1 2

Henrique Trindade da ARSAL homegeado na Câmara


A Câmara Municipal de Salvador, por iniciativa do vereador Henrique Carballal (PV), concedeu a Medalha Thomé de Souza ao diretor-presidente da Agência Reguladora e Fiscalizadora de Serviços Públicos de Salvador (Arsal), Henrique Gonçalves Trindade. A sessão solene foi realizada com o Plenário Cosme de Farias, na noite de 11 de junho.

"Quando a Câmara presta homenagem a um homem como Henrique Gonçalves Trindade demonstra a importância e a força dos exemplos. O trabalho só consegue frutos se for feito de forma coletiva. Considero o homenageado como um irmão e aprendi a admirá-lo. Tudo o que ele fala sobre ética, não fica só no discurso. O dia de hoje é uma homenagem a um homem de bem. A saída das sombras da nossa sociedade é pela prática", destacou Henrique Carballal,

Emocionado, após receber a honraria, Henrique Trindade falou sobre a sua trajetória e agradeceu a esposa Luciana e os quatro filhos por todo o apoio nos momentos mais difíceis. "Sem a minha família, não seria nada. Vocês são meu princípio meio e fim", disse.

Formado em Economia e em Direito, Henrique Trindade já exerceu os cargos de secretário da Promoção Social e Combate à Pobreza de Salvador, no período de abril de 2014 a março de 2015, e de coordenador do projeto de capacitação de Secretária Municipal da Educação e da Secretária Estadual da Educação (Fundação Luís Eduardo Magalhães).

Especialista em Direito Tributário e Direito Empresarial, Henrique Trindade também já ocupou a chefia da Assessoria Jurídica do Instituto de Previdência de Salvador, entre os anos de 1997 e 1999. O advogado, que é membro do Rotary Club Salvador, já presidiu a entidade por duas vezes, de 2011 a 2012 e de 2014 a 2015. Atualmente, ele exerce o cargo de governador do Distrito 4550 do Rotary Club.




Leia mais

Domingo no TCA apresenta Maviael Melo

No mês de junho, o Teatro Castro Alves (TCA) transforma o Domingo no TCA num ambiente de valorização da cultura popular nordestina com o show “Áries da Canção”, de Maviael Melo. O espetáculo será no dia 17, às 11h, e os ingressos custam R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia), vendidos apenas no dia do evento, a partir das 9h, com acesso imediato ao teatro.

 Poeta, cantador, músico, compositor, cordelista e arte educador, Maviael Melo nasceu em Iguaraci, Pernambuco, no primeiro dia de Áries. De puro impulso e fogo, ele busca estar na vanguarda da música regional do Nordeste, na qual representa dois estados: o de seu nascimento e a Bahia, onde vive.

 Em “Áries da Canção”, Maviael assume toda a força do seu signo. O nome do espetáculo também batiza o álbum, gravado em maio do ano passado, que inclui CD, DVD, LP e um livro de poesias. No repertório, composições autorais e inéditas se mesclam com declamações de poesias. As canções vêm com arranjos do violinista Marcelo Fonseca e a direção artística é de Andrezão Simões. O show é repleto de sopros e cordas, em uma vibrante mistura entre o popular e o erudito.

 DOMINGO NO TCA – O Domingo no TCA é uma iniciativa do Teatro Castro Alves, Funceb e SecultBA, que se compromete em ampliar e diversificar o seu público frequentador, oferecendo-lhe acesso a espetáculos qualificados, das mais diversas linguagens artísticas. Ao longo de 10 anos e mais de 100 edições, o projeto engloba apresentações de música, teatro, dança, circo, cinema, de variados estilos e proposições estéticas, da Bahia, do Brasil e do mundo.

 DOMINGO NO TCA Maviael Melo – Áries da Canção
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Quando: 17 de junho (domingo), 11h
Quanto*: R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia)
* Vendas somente no dia, a partir de 9h, com acesso imediato do público.
Leia mais

Reitor da UFBA lança livro de filosofia

O reitor da Universidade Federal da Bahia, João Carlos Salles, lança nesta quarta-feira, 13 de junho, às 17 horas, na Reitoria, o livro Análise & Gramática: mais estudos sobre Ernest Sosa e Wittgenstein (Quarteto Editora, Salvador, 2018). São seis textos, alguns publicados individualmente em periódicos em 2017 e 2018, sendo que três lidam com trabalhos de Sosa nas origens de sua epistemologia das virtudes, e três debruçam-se sobre Wittgenstein, tanto o do Tractatus Logico-Philosophicus quanto o da Anotações sobre as cores.

 O retorno de João Carlos Salles a esse segundo trabalho que ele editou, anotou e traduziu há quase duas décadas, traz uma série de novas contribuições à compreensão e aos desdobramentos dessa “devastadora crítica de Wittgenstein à análise fenomenológica de Goethe” em Doutrina das cores, e expostas tanto no texto de título irônico Para não dizer que não (mais) falei das cores quanto em O paradoxo de Goethe.

Leia mais

Chaves e Chapolin já superam a marca de 1 milhão de streamings

Isso, isso, isso, isso! Só 15 dias depois de chegarem no NOW, as aventuras de Chaves e Chapolin já superam a marca de 1 milhão de streamings na plataforma. É muita astúcia desses dois personagens queridos e suas turmas.

A exibição acontece todos os dias, às 23 horas, pelo Multishow (42 e 542 HD), com episódios inéditos e em ordem cronológica, que entram no NOW sempre no dia seguinte e ficam disponíveis por mais 30 dias para os assinantes curtirem quantas vezes quiserem, ainda que seja ‘sem querer, querendo’.

 Para acompanhar Chaves e Chapolin no NOW, os clientes da NET e Claro TV acessam a plataforma pelo site nowlonline.com.br ou app para tablets e smatphones. Os NETs, com pacote HD, também assistem os episódios pelo canal 1 do controle remoto.
Leia mais

Henrique Trindade homenageado com a Ordem do Mérito Naval


Em solenidade realizada nesse sábado (09/06), no Farol da Barra, em Salvador, o advogado Henrique Gonçalves Trindade, presidente da Arsal Salvador - Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador e governador do Rotary Internacional Distrito 4550, recebeu das mãos do Vice - Almirante Almir Garnier, a medalha da Ordem do Mérito Naval – Marinha do Brasil.


Além da medalha da Ordem do Mérito Naval, Henrique Trindade foi admitido no Grau de Cavaleiro, por seus serviços prestados à Marinha, e recebeu o diploma comemorativo, expedido pelo comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacelllar.


