942, publicou mais de 20 livros de poemas. A estreia aconteceu em 1974, com “Heléboro”. Em 1981, ganhou o primeiro prêmio, o Nacional de Poesia Cruz e Sousa, com “As sombras luminosas”. Em 1987, lançou o primeiro livro infantil, “A guerra do gato”, publicação reeditada em 2005. 

Em 1996, ganhou o Prêmio Ribeiro Couto, da União Brasileira de Escritores, e foi finalista do Nestlé e do Jabuti com “Memória da chuva”. Com “Elegia de agosto e outros poemas”, de 2005, recebeu o Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras e ficou em segundo lugar no Jabuti. “Sob o céu de Samarcanda” (2009) também foi finalista do Jabuti e indicado ao Portugal Telecom. “Babilônia & outros poemas” é a sua publicação mais recente, lançada este ano. 

Publicou também livros em prosa. O primeiro foi “Sob o último sol de fevereiro”, lançado em 1975. Com a novela “O rei Artur vai à guerra”, 1987, foi finalista do Prêmio Nestlé. O romance “Ângelo Sobral desce aos infernos”, de 1986, levou o segundo lugar do Prêmio Rio de Literatura e “Um rio corre na lua” (2007) foi indicado ao Portugal Telecom 2008. O mesmo aconteceu no ano seguinte com “De paixões e de vampiros – uma história do tempo da era”. 
O ensaio “O Nordeste e o negro na poesia de Jorge de Lima” foi sua dissertação de Mestrado em Ciências Sociais (1990). Já o “Tumulto de amor e outros tumultos – criação e arte em Mário de Andrade”, a tese de Doutorado em Letras pela Universidade Federal da Bahia (2001), foi finalista do Jabuti em 2002. 
A obra de Ruy Espinheira conta também com o CD Poemas, gravado pelo próprio autor (2001), além de contos e poemas em diversas antologias, no Brasil e no exterior (Portugal, Itália, França, Espanha e Estados Unidos). 

Flica 2017 - A sétima edição, entre os dias 5 e 8 de outubro, segue trazendo para o Recôncavo Baiano influentes nomes da literatura nacional e internacional, com programação para adultos e crianças. Em 2017, estão programados debates literários, lançamento de livros, exposições, apresentações artísticas, contações de histórias e saraus. Todos os anos, escritores de diversos matizes se reúnem para debater e interagir com o público, que tem acesso gratuito a todas as atrações do evento. A festa costuma atrair mais de 20 mil visitantes a Cachoeira. Uma novidade deste ano será a curadoria. O escritor e jornalista Tom Correia assume a função ocupada, em 2016, por Emmanuel Mirdad, um dos idealizadores e coordenador geral da Flica. O Governo do Estado da Bahia apresenta a Flica 2017. O projeto é realizado pela Cali e Icontent e tem patrocínio do Governo do Estado, por meio do Fazcultura, e apoio do Hiperideal​,​ coelba​ e da Prefeitura Municipal de Cachoeira.

Serviço 
​Festa Literária Internacional de Cachoeira - Flica 2017 
​Quando: ​5 a 8 de Outubro  OndeCachoeira/Ba
Leia mais

Alexey Martinez faz show beneficente na Cidade da Luz

O cantor Alexey Martinez vai fazer todo mundo dançar salsa, durante evento beneficente que será realizado pela Cidade da Luz, no dia 19 de agosto. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos na instituição, localizada em Pituaçu. Toda a renda arrecadada será destinada às obras socioassistenciais, desenvolvidas pela casa, que atende cerca de 200 mil pessoas por ano.

A apresentação do artista cubano faz parte do tradicional Jantar com Pintura Mediúnica, que ocorre periodicamente na Cidade da Luz. Durante o evento, além do agito proporcionado pela atração musical, o médium e fundador da instituição, sem fins lucrativos, José Medrado, fará obras mediúnicas, elaboradas em poucos minutos, e podendo ser acompanhadas de perto pelo público, durante o jantar.

No cardápio, buffet com salada de legumes e frutas, arroz com anato, frango ao molho de champignon, dentre outros. A abertura dos portões ocorrerá a partir das 18h e o show começa uma hora depois. Ingresso custa R$ 70,00.

SERVIÇO: Noite de Salsa com Alexey Martinez.
ONDE: Centro Espírita – Cidade Da Luz, Rua Barreto Pedroso, 295. Pituaçu, Salvador.
QUANDO: 19 de Agosto, a partir das 19h. QUANTO: R$ 70,00 VENDAS: No local.
Leia mais
 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©