A Ordem do Mérito Naval foi criada em 11 de julho de 1934 e destina-se a premiar os Millitares da Marinha e personalidades civis e militares que prestaram relevantes serviços à Marinha do Brasil.
Leia mais

Miguel Rio Branco expõe na Galeria Paulo Darzé

A Galeria Paulo Darzé abre nesta sexta exposição "cabisbaixo no paraíso" de Miguel Rio Branco, às 19,00 h.
Leia mais

Marinha homenageia Henrique Trindade


MARINHA DO BRASIL HOMENAGEIA HENRIQUE

GONÇALVES TRINDADE COM A ORDEM DO MÉRITO NAVAL


Em solenidade realizada nesse sábado (09/06), no Farol da Barra, em Salvador, o advogado Henrique Gonçalves Trindade, presidente da Arsal Salvador -  Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador e governador do Rotary Internacional Distrito 4550, recebeu das mãos do Vice - Almirante Almir Garnier, a medalha da Ordem do Mérito Naval – Marinha do Brasil.
Além da medalha da Ordem do Mérito Naval, Henrique Trindade foi admitido no Grau de Cavaleiro, por seus serviços prestados à Marinha, e recebeu o diploma comemorativo, expedido pelo comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacelllar.
A Ordem do Mérito Naval foi criada em 11 de julho de 1934 e destina-se a premiar os Millitares da Marinha e personalidades civis e militares que prestaram relevantes serviços à Marinha do Brasil.



Leia mais

Brasil, Cabo Verde e Portugal realizam 7ª edição do projeto K Cena de Teatro Lusófono

A iniciativa estimula o protagonismo criativo, a criação colaborativa, a formação cidadã e o desenvolvimento de experiências literárias para a valorização da escrita e da língua portuguesa. O Teatro Vila Velha (Salvador/BA) representa o Brasil na iniciativa, juntamente com o Teatro Viriato (Portugal) e o Instituto Camões/Centro Cultural Português - Pólo do Mindelo, com o apoio local da Mindelact – Associação Artística e Cultural (Cabo Verde)
Criado em 2012, o núcleo de encenadores do "K CENA – Projeto Lusófono de Teatro" é formado por Graeme Pulleyn e Paulo Miranda (Portugal), João Branco (Cabo Verde), Marcio Meirelles e Chica Carelli (Brasil), diretora que será responsável pela montagem de "Temporal", peça escrita pelos portugueses Gabriel Gomes e Sofia Moura, pelo brasileiro Rafael Medrado e pela caboverdiana Lisa Reis, sob o título "Tempostade".
"O texto é uma reflexão sobre a humanidade e sua relação com o tempo. Como projetamos o que virá, com base em nossas experiências, em tudo o que já passou; numa relação dinâmica entre passado, presente e futuro", comenta o autor Rafael Medrado, acrescentado que "há um foco considerável nas impressões sobre o tempo durante nossa juventude, quando tínhamos menos experiências que na vida adulta. Essas mudanças de expectativa também são importantes para nosso argumento", conclui. O espetáculo será apresentado nos dias 25 e 26 de Junho, 20h, na sala principal do Teatro Vila Velha. Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

Esta sétima edição do K Cena dá continuidade aos processos entre esses três pólos de intercâmbio; incluindo nesse novo ciclo soteropolitano participantes de todas as idades, a partir dos 17 anos. Tomando como base um tema, peça ou mote comum, experiências e referências dos grupos locais, são criadas releituras e dramaturgias muito singulares para cada país. Todas envolvendo pessoas de diferentes realidades e contextos socioculturais, mas ligadas pela língua portuguesa, quarta mais falada do mundo (por 244 milhões de pessoas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP) formada por nove Estados-Membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Portugal, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
"O projeto de intercâmbio K Cena tem tudo a ver com a própria essência do teatro: o encontro de pessoas com diferentes culturas, experiências de vida e de fazer artístico, que se reúnem pra refletir sobre o mundo neste momento. Claro que toda montagem é uma aventura, no sentido que nunca sabemos onde iremos chegar, mas para mim tem sido incrível", avalia a diretora Chica Carelli.
Nesse trânsito dos encenadores entre os três países integrantes do programa, Carelli também dirigiu em 2017 o espetáculo "Somos Todos UBU", criado a partir dos textos de "O Rinoceronte" (Eugène Ionesco) e "Ubu Rei" (Alfred Jarry); e em 2016 montou o espetáculo "A Grande Ressaca", em conjunto com Pulleyn e Branco, na cidade de Viseu (Portugal), a partir dos textos de Matéi Visniec ("Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias").
Em 2018, o Teatro Nacional D. Maria II, de Lisboa, e o Teatro Nacional São João, do Porto, embarcam nessa nova etapa, através do primeiro encontro de Dramaturgia K Cena, para o qual foram convidados Gabriel Gomes, Sofia Moura, Rafael Medrado e Lisa Reis. Dessa forma, nasce "A Tempostade", texto que serve de ponto de partida para três espetáculos distintos em Salvador (BR), no Mindelo (CV) e em Viseu (PT). "Foi incrível a ligação desde o início e a facilidade com que remamos todos para o mesmo lado neste barco, que foi a escrita do espetáculo. As ideias de todos fluíam de forma tão natural que, hoje, por vezes já nem nos lembramos quem escreveu o quê, quem inventou que personagem, quem sugeriu que ideia", relembra Gabriel Gomes.
O ator baiano Rodrigo Lelys, ex-participante do K Cena em 2015 e 2017, retorna novamente nesse intercâmbio como assistente de direção. A partir dessas edições, até a atual, a universidade LIVRE de teatro vila velha se torna um parceiro regular do projeto. "Você acaba tendo acesso a uma outra cultura, a outros tipos de teatro, vamos criando mais repertório. A gente acaba se familiarizando com textos de compreensão mais complexas através do Teatro", conclui Lelys.
Há mais de 10 anos no K Cena, Graeme Pulleyn vê com muito otimismo esse projeto. "Esperamos no futuro próximo alargar para outros países lusófonos, trazendo diferentes formas de fazer teatro, num projeto que atravessa o Atlântico em três sentidos", comenta.
O encenador e diretor artístico do Teatro Vila Velha, Márcio Meirelles, que já dirigiu três montagens do K Cena, tanto em Portugal quanto em Cabo Verde, reconhece no projeto o seu grande potencial de formação cidadã. "É um projeto bonito, que lida com a juventude e com a formação de possíveis atores, artistas de teatro ou possíveis frequentadores de teatro, mas com certeza futuros seres humanos melhores, mais ricos, com uma visão mais complexa do mundo, com questões que podem ajudar a ser melhor, sempre, mesmo que eles não estejam no palco ou na plateia", ratifica Meirelles.
A primeira etapa dessa sétima edição do K Cena ocorreu na cidade de Viseu (Portugal), no mês de abril, com as apresentações do espetáculo "Tempostade", sob a direção de Pulleyn.

ESPETÁCULOS JÁ MONTADOS PELO K CENA
2018 - TEMPOSTADE (Graeme Pulleyn/Portugal)
2017 - A BESTA (Graeme Pulleyn/Brasil); SOMOS TODOS UBU – UMA COMÉDIA ABSURDA (Chica Carrelli/Cabo Verde); UBULÂNDIA (Paulo Miranda e João Branco/Portugal).
2016 - A GRANDE RESSACA (Chica Carelli, Graeme Pulleyn e João Branco/Portugal)
2015 - DO-EU (João Branco/Brasil); ANATOMIA DO MEDO (Graeme Pulleyn/Cabo Verde); VOCÊ TEM MEDO DO ESCURO? (Márcio Meirelles/Portugal)
2014 - DQ2014 (Graeme Pulleyn/Brasil); EM DEFESA DAS CAUSAS PERDIDAS (Márcio Meirelles/Cabo Verde); DULCINEIA JÁ NÃO MORA AQUI (João Branco/Portugal).
2013 - QUARTO DO NUNCA (João Branco/Brasil); PANDEMÓNIO – UM OLHAR CRIOULO SOBRE O PETER PAN (Graeme Pulleyn/Cabo Verde); SEMPRE EM FRENTE ATÉ AO AMANHECER (Márcio Meirelles/Portugal).

Leia mais

Marinha celebra a Batalha Naval do Riachuelo

Vários eventos em Salvador celebram os 153 anos da Batalha Naval do Riachuelo     Entre os dias 6 e 17 de junho, o Comando do 2º Distrito Naval promoverá uma série de eventos em comemoração ao 153º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha do Brasil. Nesta quarta-feira (6), a partir das 19h, a Câmara Municipal de Salvador realiza uma sessão especial alusiva à data, no plenário Cosme de Farias. Às 9h da sexta-feira (8) o Comandante do 2º Distrito Naval e o Presidente da Associação Comercial da Bahia realizam uma aposição floral no monumento em homenagem aos heróis da Batalha Naval do Riachuelo, na Praça Riachuelo, no bairro do Comércio. No sábado (9), a tradicional cerimônia militar será realizada, a partir das 10h, no Forte de Santo Antônio da Barra (Farol da Barra), com a leitura da mensagem presidencial alusiva à data e imposição de condecorações da "Ordem do Mérito Naval" a personalidades e autoridades civis e militares, além de salva de tiros disparados por navio da Marinha. Também na manhã do sábado (9), navios subordinados ao Comando do 2º Distrito Naval realizam um desfile naval no trecho da orla marítima entre o Morro do Cristo e o Farol da Barra. No mesmo dia, entre 9h e 17h30, no largo do Farol da Barra, uma exposição reunirá equipamentos, armamentos, réplicas, material de sinalização náutica, informações sobre segurança aquaviária e como ingressar na Marinha, além de um simulador de navegação.   No dia 16 de junho, a 40ª edição da Regata Marcílio Dias, que leva o nome de um dos heróis que tombaram na Batalha Naval do Riachuelo, reúne veleiros nas categorias oceano e monotipo, com largadas na praia junto à Capitania dos Portos da Bahia, no Comércio, a partir das 12h. No dia 17 de junho, a partir das 7h, a 36ª edição da tradicional Corrida Rústica Riachuelo fecha a programação, com percursos de 5 e 10 km e corrida representativa de pelotões, com largada e chegada em frente ao Farol na Barra. A cerimônia de premiação, que acontece logo após a corrida, será abrilhantada pela Banda de Música do 2º Distrito Naval.   A importância histórica da Batalha Naval do Riachuelo Considerada pelos historiadores como um momento decisivo na Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), a Batalha Naval ocorreu na manhã do dia 11 de junho de 1865, na foz do Riachuelo, afluente do Rio Paraná, próximo à cidade de Corrientes na Argentina. Naquele episódio, a Esquadra Brasileira, liderada pelo Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva, travou uma intensa luta contra as forças oponentes. A resistência brasileira foi heroica: no combate, diversos brasileiros lutaram até a morte, dentre eles o Guarda-Marinha Greenhalgh e o Imperial-Marinheiro Marcílio Dias. Até aquela data, as forças da Tríplice Aliança não detinham a iniciativa na guerra. Com a vitória naquela Batalha, o Brasil assumiu o protagonismo no conflito, bloqueando a navegação adversária e possibilitando aos aliados o acesso aos rios que formavam as principais artérias do teatro de operações de guerra. Riachuelo representou a primeira grande vitória da Tríplice Aliança no maior conflito armado já ocorrido na América do Sul, sendo até hoje bastante lembrada e justamente comemorada.
   Serviço:   · 6 de junho: Sessão Especial na Câmara Municipal de Salvador Entrada mediante convite, na Câmara Municipal de Salvador, a partir das 19h. · 8 de junho: Aposição Floral no Monumento Riachuelo Aberta ao público, na Praça Riachuelo (Comércio), às 9h.   · 9 de junho: Cerimônia Militar Entrada mediante convite, a partir das 10h, no Museu Náutico da Bahia (Farol da Barra). · 9 de junho: Desfile Naval Aberta ao público, na orla de Salvador (orla Barra - Ondina), a partir das 9h. · 9 de junho: Exposição Temática Aberta ao público, no largo do Farol da Barra, das 9h às 17h30. · 16 de junho: 40ª Regata Marcílio Dias Aberto para participantes na Capitania dos Portos da Bahia, a partir das 12h. · 17 de junho: 36ª Corrida Rústica Riachuelo Aberta ao público, no Largo do Farol da Barra, a partir das 7h.
Leia mais

Brasil, Cabo Verde e Portugal realizam Teatro Lusófono


A iniciativa estimula o protagonismo criativo, a criação colaborativa, a formação cidadã e o desenvolvimento de experiências literárias para a valorização da escrita e da língua portuguesa. O Teatro Vila Velha (Salvador/BA) representa o Brasil na iniciativa, juntamente com o Teatro Viriato (Portugal) e o Instituto Camões/Centro Cultural Português - Pólo do Mindelo, com o apoio local da Mindelact – Associação Artística e Cultural (Cabo Verde)
Criado em 2012, o núcleo de encenadores do "K CENA – Projeto Lusófono de Teatro" é formado por Graeme Pulleyn e Paulo Miranda (Portugal), João Branco (Cabo Verde), Marcio Meirelles e Chica Carelli (Brasil), diretora que será responsável pela montagem de "Temporal", peça escrita pelos portugueses Gabriel Gomes e Sofia Moura, pelo brasileiro Rafael Medrado e pela caboverdiana Lisa Reis, sob o título "Tempostade".
"O texto é uma reflexão sobre a humanidade e sua relação com o tempo. Como projetamos o que virá, com base em nossas experiências, em tudo o que já passou; numa relação dinâmica entre passado, presente e futuro", comenta o autor Rafael Medrado, acrescentado que "há um foco considerável nas impressões sobre o tempo durante nossa juventude, quando tínhamos menos experiências que na vida adulta. Essas mudanças de expectativa também são importantes para nosso argumento", conclui. O espetáculo será apresentado nos dias 25 e 26 de Junho, 20h, na sala principal do Teatro Vila Velha. Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

Esta sétima edição do K Cena dá continuidade aos processos entre esses três pólos de intercâmbio; incluindo nesse novo ciclo soteropolitano participantes de todas as idades, a partir dos 17 anos. Tomando como base um tema, peça ou mote comum, experiências e referências dos grupos locais, são criadas releituras e dramaturgias muito singulares para cada país. Todas envolvendo pessoas de diferentes realidades e contextos socioculturais, mas ligadas pela língua portuguesa, quarta mais falada do mundo (por 244 milhões de pessoas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP) formada por nove Estados-Membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Portugal, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
"O projeto de intercâmbio K Cena tem tudo a ver com a própria essência do teatro: o encontro de pessoas com diferentes culturas, experiências de vida e de fazer artístico, que se reúnem pra refletir sobre o mundo neste momento. Claro que toda montagem é uma aventura, no sentido que nunca sabemos onde iremos chegar, mas para mim tem sido incrível", avalia a diretora Chica Carelli.
Nesse trânsito dos encenadores entre os três países integrantes do programa, Carelli também dirigiu em 2017 o espetáculo "Somos Todos UBU", criado a partir dos textos de "O Rinoceronte" (Eugène Ionesco) e "Ubu Rei" (Alfred Jarry); e em 2016 montou o espetáculo "A Grande Ressaca", em conjunto com Pulleyn e Branco, na cidade de Viseu (Portugal), a partir dos textos de Matéi Visniec ("Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias").
Em 2018, o Teatro Nacional D. Maria II, de Lisboa, e o Teatro Nacional São João, do Porto, embarcam nessa nova etapa, através do primeiro encontro de Dramaturgia K Cena, para o qual foram convidados Gabriel Gomes, Sofia Moura, Rafael Medrado e Lisa Reis. Dessa forma, nasce "A Tempostade", texto que serve de ponto de partida para três espetáculos distintos em Salvador (BR), no Mindelo (CV) e em Viseu (PT). "Foi incrível a ligação desde o início e a facilidade com que remamos todos para o mesmo lado neste barco, que foi a escrita do espetáculo. As ideias de todos fluíam de forma tão natural que, hoje, por vezes já nem nos lembramos quem escreveu o quê, quem inventou que personagem, quem sugeriu que ideia", relembra Gabriel Gomes.
O ator baiano Rodrigo Lelys, ex-participante do K Cena em 2015 e 2017, retorna novamente nesse intercâmbio como assistente de direção. A partir dessas edições, até a atual, a universidade LIVRE de teatro vila velha se torna um parceiro regular do projeto. "Você acaba tendo acesso a uma outra cultura, a outros tipos de teatro, vamos criando mais repertório. A gente acaba se familiarizando com textos de compreensão mais complexas através do Teatro", conclui Lelys.
Há mais de 10 anos no K Cena, Graeme Pulleyn vê com muito otimismo esse projeto. "Esperamos no futuro próximo alargar para outros países lusófonos, trazendo diferentes formas de fazer teatro, num projeto que atravessa o Atlântico em três sentidos", comenta.
O encenador e diretor artístico do Teatro Vila Velha, Márcio Meirelles, que já dirigiu três montagens do K Cena, tanto em Portugal quanto em Cabo Verde, reconhece no projeto o seu grande potencial de formação cidadã. "É um projeto bonito, que lida com a juventude e com a formação de possíveis atores, artistas de teatro ou possíveis frequentadores de teatro, mas com certeza futuros seres humanos melhores, mais ricos, com uma visão mais complexa do mundo, com questões que podem ajudar a ser melhor, sempre, mesmo que eles não estejam no palco ou na plateia", ratifica Meirelles.
A primeira etapa dessa sétima edição do K Cena ocorreu na cidade de Viseu (Portugal), no mês de abril, com as apresentações do espetáculo "Tempostade", sob a direção de Pulleyn.

ESPETÁCULOS JÁ MONTADOS PELO K CENA
2018 - TEMPOSTADE (Graeme Pulleyn/Portugal)
2017 - A BESTA (Graeme Pulleyn/Brasil); SOMOS TODOS UBU – UMA COMÉDIA ABSURDA (Chica Carrelli/Cabo Verde); UBULÂNDIA (Paulo Miranda e João Branco/Portugal).
2016 - A GRANDE RESSACA (Chica Carelli, Graeme Pulleyn e João Branco/Portugal)
2015 - DO-EU (João Branco/Brasil); ANATOMIA DO MEDO (Graeme Pulleyn/Cabo Verde); VOCÊ TEM MEDO DO ESCURO? (Márcio Meirelles/Portugal)
2014 - DQ2014 (Graeme Pulleyn/Brasil); EM DEFESA DAS CAUSAS PERDIDAS (Márcio Meirelles/Cabo Verde); DULCINEIA JÁ NÃO MORA AQUI (João Branco/Portugal).
2013 - QUARTO DO NUNCA (João Branco/Brasil); PANDEMÓNIO – UM OLHAR CRIOULO SOBRE O PETER PAN (Graeme Pulleyn/Cabo Verde); SEMPRE EM FRENTE ATÉ AO AMANHECER (Márcio Meirelles/Portugal).

Leia mais

Comicidade feminina terá mostra em Salvador

Especialistas e palhaças de várias partes do Brasil se reúnem em Salvador para discutir sobre Mulher, Mito, Cena e Riso.

Entre os dias 12 e 15 de junho, a Cia Buffa de Teatro realiza , em parceria com o PPGAC - Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da UFBA, o Seminário ConFabulAções:  Teatro-Máscara-Ritual e Mostra de Comicidade Feminina, que reunirão em Salvador artistas e especialistas para tratar sobre os temas Mulher, Mito, Cena e Riso. Estão programadas mesas redondas e palestras, além de apresentações em espaços como o Museu de Arte da Bahia, Teatro Sesi Rio Vermelho, Teatro Raul Seixas e Largo da Mariquita.

As atividades fazem parte do projeto ConFabulAções, contemplado pelo Edital Setorial de Teatro do Fundo de Cultura, com apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda e gestão integrada da Cardim Projetos e Soluções Integradas.Além do seminário, faz parte do projeto o espetáculo ConFabulAções, que está em cartaz no Teatro Sesi Rio Vermelho, sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 19h, até 17 de junho.

A abertura da mostra acontece no dia 12 (terça), às 9h, no Museu de Arte da Bahia, com a leitura dramatizada "A Máscara e a Sombra: L'Arte della Cortigiana", com Joice Aglae, da Cia Buffa de Teatro. O texto trata de um protesto cômico feminista, em que a personagem Cortigiana Papaietta leva o público a passear pelas situações que as primeiras atrizes encontraram. Às 10h, as atrizes da Cia Buffa de Teatro participam da Roda de Conversa "ConFabulAções: Bufonas em Cena – Processo e Montagem", sobre o espetáculo em cartaz no Teatro Sesi.

Rodas de conversas e mesas redondas comporão a programação, no Museu de Arte da Bahia. No dia 13 de junho (quarta), às 14h, Manuela Castelo Branco (DF), Antônia Vilarinho (SC) e Andréa Murillo (Colômbia) debatem sobre "Mulher, Cena e Morte: Ofício e Sacrifício", com mediação de Felícia de Castro (BA). "Capitalismo, o Mito Mulher e a História – Da Sociedade à Cena" é o tema de mesa redonda no dia 14  (quinta), às 14h, com Lineu Gabriel (SP), Antônia Pereira (BA) e Raíssa Grimm (SC), com a mediação de Théo Barreto (BA). A roda de conversa "Comicidade Feminina e Palhaças em Rede" acontece no dia 15 (sexta), às 14h, e traz Geni Viegas (RJ), Manuela Castelo Branco (DF), Vanda Cortês (BA), Felícia de Castro (BA), Wládia Beatriz (SP) e Alexandra Martins (BA) para a discussão, com mediação de Joice Aglae.

Duas palestras aprofundarão a discussão sobre riso e comicidade. "Mito, Riso e Imaginação" será o tema abordado por  Wládia Beatriz, psicóloga, psicoterapeuta clínica de inspiração arquetípica e palhaça, no MAB, no dia 12 de junho (terça), às 15h. No dia 15 de junho (sexta), às 10h, a psicóloga e doutora em Educação e Contemporaneidade Ana Rita Ferraz (BA) fará palestra sobre "Um corpo que ri e outros paradoxos". Ambas as atividades terão mediação de Joice Aglae.

Mostra de Comicidade Feminina - Algumas apresentações artísticas farão parte da programação e ocuparão espaços diversos da cidade. No dia 12, às 14h, no MAB, acontece a performance musical "Feminária", do grupo de pesquisa e experimentos sonoros homônimo, criado em 2012 na Escola de Música e Programa de Pós-Graduação em Música, integrando também a linha de Gênero, Arte e Cultura do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a mulher – NEIM/UFBA.

O espetáculo "Maffalda dos Reis no Caminho dos Indígenas", com Geni Viegas (RJ), terá apresentação no dia 13, às 19h, no Teatro Raul Seixas. A palhaça Maffalda dos Reis, integrante do grupo "As Marias da Graça", realiza seu primeiro solo desenvolvido a partir do número de palhaçaria após oficina com o mágico Rossini. Através da linguagem do nariz vermelho, expande sua aventura pelos caminhos indígenas transitando por fatos históricos, referências pessoais, lendas, os quatro elementos da natureza, rituais e re-conexões inspiradas na sabedoria indígena.

No dia 14, às 19h, no Largo da Mariquita, o "Cabaré Belas, Arretadas e Fora da Casinha". A ocupação da cidade a partir de um espetáculo de variedades cômicas e do universo circense composto por mulheres é uma iniciativa do Coletivo Fora da Casinha e surge da necessidade de descomplicar os modos de atuação na rua, dividindo tarefas e organizando um evento múltiplo e cheio de diversidade. As clowns de pista serão Joice Aglae, Diana Ramos, Andréa Rabelo, Leila Kissia e Simone de Araújo. Haverá também números de Alexandra Martins (BA), Felícia de Castro (BA), Alice Cunha (BA) e Vanda Cortez (BA) como mestra de cerimônia, além das partidcipações das convidadas Manuela Castelo Branco (DF), Antonia Vilarinho (SC), Geni Viegas (RJ), Wládia Beatriz (SP) e Andréa Murillo (Colômbia).

O documentário "Palhaças do Mundo", dirigido por Manuela Castelo Branco, será exibido no dia 15, às 9h, no MAB. A série documental, composta de 12 episódios, mapeia poeticamente o universo de palhaças espalhadas pelo globo, com foco em palhaças brasileiras, mas com episódios contando histórias de palhaças que vivem e trabalham no exterior. 

Cia Buffa de Teatro - Foi fundada por Joice Aglae Brondani em 1998, em Santa Maria (RS), e em 2002 passou a ter sede em Salvador (BA). Seus espetáculos já passaram por palcos do Amazônas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo, além de apresentações na França, Itália e Luxemburgo. Com oito montagens no currículo, já foi indicada e contemplada com diversos prêmios. Com trabalho marcado por ampla pesquisa no campo da comicidade, atualmente, vem se dedicando à verticalização das linguagens das máscaras e dos diálogos da commedia dell'arte, clown e bufão com a cultura tradicional popular brasileira e de outros países.

SERVIÇO:
Seminário ConFabulAções: Teatro-Máscara-Ritual e Mostra de Comicidade Feminina
De 12 a 15 de junho (terça a sexta)
Gratuito
 
PROGRAMAÇÃO
12 de junho (terça)
Museu de Arte da Bahia (MAB)
9h - Leitura Dramatizada:  "A Máscara e a Sombra: L'Arte della Cortigiana", com dramaturgia, pesquisa, encenação e atuação de Joice Aglae, da Cia Buffa de Teatro.
10h - Roda de Conversa "ConFabulAções" – Bufonas em Cena – Processo e Montagem", com a Cia Buffa de Teatro: Joice Aglae, Andréa Rabelo, Diana Ramos, Leila Kissia e Simone de Araújo.
14h  - Performance Musical – Feminária
15h às 17h - Palestra: Mito, Riso e Imaginação, com Wládia Beatriz. Mediação de Joice Aglae.
 
13 de junho (quarta)
14h às 17h - Mesa redonda: " Mulher, Cena e Morte: Ofício e Sacrifício", com Manuela Castelo Branco, Antônia Vilarinho e Andréa Murillo. Mediação: Felícia de Castro. Museu de Arte da Bahia (MAB)
19h  - Espetáculo "Maffalda dos Reis no Caminho dos Indígenas", com Geni Viegas. Teatro Raul Seixas. Pague quanto puder.

14 de junho (quinta)
14h às 17h - Mesa Redonda "Capitalismo, o Mito Mulher e a História – Da Sociedade à Cena", com Lineu Gabriel, Antônia Pereira e Raíssa Grimm. Mediação: Théo Barreto. Museu de Arte da Bahia (MAB)
19h - Espetáculo "Cabaré Belas, Arretadas e Fora da Casinha". Largo da Mariquita, Rio Vermelho.
 
15 de junho (sexta)
9h - Exibição do Documentário: "Palhaças do Mundo", com Manuela Castelo Branco. Museu de Arte da Bahia (MAB).
10h  às 12h - Palestra "Um corpo que ri e outros paradoxos", com Ana Rita Ferraz. Mediação de Joice Aglae. Museu de Arte da Bahia (MAB).
14h às 17h - Roda de Conversa – "Comicidade Feminina e Palhaças em Rede", com Geni Viegas; Manuela Castelo Branco; Vanda Cortês; Felícia de Castro; Wládia Beatriz; Alexandra Martins. Mediação de Joice Aglae. Museu de Arte da Bahia (MAB).
20h – Espetáculo ConFabulAções, da Cia Buffa de Teatro. Ingressos: R$20/R$10. Teatro Sesi Rio Vermelho.
 
Leia mais

Ed Ribeiro Participa "Exposição SANTOS JUNINOS"


Mostra acontece de 08 a 30 de junho na Casa dos Romeiros, em frente a Praça da Igreja do Bonfim
Pelo terceiro ano seguido, o Projeto Cultural Vila Criativa apresenta a Exposição Santos Juninos na Colina Sagrada, com trabalhos de 13 artistas retratando a fé popular nos Santos, Antônio, João e Pedro, comemorados no mês de junho. O objetvio é resgatar as origens e tradições do povo nordestino, suas representações regionais, memória e valorização do patrimônio artístico e cultural em suas diversas linguagens. A abertura acontece na próxima sexta-feira (08), às 10 horas, no imóvel número 33, na Casa dos Romeiros, em frente a praça da Igreja do Bonfim.  A mostra segue até o dia 30 de junho, de sexta a domingo  das 9 às 18 horas.
Vão expor suas obras, retratando a tradição e a religiosidade dos santos juninos os artistas Luiz Mário, Ed Ribeiro, Gerar, Petrina, Cláudia Reis, Joci Santos, Maria Anjos, Irlânia Mercês, Vane Correia, Jean Marcos, Xênia Pinheiro, Edna Marta e Raquel Santo Fuxico. Além deles, será montada uma instalação com a participação do escultor e  entalhador pernambucano, Jairson Rocha, que tem mais de 30 anos de carreira e vai esculpir um Santo Antonio durante a exposição.
Segundo a organizadora da exposição, Simone Reis, o objetivo é promover o diálogo entre as artes, tradição e cultura popular, mostrando o trabalho de artistas entusiastas dos fazeres da fé. "No nordeste brasileiro principalmente, estes santos são reverenciados e têm enorme importância para comunidades católicas e mesmo de cultos afro-brasileiros. É a fé retratada de forma artística". Durante a exposição acontecerá uma programação artística com a participação do cordelista Antônio Barreto,  Terezinha Passos contadora de histórias e trio de forró pé-de-serra. O público contará ainda com a opção de comida regional no Espaço de Artesanato e Gastronomia da Vila Criativa, que servirá pratos como sarapatel, manisoba, carne do sol, bolos aimpim , carima, mingau milho, mungunzá, amendoim , milho cozido, além do licor Artesanal do Palácio do Licor 
Os Santos
Acredita-se que a tradição das festas juninas tenham origem no século XII, na França, com a celebração dos solstícios de verão, vésperas do início das colheitas. No hemisfério sul, na mesma época, acontece o solstício de inverno. Como aconteceu com outras festas de origem pagã, esta também foi adquirindo sentido religioso introduzido pelo cristianismo, trazido pela igreja católica ao Novo Mundo. 
A comemoração das festas juninas é certamente herança portuguesa no Brasil, registra-se 400 anos, acrescida ainda dos costumes franceses que a elas se mesclaram na Europa. O ciclo das festas juninas gira em torno de três datas principais: 13 de junho, Festa de Santo Antônio; 24 de junho, São João; e 29 de junho, São Pedro. 
Santo Antônio nasceu em Lisboa. Segundo os portugueses, a ação de Santo Antônio era fundamental na guerra eseu nome funcionava como arma contra perigos imbatíveis. No Brasil seu papel de militar foi importante, também, dadas as inúmeras guerras e revoltas durante as quais era invocado. Atualmente, Santo Antônio já não é mais cultuado como militar e sim, como casamenteiro e deparador de coisas perdidas.
A Festa de São João relembra São João ou João Batista, primo de Jesus, o homem que nasceu em 24 de junho e, através de suas atitudes na vida, trouxe a mensagem de que "devemos mudar nossos rumos para encontrar a luz", sugerindo que o caminho para isso é a meditação, a interiorização, a reflexão. Na Festa de São João existe o costume de acender a fogueira, imagem em que a luz simboliza a sabedoria, a luz interior e o calor do amor. São Pedro é conhecido como o guardião da porta do Céu. O Apóstolo, fundador da Igreja Católica, é considerado protetor das viúvas e dos pescadores, e é festejado no dia 29 de junho.
Serviço
Exposição Santos Juninos
Local:  Vila Criativa -   Casa dos Romeiros, em frente a praça da Igreja do Bonfim.
Data: 08 a 30 de junho, das 9 às 18 horas
Artistas participantes: Luiz Mário, Ed Ribeiro, Gerar, Petrina, Cláudia Reis, Joci Santos, Maria Anjos, Irlânia Mercês, Vane Correia, Jean Marcos, Xênia Pinheiro Edna Marta  e Raquel Santo Fuxico
Realização: Vila Criativa 
Mais informações: Simone Reis: 71 9-9160-9772

Leia mais

Show de Zé Ramalho acontece na Concha Acústica


Neste domingo (10), o cantor paraibano Zé Ramalho se apresenta na capital baiana. O show será realizado na Concha Acústica, a partir das 19h e vai contar com abertura do grupo PsiCORDÉLico, oriundo de Irará na Bahia e que mistura elementos da cultura popular com os do mundo. No repertório, Zé Ramalho vai levar para o palco todas as canções que fizeram história nos seus 40 anos de carreira, como "Avohai, Frevo Mulher, Admirável Gado Novo, Chão de Giz, Beira-Mar, Eternas Ondas, Garoto de Aluguel, Vila do Sossego e Banquete de Signos", dentre outras, além de releituras de Raul Seixas (Trem das Sete e Medo da Chuva) e o grande sucesso "Sinônimo". Os ingressos estão à venda na bilheteria do TCA, SAC's dos Shoppings Barra e Bela Vista e através do site Ingresso Rápido.

 

Serviço:

O que: Show de Zé Ramalho

Data: 10 de junho (domingo)

Local: Concha Acústica do TCA

Abertura dos portões: 17h30

Horário previsto para início do show: 19h

Show de abertura: PsiCORDÉLico

Classificação: 16 anos

Informações: (71) 3003-0595

Vendas: Bilheteria do TCA, SAC's dos shoppings Barra e Bela Vista e através do site www.ingressorapido.com.br

Valores: Plateia R$ 50 (meia) / R$ 100 (inteira)

Camarote – R$ 100 (meia) / R$ 200 (inteira)

Realização: Íris

Crédito da foto: Isabela Kassow
Leia mais

Cabo Verde Airlines lança voo que ligará Salvador à Ilha do Sal


O voo direto que ligará Salvador à ilha do Sal, no arquipélago de Cabo Verde (África Ocidental), com conexão para cidades europeias, foi lançado numa cerimônia na noite desta quinta-feira (24), no Hotel Fiesta, na capital baiana, pela Cabo Verde Airlines. Serão três frequências semanais, com partida inaugural no dia 18 de junho, saindo de Cabo Verde para Salvador.

A viagem reversa acontece no dia seguinte, às 23h59. O voo Ilha do Sal-Salvador será operado as segundas, quartas e sextas-feiras, com partida de Cabo Verde às 22h e chegada a Salvador à 1h15. O voo Salvador-Ilha do Sal decola as terças, quintas e sábados, às 23h59, com chegada a Cabo Vede às 7h.

O secretário estadual do Turismo, José Alves, afirmou, durante o evento, que a prospecção de novos voos é uma das prioridades do trabalho da Setur para atrair mais visitantes para a Bahia. "O Governo do Estado tem investido bastante em estrutura, modal de transporte e saúde para termos condições de receber bem o turista e aumentar a geração de emprego e renda", enfatizou.

Para o diretor-executivo da Cabo Verde Airlines, Mário Chaves, é possível fazer de Cabo Verde um ponto de conexão ligando quatro continentes. "Cabo Verde é um local estratégico, localizado no meio do Oceano Atlântico, numa posição simpática entre a Europa e a América do Sul, e achamos interessante fazer este eixo ligando também a América do Norte e a África Ocidental", afirmou.

O arquipélago servirá de conexão para voos procedentes de cidades europeias como Lisboa, Paris, Roma e Milão. O hub da companhia vai incluir ainda uma rota entre Cabo Verde e a cidade norte-americana de Boston.

Segundo o diretor comercial da Cabo Verde Airlines para o Brasil, Marcelo Kaiser, serão oferecidas tarifas públicas a partir de 600 dólares, com taxas incluídas, para o novo voo, e mais facilidades para
grupos e clientes especiais. "A estratégia é ligar o Brasil e a Europa com uma simples conexão em Cabo Verde", afirmou.

Promoção - A companhia vai percorrer cidades portuguesas para promover com workshops a nova rota que ligará Lisboa e Salvador, via o hub na ilha do Sal. Por meio de acordo com companhias parceiras, haverá voos extensivos às cidades de Fortaleza e Recife.

A cerimônia no Fiesta contou com a presença da secretária da Cultura do Estado, Arany Santana; do superintendente de Serviços Turísticos da Setur, Jorge Ávila; da diretora de Promoções da Bahiatursa, Regina Ahmed; do secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, além de lideranças do trade turístico. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Barai, da Guiné Bissau, também esteve presente. Foto: Tatiana Azeviche
Leia mais

Academia de Ciências da Bahia dá posse a novos acadêmicos em solenidade na Reitoria


A Academia de Ciências da Bahia (ACB) realizará sessão solene, no dia 6 de junho, às 18h, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade Federal da Bahia, para dar posse a seus novos acadêmicos, admitidos em 2018. Escolhidos pelo notório saber e por sua relevante atuação científica em diferentes áreas do Conhecimento, totalizam sete membros titulares e dois juniores. A solenidade será conduzida pelo presidente da instituição, o professor e pesquisador Jailson Bittencout de Andrade, titular do Instituto de Química da UFBA e membro da Academia Brasileira de Ciências.

Como membros titulares da ACB, tomarão posse os seguintes professores: PhD. Edson Duarte Moreira Junior, pesquisador titular da Fiocruz- Ba e líder do Centro de Pesquisa Clínica das Obras Sociais Irmã Dulce; Dr. Ferlando Lima Santos, docente no Centro de Ciências da Saúde da UFRB e no Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação; PhD. Luiz Antônio Rodrigues de Freitas, professor titular de Patologia da Faculdade de Medicina da Bahia e do Programa de Pós-Graduação em Patologia da UFBA/Fiocruz; Dra. Maria das Graças Andrade Korn, professora titular do Instituto de Química da UFBA; PhD. Pedro de Almeida Vasconcelos, professor nos Programas de Pós-Graduação em Planejamento Territorial da UCSAL e em Geografia da UFBA; Dr. Valfredo Azevedo Lemos, professor Pleno da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB); e PhD. Walter Nei Lopes dos Santos, professor titular da Universidade do Estado da Bahia/Uneb.

Como membros juniores serão empossados: Dr. Guilherme de Sousa Ribeiro, professor associado do Instituto de Saúde Coletiva (ISC-UFBA), pesquisador em Saúde Pública na Fiocruz-B e bolsista de produtividade em pesquisa nível 1D do CNPq; e Dr. Rafael Augusto de Melo, professor do Departamento de Ciência da Computação da UFBA e bolsista de produtividade em pesquisa nível 2 do CNPq.

Contribuição

A Academia de Ciências da Bahia é uma entidade de direito privado sem fins lucrativos, fundada em 2010 pelo professor Roberto Figueira Santos, ex-Reitor da UFBA e ex-Governador do Estado da Bahia. Seu objetivo é contribuir para o desenvolvimento da ciência e da tecnologia, fomentando a ligação entre os setores acadêmico, produtivo e governamental do Estado da Bahia. Para tanto, reúne cientistas e pensadores das áreas de Ciências Exatas, Agrárias e da Terra; Ciências da Vida; Filosofia e Ciências Humanas; Ciências Sociais Aplicadas; e Artes.

A cerimônia de posse na Reitoria da UFBA contará com a apresentação musical do Duo Robatto, composto pelos músicos Lucas Robatto (flauta) e Pedro Robatto (clarineta).



Leia mais

Rotary Club promove Conferência da Fraternidade

ROTARY CLUB  DISTRITO 4550 REALIZA MAIS UMA EDIÇÃO
DA CONFERENCIA DA FRATERNIDADE, EM SALVADOR

Começa nesta quinta- feira, dia 31, no auditório do Gran Hotel Stella Maris, em Salvador, mais edição da Conferência da Fraternidade, que já está na sua 61ª edição,promovida pelo Rotary Club 4550, que tem como governador, o advogado Henrique Gonçalves Trindade. O evento terá quatro dias de duração e, além de divulgar as atividades dos 30 distritos, de grande parte do estado da Bahia, que compõem o Rotary 4550, terá palestras sobre assuntos relevantes para toda a população. Amanhã, 31,, a partir das 15 horas, o governador Henrique Trindade fará a abertura da conferência. Em seguida, o Prefeito de Salvador, ACM Neto, fará a palestra inaugural,
Nos dias subsequentes, além da apresentação de todos os distritos ligados ao Rotary 4550, serão realizadas palestras enfocando os seguintes temas: Nova Legislação Trabalhista; Motivando o Rotariano do Futuro; Segurança Pública na Bahia, Atuação do Exército Brasileiro, Comunicação na Era da Causas e Ética, um princípio que não pode ter fim.
Henrique Trindade estima que 400 Rotarianos e convidados participem do evento, que ainda terá plantio de árvores, prestação de contas das doções realizadas pelo Distrito 4550 a entidades assistenciais e anuncio de novas campanhas em prol de instituições que atuam em favor dos mais necessitados.
 Hoje em dia não existe melhor caminho de servir de forma significativa as comunidades do que por meio de associações e o Rotary Club é um modelo bem acabado na obtenção de bons resultados, graças ao empenho de milhares de pessoas que atuam solidariamente. Nós, do Distrito 4550 temos feito um forte trabalho neste sentido, em todas as cidades onde atuamos e um dos objetivos meu e de Luciana, minha esposa e colaboradora ativa e sempre presente, é de realizamos ainda mais, até o fim de nossa gestão" , explica Henrique Trindade.






Leia mais

Comunicado do Sindicombustíveis Bahia


Salvador (BA) - O Sindicato do Comércio de Combustíveis e Energias Alternativas e Lojas de Conveniência do Estado da Bahia (Sindicombustíveis Bahia) vem a público externar sua imensa preocupação com a greve dos caminhoneiros e o impasse nas negociações. A paralisação entrou no quinto dia com consequências gravíssimas e sem precedentes no país para todas as categorias econômicas e para a população.



Os 2.800 postos da Bahia, no final da tarde desta sexta-feira (25), já estão com estoque praticamente zerado de etanol e gasolina e poucos ainda com diesel. Há estabelecimentos fechados por falta de produtos desde o dia 23 de maio, gerando um prejuízo incalculável.



O movimento dos caminhoneiros trouxe 'a discussão a alta carga tributária dos combustíveis, o que impõe uma solução também para a gasolina, sob pena de outras categorias se mobilizarem trazendo consequências para o abastecimento dos veículos movidos a gasolina e etanol.



O Sindicombustíveis Bahia defende a implementação monofásica do ICMS, estabelecendo valor único em dinheiro, chamado ad rem, para cada produto (gasolina, diesel, etanol) em todo o território nacional. Também, junto com Fecombustíveis, pleiteamos zerar a Cide e o PIS/Cofins para o diesel. Para a gasolina, a proposta é zerar a cobrança da Cide e retornar o PIS/Cofins aos mesmos valores cobrados antes do aumento de julho de 2017, pelo Governo Federal.



O Governo Federal e o movimento dos caminhoneiros precisam urgentemente chegar a um acordo para que as consequências não sejam mais drásticas ainda, envolvendo a segurança e a saúde da população.




Leia mais

LUCAS TRINDADE NO EVENTO DE INAUGURAÇÃO DO HELIPORTO DA VR AVIATION


O compositor cantor Lucas Trindade está de volta aos palcos. Nesta sexta - feira, dia 25/05, Lucas e sua banda se apresentam no evento que marca a inauguração do heliporto da VR Aviation, projeto inovador e sofisticado, que promete tornar o segmento mais acessível para aqueles que desejam se locomover com maior agilidade, ou até mesmo fazer um passeio panorâmico pela capital baiana, aproveitando as belezas naturais do nosso estado.

Na parte musical, além de Lucas Trindade, se apresentarão a banda Adão Negro e Felipe, da Banda Eva.

Para agradar ao público diversificado que participará do evento, Lucas promete sucessos de reggae, pop rock e axé, incluindo as músicas autorais de seu primeiro CD , tais como "Castelo", "Gabriela", " "Idéia Chec (Jaguamão)" e "Seu Ska". 

O evento acontece a partir das 17 horas, na avenida Santiago de Compostela,351, parque Bela Vista.





Leia mais
 
Salvador Acontece - Copyright©2007 Salvador Acontece. Todos os direitos reservados. | by TNB-Adaptação:José Mendes ©